Louca sua miga

segunda-feira, 18 de setembro de 2017

Livro "A Desconhecida" - Mary Kubica

LIVRO "A DESCONHECIDA"

O ENREDO DO LIVRO

Você teria coragem de levar uma desconhecida para sua casa?

Heidi Wood é uma boa pessoa. Trabalha em uma ONG sem fins lucrativos ajudando pessoas refugiadas de outros países a se estabilizarem nos EUA. Enquanto vai para o trabalho, ela vê várias vezes uma garota e um bebê sozinhos na estação de trem. Ninguém parece se importar com as condições delas e não aguentando mais ver a situação de desamparo das duas, Heidi decide ajudar. Mas a garota, Willow, não quer ir para um abrigo. Heidi então as convida para sua casa.

Seu marido Chris e sua filha Zoe ficam chocados com a atitude de Heidi, mas sabendo como ela age com pessoas necessitadas acabam não colocando tanto empecilho. Willow e Ruby, a bebê, acabam ficando. Mas Chris está bastante desconfiado. Willow não fala muito e também não responde as perguntas de como ficou naquela situação.

Viajando muito a trabalho, Chris não tem como ficar em casa de olho na garota, então decide fazer uma investigação sobre a origem de Willow mesmo que à distância. Porém, o que ele não percebe é como Heidi está agindo de modo estranho desde que as duas chegaram...

NARRAÇÃO E EDIÇÃO FÍSICA

A edição está simples por dentro, mas essa capa é perfeita para a proposta do livro. As folhas são amareladas e de boa qualidade. Achei as letras um pouco pequenas, mas como os espaçamentos entre elas está muito bom, dá para ler sem problema. A narração está em primeira pessoa com capítulos intercalados entre Heidi, Chris e Willow. Os capítulos de Willow são contando coisas do passado até o momento presente da história.

LOMBADA

O LIVRO NO GERAL

Heidi parece sofrer certo desprezo pela família. O marido Chris parece estar com ela apenas pela conveniência do casamento, a paixão parece não existir mais entre eles. A filha Zoe, aos 12 anos, já não está mais na fase da infância e se distancia cada vez mais dela. Eu ficava com muita pena da Heidi. Mas com o desenrolar da história começamos a perceber que as coisas não são exatamente o que parecem e que tem muito mais por trás dessa história.

Adorei a Willow! Senti uma empatia enorme por ela. Eu ficava tentando descobrir como a garota chegou aquele ponto de parar na rua com uma criança de colo. Isso nós vamos descobrindo aos poucos e montando as peças desse quebra-cabeça. Senti-me muito sensibilizada pela condição dessa personagem e o seu final acabou sendo condizente com seus atos.

Com o livro contado em três postos de vista diferente, poderia ter sido confuso, mas não é isso que acontece. Confesso que senti falta do ponto de vista de Zoe, a filha do casal. Com certeza, ela teria muita coisa para contar, mas acabou sendo negligenciada por cenas desnecessárias de outros personagens.

O livro é bem construído e interessante, me deixando muito curiosa para saber como ia ser o desenrolar no final. No entanto, a narrativa não foi tão fluída para mim. Em vários momentos eu tive que parar a leitura, pois acabava se tornava um pouco cansativa e repetitiva. Acredito que se o livro tivesse menos páginas de outros personagens e acrescentasse a visão Zoe. Iria fluir bem melhor. A Desconhecida me deixou bem instigante e me deixou muito curiosa, apenas dos pontos negativos que citei.

Ah! O final do livro ficou um pouco aberto e eu penso que as cenas seguintes seriam mais felizes para Willow. Ela merece muito!

LIVRO "A DESCONHECIDA"
Esse é o segundo livro publicado da Mary Kubica. A autora ainda tem pela frente uma carreira incrível e espero que Editora Planeta de Livros lancem os próximos livros dela aqui no Brasil. Sei que a autora já lançou mais dois livros no exterior: Don't You Cry e Every Last Lie. Já quero!!!

terça-feira, 12 de setembro de 2017

Livro "Mil Beijos de Garoto" - Tillie Cole

LIVRO "MIL BEIJOS DE GAROTO"

O ENREDO DO LIVRO

Rune Kristiansen e sua família vieram da Noruega para os Estados Unidos quando ele tinha apenas cinco anos. Seu pai conseguiu um emprego na Georgia e toda a família veio junto. Tudo o que Rune queria era voltar para casa, mas assim que bate os olhos em Poppy Litchfield, ele sabe que toda a sua vida vai mudar. Poppy e Rune se conectaram de maneira extraordinária quando tinham apenas cinco anos.

Aos oitos anos, Poppy recebe da avó um pote contendo papéis onde ela poderia colocar os mil beijos de garotos mais especiais de sua vida. Mas Rune não queria outro garoto na vida de Poppy, a partir daí, os dois se tornaram inseparáveis e os beijos de Poppy se tornam apenas dele. Mas aos quinzes anos, o trabalho do pai de Rune exige que ele volte para a Noruega e fique por lá por alguns anos.

O que seria apenas uma separação difícil, mas temporária, torna-se ainda mais complicada. Depois de dois meses de Rune na Noruega, Poppy some. Não atende mais suas ligações e não responde as mensagens. A raiva de estar longe de sua amada e de sua ausência sem explicação acaba transformando Rune em uma pessoa amarga e inconsequente.

Dois anos depois, Rune retorna ao Estados Unidos como uma pessoa muito diferente. Quando se reencontra com Poppy, ele quer saber o que aconteceu para ela ter sumido da vida dele durante dois anos. E o que ele achava que era sentir dor quando estava longe dela, não irá se comparar ao que está para descobrir.

LOMBADA LINDA!

NARRAÇÃO E EDIÇÃO FÍSICA

A edição está linda! A capa é maravilhosa e combina perfeitamente com a história. Em cada capítulo temos o título acompanhado de um coração. O único problema é que os capítulos são longos e às vezes eu não poderia ler tudo de uma vez. O livro é narrado em primeira pessoa com a visão de Poppy e Rune.

O LIVRO NO GERAL

Quando bati o olho nesse livro achei a capa maravilhosa e muito fofa, e assim pensei: vai ser um livro fofo com um romance bem leve. No entanto, não poderia estar mais enganada. Sim, temos um romance muito fofo, porém o livro é pura emoção e não tem como ficarmos leve com tantas reviravoltas e cenas intensas contidas nesse livro.

Poppy é uma força da natureza. Ela não se deixa abater, desde criança sabe que a vida é preciosa e não pretende desperdiçá-la. Não tem como não se apaixonar por ela, por sua sabedoria em tão pouca idade, com o seu desejo de viver intensamente. Rune é um personagem difícil, mas por trás de toda a fachada, ele era apenas um garoto perdido sem o seu amor. Ele não é mal, nunca tratou Poppy de maneira grosseira ou desonrosa, mas a separação fez dele uma pessoa diferente. Contudo, a união dos dois novamente, o salvou. O salvou da vida que ele poderia ter levado sem as lições que Poppy deu a ele.

Mil Beijos de Garoto entra para o roll dos meus livros favoritos da vida! Um livro para despedaçar seu coração, para te fazer chorar muito e te fazer chorar mais pouco depois que a leitura acabar. Não é possível assimilar toda a beleza e pureza dessa história de uma vez só, então as emoções vão florescendo a cada página até o seu final. Terminei essa leitura ainda encantada com as lições que ela me trouxe. E também temos no livro milhares de quotes maravilhosos. Quotes cheio de ensinamentos e lições incríveis.

Foi uma montanha russa de emoções ler esse livro. Mil Beijos de Garoto é para aqueles que gostam de se emocionar e não se importam de derramar muitas lágrimas. Um romance muito lindo e tocante. Um casal que nasceu para ficar junto não importando para onde o destino os queira levar, pois almas gêmeas estão destinadas ao encontro eterno.


LIVRO "MIL BEIJOS DE GAROTO"
Ao final da leitura eu ficava me perguntando como a autora Tillie Cole conseguiu escrever esse livro. Ficava me perguntando se o coração dela não doía tanto a cada cena. O meu coração está cheio com todas as cenas desse livro. O livro é maravilhoso. É feroz. É lindo. É destruidor!
 
Design exclusivo | Cópia proibida © 2016