Louca sua miga

terça-feira, 23 de maio de 2017

Livro - As Primeiras Quinze Vidas de Harry August - Claire North

LIVRO "AS PRIMEIRAS QUINZE VIDAS DE HARRY AUGUST"

O ENREDO DO LIVRO

Harry August nasceu em 1919 e teve uma vida simples, medíocre até. Seus pais trabalhavam para família Hulne, uma família rica das redondezas de onde morava. Depois da Segunda Guerra Mundial, onde ele foi convocado, voltou para a casa dos pais e ficou com o emprego do pai quando este morreu. Nosso protagonista teve uma vida solitária e morreu em 1989.

Mas o que Harry não esperava era renascer. Começar toda a sua vida novamente do zero. Depois de algumas vidas a mais, ele descobre que é um kalachakra, uma pessoa que revive sempre o mesmo período da história. Com a ajuda do Clube Cronus, clube dos kalachakra, Harry descobre sua verdadeira condição no mundo. O clube tem como objetivo ajudar todos com a mesma condição em várias partes do mundo e é mantido por várias gerações. Informações que possam ser relevantes, tanto do passado quanto do futuro, são passadas para todas essas gerações.

Harry August vai vivendo vida após vida e acumulando conhecimentos em várias áreas e tentando criar um sentido para tudo. Mas ao fim de sua décima primeira vida, uma menina de 7 anos, uma kalachakra também, lhe passa uma mensagem do futuro:

“O mundo está acabando como sempre. Mas o fim está chegando cada vez mais rápido.” Página 8

Algo está acontecendo que está afetando diretamente o futuro. As próximas gerações estão sendo atingidas e o curso da história está mudando. Harry se lembra de uma pessoa pertencente à um de seus passados e tem uma vaga noção do que possa estar acontecendo. Ele parte em busca de respostas em sua décima segunda vida e essa busca pode mudar tudo.

LOMBADA LINDA!

NARRAÇÃO E EDIÇÃO FÍSICA

Eu adoro essa capa! Ela mais que combina com a proposta da história. A Bertrand Brasil arrasou nessa capa! A edição está bem simples por dentro, com folhas amareladas e letras um pouco pequenas, mas dá para ler sem problema.

O LIVRO NO GERAL

Harry August é um personagem complexo. No decorrer de suas muitas vidas, ele assume várias personalidades, por assim dizer, e eu me perguntava se ele sabia qual era a sua verdadeira essência. Determinado a encontrar um meio de parar os avanços que iriam destruir o mundo, Harry se torna mais que um simples kalachakra vivendo um dia de cada vez, ele sente que precisa parar o que quer que esteja afetando negativamente o futuro. E é essa busca que torna a história interessante.

“O homem olhou para o comandante, depois para mim, e seu rosto se abriu num sorriso.
– Meu Deus! – exclamou, cada palavra caindo como uma pedra numa lagoa. – Veja só quem está aqui.” Página 2017

Esse livro não teve uma leitura fácil para mim. Um livro extenso e lento, As Primeiras Quinze Vidas de Harry August dá muitas voltas até chegar ao ponto chave da história. E quando chega lá, já se passou metade do livro. Confesso que o livro se estende de maneira tediosa e por diversas vezes a leitura não estava fluindo bem. Mas quando chega o ponto em que Harry finalmente consegue seu encontro com o objeto de sua busca, tudo começa a ficar melhor. Algumas partes continuavam lentas, mas a história estava ganhando um rumo muito bom! Eu ficava me perguntando como ele ia resolver o “problema”. Nada dependia só dele, outros fatores estavam em jogo.

CAPA
Não vou contar mais nada, quero que você, leitor, leia e tire suas conclusões. Apesar do livro não ter sido bom em todos os aspectos para mim, ainda quero ler outros da autora e ter uma base melhor para saber se realmente gosto dos livros dela.

Claire North é o pseudônimo de Catherine Webb. O livro ganhou prêmio John W. Campbelll Memorial Award de Melhor Romance de Ficção Científica, além de ter sido finalista do Prêmio Arthur C. Clark. A autora tem vários livros publicados fora do Brasil e se eu não me engano, seu livro Touch está com direitos de publicação comprados pela Editora DarkSide. Quem aí está curioso!? EU!

15 COMENTÁRIOS:

  1. Ola
    Depois de viver tantas vidas, imagino mesmo que o que não falta é conhecimento, né? Essa é a primeira resenha que leio deste livro e fiquei bem curiosa quanto ao desenvolvimento. É uma pena que a leitura seja lenta, pelo que pude perceber, e eu realmente compreendo por conta de tudo que precisa ser exclarecido. De qualquer maneira, gostaria muito de poder conferir também!
    Beijos, F

    ResponderExcluir
  2. Oi,
    Olha, vou ser bem sincera com você. Eu não sou fã de personagens que tenham várias vidas sabe, acho um tantinho cansativo. Mas se eu fosse fã leria mais que depressa pois sua resenha está top.

    ResponderExcluir
  3. Hey,
    que capa magnífica, visualmente falando esse livro é um bálsamo para os olhos, quanto ao enredo não me chamou a atenção de forma alguma e depois de ler impressões a cerca da história tive ainda mais certeza de que essa não é uma leitura pra mim, estou super atolada de leituras que quero muito ler e por não conseguir pular para outro livro antes de terminar a leitura atual passaria a eternidade lendo esse, sendo assim jamais inventarei de pegá-lo para ler.

    Beijos!

    ResponderExcluir
  4. Puxa,fiquei aqui pensando em como seria "viver" assim. Morrendo, renascendo..mas podendo conservar a memória de tudo que foi vivido anteriormente.
    Deve ser mágico e ao mesmo tempo, dolorido demais.
    Não conhecia o livro,mas percebi que é bem diferente de tudo que já vi e li por aí.
    Vai para a lista de desejados, com certeza!
    Beijo

    ResponderExcluir
  5. Oiee Cris ^^
    Realmente, vi muita gente dizendo que terminar esse livro estava bem difícil...haha'
    Essa foi a primeira resenha dele que eu li, e, por mais que tenha ficado curiosa e um pouco intrigada com a premissa, saber que o início (até a metade, pelo jeito) é lento e um pouco tedioso me desanimou um pouco. Quem sabe um dia, num futuro distante...haha'
    MilkMilks ♥

    ResponderExcluir
  6. Oie! Tudo bem?

    Eu amei a capa e a proposta desse livro! Diferente e inovadora, mas no momento que li que ele é "lento" desanimei totalmente, não sou boa leitora de livros com esse tipo de narrativa, por isso por enquanto passo a dica, mas vou deixar ela anotada, porque amei demais essa trama! *--*

    BJss

    ResponderExcluir
  7. Olá,
    Engraçado, eu lembro de ter visto uma série mais ou menos com essa temática, quando passei um tempo nos EUA, mas nÃo me lembro o nome. De qualquer forma, achei bem inteligente e fiquei interessada na leitura.
    Interessante isso de cada vez ele assumir uma personalidade. Estava super empolgada até a parte da leitura não ser fácil e o livro lento, brochei hahahaha. Desisti.
    Beijos
    Meus livros a Venda

    ResponderExcluir
  8. Oie!
    Confesso que não sei se vou gostar da leitura desse livro.
    A história pode ser interessante, mas não sei se vou gostar dessa história. Mas preciso ler para saber se vou realmente gostar.
    Bjks!
    Histórias sem Fim

    ResponderExcluir
  9. Olá!

    Eu vi várias pessoas divulgando a sinopse e fotos desse livro porém nunca tinha parado para ler uma resenha dele, parece ter um enredo bem interessante, pena que foi uma leitura cansativa para você, isso me desanima um pouco.

    Deve ser muito louco poder renascer várias vezes, mas triste também pois sempre deixamos alguém na vida passada, confesso que fiquei curiosa para ver o que August descobriu , espero um dia poder conhecer essa história.


    Beijos
    Jess
    www.pintandoasletras.com.br

    ResponderExcluir
  10. Que bom que o livro melhorou após a lentidão inicial. Eu quase solicitei ele, mas a sinopse não me chamou muito a atenção e preferi esperar as opiniões dos leitores. A história parece ser muito interessante com toda essa coisa de reviver várias vezes, mas algo ainda não me fez falar "quero ler", sabe?
    Enfim... vamos ver!

    Beijos

    ResponderExcluir
  11. Oi Crislane, como está?
    Essa é a segunda resenha que leio desse livro e apesar da leitura não ter fluido tão bem quanto tu gostaria, acho que comigo ela funcionaria bem. Porque definitivamente eu ando precisando ler coisas diferenciadas. Especialmente porque adoro sci-fi e acho a ideia desse livro muito promissora.
    Abraços e beijos da Lady Trotsky...
    http://rillismo.blogspot.com

    ResponderExcluir
  12. Oi!
    Eu acho essa capa desse livro incrível, mas ainda não conhecia essa história.
    Mas é uma pena que o livro seja arrastado por quase metade da obra, pois ele tem um tema bem bacana de renascimento e toda essa vibe de reviver o mesmo momento da história.
    Enfim, adorei sua resenha sincera e mesmo com esses pormenores acho que faria essa leitura

    ResponderExcluir
  13. Olá!
    Confesso que antes mesmo de começar a ler a sua resenha, não me senti atraída a ler esse livro. Mas fiquei impressionada com a grande capacidade da autora de ter tido essa ideia de renascer o personagem, ou como dito, vários personagens com essa mesma habilidade.
    Ao saber que o livro é meio arrastado, me deu menos vontade ainda de ler. Mas fiquei com vontade de conhecer o livro que sera publicado pela caveirinha. =D

    ResponderExcluir
  14. Olá, tudo bem?
    Apesar da história parecer bem interessante, fiquei ressabiado quanto o enredo parecer extenso e cansativo, que me faz fugir de várias leituras. A diagramação da Bertrand, ficou perfeita para esta obra, e fiquei bem interessado nas multiplas personalidades do personagem no decorrer de sua vida contada nas páginas. Quem sabe eu acabe não dando uma chance.

    ResponderExcluir
  15. Olá,
    Desconhecia o livro, mas fiquei encantada com essa capa e saber que ela combina perfeitamente com a proposta da obra me deixa quase saltitando de felicidade.
    A premissa é muito original e inusitada para mim que nunca li nada parecido e Harry realmente parece ser um personagem complexo. Estou curiosa para saber o desfecho de tudo isso.

    LEITURA DESCONTROLADA

    ResponderExcluir

Olá, escreva o quanto e o que você puder...

 
Design exclusivo | Cópia proibida © 2016