Louca sua miga

quarta-feira, 17 de maio de 2017

Livro "Quando a Bela Domou a Fera" - Eloisa James

LIVRO "QUANDO A BELA DOMOU A FERA"

O ENREDO DO LIVRO

Linnet Berry é uma bela mulher da alta sociedade. Ela tem inteligência, riqueza e beleza, tudo o que um homem poderia querer. Porém, ela acaba tendo um flerte sem compromisso com o príncipe, o que acaba trazendo alguns problemas para ela. Indo ao baile com um vestido que a deixa parecendo grávida e sendo dispensada pelo príncipe na frente de todos, Linnet entra num mundo de mexericos sem volta. Todos acreditam que ela esteja grávida e que o filho possa ser do príncipe. Mesmo tendo trocado apenas uns poucos beijos com o príncipe, agora que sua reputação está arruinada e ela nem mesmo fez nada de concreto para isso, tudo por conta de um vestido mal ajustado. Com isso, seu pai Cornelius e sua tia Zenobia estão desesperados para arrumar uma saída para a situação.

Essa saída se chama Piers Yelverton, o conde de Marchant que mora no País de Gales. O pai de Piers, o duque de Windebank, está desesperado para que o filho case e tenha um herdeiro para passar a linhagem da família. E um herdeiro da realeza não é nada mal. Aceitando a ideia da tia e do pai, Linnet finge a gravidez indesejada para o duque. Então os dois partem para o País de Gales, mas não será fácil convencer Piers de que Linnet é um bom partido para ele, já que Piers se ressente do pai há anos e não irá aceitar a sua escolha de noiva.

Piers Yelverton é conhecido como Fera, por seu temperamento difícil e cáustico. Ele é médico e seu castelo onde mora serve como um gigantesco hospital. Com a ajuda de seu primo Sebastien e alguns assistentes de quem é tutor, Piers consegue cuidar dos necessitados e enfermos, mesmo com sua pitada de mal humor constante. Devido a um ferimento na perna decorrente de sua infância corre a notícia que ele não poderia satisfazer nenhuma mulher no sentido carnal e como consequência, sua linhagem de sangue estaria comprometida. Não é à toa que seu pai está tão desesperado pelo casamento de Piers com Linnet.

POR DENTRO DO LIVRO
Mas será que as más línguas estão certas sobre Piers? Quando a bela e a fera se encontrarem, será que poderá surgir algo mais forte do que palavras afiadas entre eles?

“– Ah, mas acho que somos perfeitos um para o outro – disse ela, só para cutucá-lo.
–  Um médico maluco – esse sou eu – e uma beldade terrivelmente conivente – essa é você -, mancando juntos rumo a uma vida de felicidade? Duvido muito. Você tem lido contos de fadas demais.
– Quem disse que eu sei ler? Mal sei contar, lembra?” Página 64

NARRAÇÃO E EDIÇÃO FÍSICA

Que capa mais linda!!! Estou apaixonada por ele. <3 A capa é do material softh touch (aveludado), a edição está bem caprichada com as folhas amarelas e de boa qualidade. A narração é em terceira pessoa com o foco em Linnet e Piers, mas ocasionalmente um personagem secundário tem sua vez na narrativa.

O LIVRO NO GERAL

Que confusão! Com a tia e o pai que Linnet tem, não me admira que ela seja tão voluntariosa e teimosa. Uma hora os dois estão a julgando por estar ‘grávida’ e depois querem que ela realmente esteja grávida para que o plano do casamento com Piers dê certo. Rsrs... É uma família muito maluca! Mas também um tanto divertida.

“– Cama nova; só a tínhamos havia uma ou duas semanas – continuou ele.
– Minha irmã era dada a muitas paixões – disse Zenobia, carinhosamente.
– Achei que você tivesse acabado de dizer que ela era pura como a neve! – esbravejou o visconde.
– Nenhuma delas tocou sua alma! Ela morreu em estado de graça.” Página 27

No início, não estava botando muita fé na protagonista Linnet, eu a achava vaidosa demais, além de um pouco inconsequente. No entanto, fui me encantando por ela. Seu humor ácido, quando se tratava de Piers, me divertiu muito e ela foi se mostrando mais do que um rostinho bonito. Voluntariosa e vaidosa, ela se mostra paciente e solícita mesmo quando ouvia alguma piada vinda de Piers. Ela não fugia quando podia ser útil e conversa de igual para igual com nosso mocinho mal-humorado.

LOMBADA MAIS LINDA!
Piers é um mocinho muito mal-humorado e afasta todos que se aproximam. Sejam seus empregados até o seu primo que lhe ajuda com os pacientes. Mas todos estão acostumados com seu jeito e não se deixam afetar. O antigo estilo de vida o afetou e Piers não consegue confiar nas pessoas, mas ele vai crescendo durante o livro e ficando apaixonante com o seu jeito de ser. A autora diz no final do livro que Piers Yelverton foi inspirado também no House da série de televisão Dr. House. Mera semelhança não é coincidência. Rsrs...

Uma cena bem perto do final do livro foi extremamente comovente para mim. O amor que a Fera demonstrou sentir pela Bela foi lindo de se ver! O cuidado e o carinho, além de vários resmungos, só demonstravam que os dois eram perfeitos juntos!

A autora Eloisa James tem uma escrita diferente das que já vi em outros romances de época. Seu tom de humor é mais sarcástico, pelo menos nesse livro. Acabei gostando bastante disso e me divertindo com as peripécias de Linnet e Piers, além dos personagens secundários que estão bem presentes a cada página.

As capas originais da série são lindas! Fiquei apaixonada por elas! É uma pena que a Editora Arqueiro não tenha consigo mantê-las. Lembrando que para manter as capas originais exige um outro tipo de contrato e esse é muito mais complicado. Ainda assim seria perfeito ter as capas originais! As capas dos próximos dois livros já foram reveladas e estão lindas também! Quero mais Eloisa James logo!

LIVRO MAIS LINDO!!!!

14 COMENTÁRIOS:

  1. Olá
    Primeiramente quero dizer: Como assim você achou as capas originais mais belas kkk? Eu amei essas feitas pela arqueiro. Acho a proposta dessa série bem bacana, e olha que não sou tão chegado ao gênero como a maioria dos leitores. Espero ter a chance de ler a obra em breve. Até mais ver
    Bjks

    ResponderExcluir
  2. Oiii
    Não sei se por que saiu o filme live-action ou o quê houve, mas teve um 'estouro' de livros baseados em a Bela e a Fera né?
    Este parece ser bem divertido, e um tanto maluco. Que tia doida é essa que tenta casar uma mulher não-gravida, passando-se por grávida para dar um herdeiro a um cara que não pode ter filhos? hahaha
    Eu provavelmente gostaria da narrativa.

    Vícios e Literatura

    ResponderExcluir
  3. Oi, Cris.
    Eu adorei esse livro e concordo que a narrativa da Eloisa James é única.
    Mas, diferente de você, prefiro muito mais essa capa. Achei as capas originais muito óbvias! Rs...
    beijos
    Camis - blog Leitora Compulsiva

    ResponderExcluir
  4. Oiii Cris

    Gosto de saber que a autora tem um toque diferente aos seus romances de época, me cansa um pouco ler sempre o mesmo tom de narrativa... No entanto, se te sou sincera, esse livro ainda não me chama muito a atenção, não sei, acredito que não estou ainda no momento certo pra ler o gênero, mas fica anotadinho pra quando surgir a oportunidade.

    Beijos

    aliceandthebooks.blogspot.com

    ResponderExcluir
  5. Oie!
    Essa será uma das minhas próximas leituras!
    Estou concluindo a leitura de um romance, e depois vou começar esse, pois não consigo viver sem ler romances de época. É uma ótima dica.
    Bjks!
    Histórias sem Fim

    ResponderExcluir
  6. Oiii Crislaine tudo bem?
    Eu tenho tanta vontade de ler esse livro que você nem imagina, só fico a pensar como deve ser lindo esse livro fisicamente, olho no olho ficaria apaixonada, ótima resenha linda.
    Beijinhos

    ResponderExcluir
  7. Eu gostei muito desse livro também, apesar de achar que a autora pecou em alguns pontos. Piers é tudo de maravilhoso, gente... como ri com ele. A capa é realmente maravilhosa!

    Raíssa Nantes

    ResponderExcluir
  8. Esse livro ta na minha lista de leitura, esperando uma oportunidade! Vejo muitas críticas positivas a ele, apesar de alguns pontos negativos. Mas é interessante como sempre concordam sobre a narrativa da autora ser única.
    Bjos

    ResponderExcluir
  9. Olá!

    Eu to com esse livro aqui e pensei que fosse volume único... Mas como é de época, com certeza não arriscaria a leitura...

    ResponderExcluir
  10. Olá,

    Eu gostei desse livro por causa do título bem ousado e que dar aquela ideia de mudança de dominador e isso me deixou mega feliz e curiosa para saber mais dos personagens.

    Beijos!

    ResponderExcluir
  11. Ahhh, eu estou doida para ler esse livro. Mas tenho que comprar ainda e também tenho mais 5 livros aqui pra ler primeiro. hahahaha. Mas chego lá!

    Beijos

    ResponderExcluir
  12. Olá
    Desistir na metade do livro, o enredo não me chamou a atenção, mas como não gosto de deixar livros pela metade e depois da sua resenha, eu voltarei a ler ele em algum momento, quem sabe, a história não me envolve na próxima vez que ler?

    ResponderExcluir
  13. Ola C ris lindona eu fiquei completamente apaixonada por esse livro e pela escrita da Eloisa, com certeza entrou para meus favoritos, gostei muito da construção dos protagonistas. A capa e edição como sempre estão maravilhosos. beijos

    Joyce
    Livros Encantos

    ResponderExcluir
  14. Oiii!!

    Eu quero taaanto ler esse livro! Já li algumas resenhas bem positivas para a obra e fiquei mais animada ainda para ler.
    Esse negócio de capas originais é sempre triste, né? Essa tá linda, mas a original também é maravilhosa.

    Beijinhos

    ResponderExcluir

Olá, escreva o quanto e o que você puder...

 
Design exclusivo | Cópia proibida © 2016