Louca sua miga

quarta-feira, 24 de janeiro de 2018

Livro "O Príncipe Leopardo" - Elizabeth Hoyt

LIVRO "O PRÍNCIPE LEOPARDO"

O ENREDO DO LIVRO

Lady Georgina Maitland é rica e por isso não se sente obrigada a se casar. Com a herança que recebeu de uma parente, ela tem a liberdade de viver a vida do seu jeito, sem se preocupar financeiramente e poder fazer o que quiser. Casar ou ter casos amorosos não estão em seus planos, até conhecer Harry Pye, o administrador de suas terras em Yorkshire.

Harry Pye é apenas um simples administrador e não tem riqueza alguma. Mas sempre se interessou em cuidar de terras. Aprendeu o ofício quando ainda era criança, conseguiu obter o diploma e quando viu a vaga para trabalhar na propriedade de Georgina, não perdeu a chance. No entanto, um problema surge, quando todos do vilarejo acreditam que ele é responsável pelo envenenamento das ovelhas de Lorde Granville, seu inimigo declarado.

O que será Georgina com a atração que sente pelo seu administrador e ainda suspeito de envenenar ovelhas?

NARRAÇÃO E EDIÇÃO FÍSICA

A edição está lindona como o livro anterior! Amo essa capa! As folhas seguem o mesmo padrão amareladas e letras espaçadas. A narração fica em terceira pessoa com foco em Harry Pye e Georgina Maitland, mas alguns outros personagens tem a sua vez.

LIVRO "O PRÍNCIPE LEOPARDO"

O LIVRO NO GERAL

Georgina não era exatamente o que eu esperava. Acreditei que por ela ser uma dama independente, ela seria menos fujona. Por duas vezes ela fez isso. Tem seus motivos, claro, mas esperava uma atitude mais imponente dela. Já Harry começou o livro falando quase nada e terminou falando quase tudo. Rsrs... Tivemos uma bela mudança nesse personagem durante a narrativa e gostei disso.

Em quase todo livro de época é sempre a mocinha que precisa se casar por ‘n’ motivos, mas em O Príncipe Leopardo, Elizabeth Hoyt trás uma outra visão: a mocinha não precisa se casar e o mocinho é pobre. Harry é um simples administrador das terras da protagonista e ainda é suspeito de matar ovelhas. Bem peculiar não? Gostei desse clima de suspeita que ficou ao redor do protagonista.

O Príncipe Leopardo deixou uma ou duas pontas soltas, na minha opinião. Nada que atrapalhe o andamento da história, mas depois que todo história aconteceu, eu fiquei esperando a explicação, que não veio. Porém, um ponto ainda bem positivo é o fato dos personagens não terem problemas de ajudar os outros. Um dos momentos mais lindos foi quando Harry disse ao garoto Will que poderia contar com ele caso precisasse e Harry não recuou quando o garoto precisou. Fiquei bem emocionada!

Em comparação ao O Príncipe Corvo, esse livro foi bem fraco. Foi difícil engrenar na leitura, mas depois peguei o ritmo e as coisas melhoraram. Não se tornou favorito, mas entrou nos hall das leituras leves para descontrair.

LIVRO "O PRÍNCIPE LEOPARDO"
Ah! Ia esquecendo. Aqui temos a história do príncipe Leopardo, mas diferente do livro anterior que Anna lia um livro com a história do príncipe Corvo, aqui é a protagonista Georgina que vai contando a história do príncipe Leopardo para Harry aos pouquinhos. E também a participação de Edward, de O Príncipe Corvo, e Simon, de O Príncipe Serpente, que será uma das minhas próximas leituras.

13 COMENTÁRIOS:

  1. Ahhh Cris, estou na metade deste livro, por isso estou com medo de ler a resenha rsrs. Mas confesso que estou apaixonada pela George, mas assim como você não engrenei na história de cara, acho que só peguei o ritmo depois da página 70, ms tenho pra mim que é porque eu li em seguida do Príncipe Corvo e ainda estava dentro daquele livro.

    Beijos.
    https://cabinedeleitura0.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Te entendo. Tem gente que curtiu e tem gente que não curtiu. E eu acho que não vou ler porque li mais coisas negativa do que positivas, mas acho que o primeiro foi o melhor pelo que percebi.

    ResponderExcluir
  3. Olá
    Que enredo diferente, já estava querendo ler porque é romance de época e as capas são lindas, agora com essa resenha quero mais do que nunca.
    Amei sua resenha
    Beijuh

    ResponderExcluir
  4. Oiii,

    Eu estou a tanto tempo querendo ler esta série que nem sei mais rs. Só que nunca tenho dinheiro pra comprar e parece ser uma dessas histórias que a gente precisa ter na estante! É meio frustrante quando a personagem nao é tão impositiva quanto pode ser, mas acho que isto não atrapalha a leitura. Espero que o terceiro livro te Caribe tanto quanto o primeiro, porque aí a segunda história não vai ter um peso tão grande rs.

    Beijinhos...
    http://www.paraisoliterario.com

    ResponderExcluir
  5. Olá!
    Sabe que quando li O Príncipe Leopardo tive essa mesma impressão, apesar da história ser bacana e eu ter adoro Harry Pie, nem se compara com O Príncipe Corvo. Não vejo a hora de ler O Príncipe Serpente para conferir o desfecho dessa trilogia.
    Beijos!

    Camila de Moraes

    ResponderExcluir
  6. Já tinha lido a respeito da série, inclusive, a adquiri tem um tempinho, mas ainda não consegui ler. rsrs
    Adorei saber que o mocinho não é aristocrata, os romances de época às vezes parecem mostrar que só existe a nobreza e aristocracia na época vitoriana.
    Bjs!
    Lucy - Por essas páginas

    ResponderExcluir
  7. Oi
    Tenho vontade de ler essa série, pois é bem diferente dos romances de época que estamos acostumados.
    A capa é realmente linda e bom saber que no geral você gostou.
    Que pena que o livro deixou algumas pontinhas soltas.
    Dica anotada!
    Beijinhos
    Rizia Castro - Livroterapias

    ResponderExcluir
  8. Oi.
    Li alguns comentários parecidos com o seu, de que esse livro decepcionou em relação ao primeiro.
    Adoro romances de época e gostei de esse trazer esses elementos diferentes: o mocinho ser pobre e esse ar de mistério.
    Pretendo ler.
    Beijos.

    ResponderExcluir
  9. Oiii!
    Eu acho a capa desse livro linda.
    Uma pena a história não ter sido tão boa quanto foi no anterior. Me pareceu um romance de época diferente do que geralmente encontramos por ai, o que chamou a minha atenção.
    Só de não ser aquele clichê do cara rico e uma mocinha inocente, já da vontade de ler kkk.
    Beijos

    ResponderExcluir
  10. Olá!
    Eu acabei de comentar em um blog que a maioria dos romances de época de pareciam a mesma história, mas acabo de ler algo bem diferente e que me chama muito mais atenção! Gostei do fato da mocinha não querer casar e o homem ser pobre, geralmente vemos donos de grandes fazendas ou com grandes títulos de nobreza da época, enfim... esse livro me parece ser bem diferente e lógico com características do romance de época. Adorei!
    Dica anotada!
    Beijos,
    Não
    Traveling Between Pages

    ResponderExcluir
  11. Oi Cris, tudo bem
    Eu já vi umas resenhas desse livro e me admira muito umas trocas que a autora fez, como a mocinha independente e sem necessidade de se casar e o mocinho pobre, isso por si só já me atraiu ao livro. É bom saber que as pontas soltas não atrapalham a história, pois quero muito dar uma chance a ele.

    ResponderExcluir
  12. Olá Cris!!!
    Estou vendo inúmeras pessoas falar dessa trilogia de livros, porém eu estou com um eterno pé atrás com ela.
    Eu acho as capas lindas e é livros de época, porém quando vejo a sinopse e o enredo fico não sei!? :/
    Porém, como eu tenho comentado o segundo livro quebra aquele padrão da mocinha ser a que necessita casar por falta de dinheiro e o rapaz é que é o rico da história.
    Adorei suas considerações sobre o livro!!!

    lereliterario.blogspot.com

    ResponderExcluir
  13. Eu já havia visto a capa dos livros pelos blogs e fiquei completamente encantada. Sim, leria somente pela capa. Acho que por esse livro ser totalmente diferente da maioria, eu o apreciaria bastante. Fiquei muito curiosa para conhecê-lo e já vou adicioná-lo a meta de leitura.

    Beijos,
    www.livroapaixonado.com.br

    ResponderExcluir

Olá, escreva o quanto e o que você puder...

 
Design exclusivo | Cópia proibida © 2016