Louca sua miga

sexta-feira, 24 de fevereiro de 2017

Livro "7 Dias Com Você" - Aline Sant' Ana

LIVRO "7 DIAS COM VOCÊ"
Já começo a resenha suspirando... Carter, Zane e Yan! Que trio mais liiindo!!! A banda The M's tem os melhores rapazes do meio musical. Lindos, talentosos e atenciosos com o público. Com sete anos no mercado no musical, eles são a sensação entre os fãs da música.

O ENREDO DO LIVRO

Nesse livro temos a história do vocalista da banda, o Carter McDevitt. Há um ano, Carter se tornava um homem divorciado. Maisel levou metade do que ele tinha e foi embora provocando um escândalo na mídia, deixando-o arrasado. Ela era apenas uma interesseira.

 “Eu queria alguém que me completasse, que não tivesse medo da minha fama, que pudesse me amar além da porcaria financeira e da distância. Tinha que ser alguém que suportasse minha mudança de humor, que variava apenas do cômico para o cara ligeiramente romântico... E, se eu não me engano, mulheres gostam disso, não é?” Página 8

Agora que Carter já esqueceu Maisel, ele reconheceu que a ex-mulher não era flor que se cheirasse e não deveria mais perder tempo pensando nela, no entanto, ele se sente inquieto. Não consegue ser o mesmo Carter de antes. Zane e Yan, os melhores amigos que alguém poderia ter, planejam um presente de aniversário perfeito para ele: um cruzeiro erótico! Isso mesmo que você leu leitor. Chocado com a ousadia do presente, Carter sabe que não adianta dizer não para Zane e decide ceder a ideia, afinal, quando seu amigo coloca uma ideia na cabeça não há quem tire. Mal sabe ele que o tal cruzeiro seria o momento de reencontrar o passado de maneira maravilhosa.

CONTRA CAPA
Apesar de ser linda  e uma modelo de sucesso, Erin Price estava longe de ter um namorado que estivesse na mesma sintonia que ela. Ela está cansada dos relacionamentos fracassados, até daqueles que mal começaram e que já estão fadados a não dar certo. Lua, sua melhor amiga, não suporta mais que Erin reclame das relações amorosas fracassadas e tem a brilhante ideia de levá-la para um local onde ela possa descansar, soltar-se das amarras e ter uma experiência satisfatória com um homem, mesmo que seja por apenas 7 dias. Hum...

Logo no primeiro encontro, a atração e a tensão sexual é muito palpável entre Erin e Carter. Os dois não sabem quem é quem, pois estão num baile de máscaras. Ela é a Fada e ele o Zorro. Mantendo a identidade escondida até acabarem na banheira de Carter, eles acabam ficando juntos em um momento de prazer. Porém, o que poderia ser 7 dias de momentos cheios de felicidade para ambos, pode se tornar um emaranhado de mentiras para outra pessoa...

NARRAÇÃO E EDIÇÃO FÍSICA

Só a capa desse livro é de encher os olhos dos leitores que adoram um livro picante. As letras estão confortáveis à vista e as folhas são de um material excelente. O livro intercala entre a visão em primeira pessoa de Erin e Carter, tanto no presente quanto no passado dos dois. Esse passado vai deixando algumas coisas mais claras para o leitor no decorrer da narrativa.

MARCADOR E CAPÍTULO DO PASSADO

O LIVRO NO GERAL

Lindo, carismático e sempre atencioso, Carter é o mais sensível da banda. Quando ele se envolve no amor, se envolve com tudo que tem direito. Por isso, ele fica arrasado quando a ex-mulher parte seu coração e ainda o faz passar por todo um escândalo na mídia. Carter é um bad boy com um coração enorme. Fiquei muito apaixonada por seu jeito de agir com Erin. Sempre disposto a deixá-la feliz.

“Eu já estava em queda livre por ela, estava criando um sentimento novo, estava me encantando a cada frase, a cada segundo, irremediavelmente. Eu estava me transformando numa nova pessoa e adorava a culpa que Erin tinha nisso.” Página 219

Erin é uma mocinha cheia de complexos. Tendo péssima referência em casa com a mãe e o pai, ela cresceu com muito medo de magoar as pessoas ao seu redor, principalmente Lua, sua melhor amiga. Lua é única pessoa próxima a si, uma vez que ela não se dá bem com a família. Perder Lua é a última coisa que ela quer na vida. E com esse romance, ela pode perder esse bem tão precioso.

MARCADORES LINDOS!
Fazia muito tempo que eu estava com muita vontade de conhecer 7 Dias Com Você e finalmente pude receber da Editora Charme esse livro maravilhoso. Não me arrependo de ter esperado para realizar essa leitura! Ah, esse livro é o primeiro da série Viajando Com Rockstars.

Aline Sant’Ana é uma autora incrível! O livro está recheado de momentos doces e ao mesmo tempo bem picantes. Os personagens secundários são muito presentes na história e estão sempre prontos para ajudar uns aos outros no que for preciso. Não tinha como ficar indiferente a eles nesse livro. Adorei as cenas em que eles interagem!

Para quem gosta de livros hot’s e junto com uma boa dose de romantismos, esse livro é uma ótima recomendação. Foi difícil não ter ficado pensando em Carter depois que terminei o livro e agora enquanto escrevo a resenha. Também não posso deixar de querer ver o que vem no próximo livro. Zane, o cara que adora ter relações com as mulheres, mas não se envolve com nenhuma de verdade. Carter e Yan profetizaram que Zane ainda vai sofrer por amor. Quero ver esse bad boy garanhão se apaixonar!!!! Chega logo 11 Noites Com Você!

LIVRO "7 DIAS COM VOCÊ"

quarta-feira, 22 de fevereiro de 2017

Livro "A Garota no Trem" - Paula Hawkins

LIVRO "A GAROTA NO TREM"

O ENREDO DO LIVRO

Não ter uma vida de verdade, pelo menos à vida que gostaríamos de ter, pode nos deixar na pior. É assim que Rachel se encontra no momento. Vivendo uma vida basicamente dentro do trem, Rachel gosta de passar seus momentos, apenas observando um casal com a vida perfeita que mora próximo da linha do trem: Jason e Jess, moradores da casa 15. Na verdade, ela não sabe os nomes ou como é a vida deles, mas gosta de imaginar que são felizes juntos, tendo a vida que ela gostaria de ter.

Há alguns anos separada do marido Tom, Rachel vive de favor na casa de sua amiga Cathy. Depois da separação, Rachel se entregou ainda mais à bebida de modo que perdesse o emprego e a independência financeira que tinha. Passando seus dias indo e voltando de Londres, fingindo para Cathy que ia trabalhar, Rachel cria uma fantasia sobre Jason e Jess.

Até que um dia ela vê algo que destrói suas expectativas sobre os moradores da casa número 15. Desnorteada com o que viu, no dia seguinte ela toma a decisão de fazer algo a respeito. Mas o problema é que quando acorda no dia seguinte à sua toma de decisão, ela não lembra de nada do que aconteceu. Seu organismo dotado de álcool apaga as memórias da noite anterior. Ela acorda dolorida, ensanguentada e suja. E dias depois o noticiário anuncia o desaparecimento de Megan, a mulher que Rachel chama de Jess
.
“Ela desapareceu. Jess está desaparecida. Megan está desaparecida. Desde sábado.” Página 69

O que aconteceu? Será que Rachel fez alguma coisa que não devia?

CAPÍTULO DE RACHEL

NARRAÇÃO E EDIÇÃO FÍSICA

A edição está impecável. As folhas são de boa qualidade e a fonte está ótima para a leitura. O livro tem a visão de três importantes personagens femininas da história: Rachel, Anna e Megan. O foco maior fica em Rachel. Megan é a que tem menos voz, pois a autora introduz apenas pequenos pedaços do passado dela para nos fazer visualizar sua personalidade e o que vai acontecer com ela mais na frente.

O LIVRO NO GERAL

Não gosto de comparações entre livro X e livro Y de autores diferentes, nem entre filmes. Apesar das comparações, não posso deixar de ficar curiosa para ler ou assistir determinados livros/filmes. Como gosto bastante dos livros da autora Gillian Flynn, famosa pelo livro Garota Exemplar, não pude deixar de ficar curiosa para conferir o livro “similar”, o A Garota do Trem da Paula Hawkins. Livro lançamento em 2015.

Não me decepcionei! O enredo é lento e transcorre de maneira suave. Paula Hawkins gosta de nos dar uma boa visão dos sentimentos das personagens e não só dos acontecimentos. Ela não corre na história e vai deixando pequenas pistas sobre os acontecimentos da noite em que Rachel perdeu a memória. Já vi algumas pessoas não gostarem do livro justamente pela demora dos acontecimentos. Mas isso não me incomodou, apenas foi um acréscimo positivo à história.


A Garota do Trem não supera os livros da Gillian Flynn, mas gostei bastante da leitura. Um thriller psicológico bem construído e envolvente a meu ver. Ah! Sobre o sumiço de Megan, eu cheguei a desconfiar de um personagem depois de alguns detalhes que foram sendo revelados e a desconfiança foi confirmada no final. Isso não me incomodou de nenhuma maneira! E apreciei a maneira como a autora desenvolveu a história por trás do sumiço. Confesso que fiquei chocada com as revelações finais, essas eu não esperava. Todo um emaranhando de fatos por trás de lembranças esquecidas.

Rachel é uma personagem bastante perturbada. Com lacunas nas memórias por conta do alto consumo de álcool, ela se torna uma personagem nada confiável para contar algo. Como acreditar no que ela diz, se quando bebe não lembra de certo fatos ocorridos? Isso é o que faz dela uma personagem curiosa que ainda se mete no que não deve.

Se você curte um thriller psicológico bem desenvolvido, mesmo que vá de maneira lenta, recomendo muito esse livro. Agora se você tem pressa para que as coisas aconteçam e o livro termine um pouco mais rápido, então talvez seja melhor algum livro de suspense policial do Harlan Coben que é um ótimo autor. Tem resenha dele aqui no blog (aqui).

A Garota do Trem é o primeiro livro da Paula Hawkins. Ela inicia na carreira de escritora de maneira bastante positiva. Com certeza quero ler futuramente algum lançamento da autora aqui no Brasil. Editora Record, nos traga seu segundo assim que ela escrever, por favor!

LIVRO "A GAROTA NO TREM"

Sobre o filme:

O filme segue quase fielmente os acontecimentos do livro A Garota no Trem. Sempre vai ter uma ou outra coisa diferente, mas o filme foi até digno do livro.A atuação da atriz Emily Bunt foi perfeita! Ela fez uma ótima Rachel. Confiram o trailer. :D



segunda-feira, 20 de fevereiro de 2017

Livro "Sedução da Seda" - Loretta Chase

LIVRO "SEDUÇÃO DA SEDA"
Que livro! Que livro! Chorei horrores em algumas cenas. (TPM é fogo!) Foi necessário parar a leitura, pois meu nariz ficou entupido e não dava para dormir do jeito que estava se continuasse.

O ENREDO DO LIVRO

Com o tipo de criação, com os percalços da vida e por ser a mais velha, Marcelline Noirot teve que aprender muito cedo a se virar para sustentar as irmãs mais novas e logo depois sua filha Lucie. Vindas da França, as Noirot foram para a Londres procurar uma forma de viver e se sustentar.

Juntando o olho clínico de Marcelline para criar modelos de roupas, as habilidades em finanças de Leonie e todo o charme de Sophia para vendas, as três conseguem abrir uma loja de vestimentas para mulheres, a Maison Noirot. Apesar da loja não ser famosa, os vestidos que Marcelline cria são os mais belos. Ela sempre acreditou ser a maior modista do mundo e não aceita ter título menor que esse.

Depois de quase três anos que a loja foi aberta, poucos clientes a frequentam. Sempre dedicada ao trabalho, Marcelline precisa arranjar um jeito de fazer sua loja se sobressair, conseguir mais clientes. Sua maior rival é a senhora Hortence Downes, dona da loja Downes. Apesar dos vestidos dessa não serem nada dignos de serem usados, é para lá que as damas da alta sociedade vão. Como fazer aquelas damas migrarem para sua loja?

LOMBADA LINDA!
A solução aparece em forma de um atraente homem, o duque de Clevedon. Ele está para retornar a Londres e logo ficará noivo de lady Clara Fairfax. A futura duquesa deveria estar vestida à altura da posição, mas Clara se veste extremamente mal pelas mãos da modista Hortence. Marcelline sabe que pela futura posição de Clara na sociedade, essa é chance dela mostrar suas criações a todos em Londres. Logo, todas as damas da alta sociedade irão querer saber onde Clara se veste. Com a ideia fixa de ter a futura duquesa em suas mãos, Marcelline parte para Paris para convencer o duque de que ela é a modista perfeita para Clara.

“– Precisamos atraí-la depressa ou a chance será perdida para sempre. – disse Sophia – Se a Trapos pegar a encomenda do vestido de noiva da duquesa de Clevedon, pegará todo o resto também.
– Não se eu chegar primeiro – declarou Marcelline.” Página 14

Já dá para perceber que isso vai dar em muita confusão, não é?

NARRAÇÃO E EDIÇÃO FÍSICA

A capa, as letras e as folhas estão divinas. Todo o acabamento do livro está divino! Editora Arqueiro mais uma vez está de parabéns pelas ótimas edições que trás para o leitor. O livro é narrado em terceira pessoa com foco em Marcelline e Clevedon, mas temos também um pouquinho da Clara.

O LIVRO NO GERAL

Nossa protagonista é bastante voluntariosa e criteriosa com suas criações, isso também se reflete em sua vida. Marcelline é uma das mocinhas mais teimosas que tive o prazer de conhecer em uma leitura. Ela não quer nada mais que a perfeição em seus planos, e quando as coisas não dão certo, Marcelline sempre dá um jeito de contornar os percalços e reajustar tudo. Manipuladora e controladora, ela guardar um segredo que pode botar a perder todos os seus sonhos e sua família. Por isso, nossa protagonista deve tomar muito cuidado com os sentimentos que começa a desenvolver pelo duque.

LIVRO "SEDUÇÃO DA SEDA"
Clevedon é o típico homem da época. Não vê sentido no por que de toda burguesia ter fixação pelo dinheiro. Pensamento que reflete a vida de quem nunca teve que trabalhar na vida para sustentar a si mesmo e a família. Nosso duque ao conviver com a família Noirot vai descobrindo as dificuldades do trabalho e remodelando sua maneira de pensar. Temos até momentos dele dando dicas para Marcelline. Muito fofo! Ah! Não posso esquecer da pequena Lucie, filha de Marcelline. Essa menina tem futuro como manipuladora. Olhos e rostinho doce, ela consegue encantar a todos. Rsrs...

É muito divertido ver os sentimentos de Marcelline e Clevedon nascerem e crescerem. Começa com uma atração fatal, um ódio mortal e depois vem apenas a doçura de dois corações apaixonados. Dois corações que sabem que não devem ficar juntos pela posição social que cada um ocupa.

“– [...] Depois desta noite, você se tornará o homem que sempre imaginei que fosse, o homem cuja bolsa eu pilhei... e nada além desse homem. Está me entendendo? Mas, por essa noite, eu te amo.” Página 221

Nunca tinha lido nada da Loretta Chase e fiquei emocionada com os desafios emocionais que a mocinha teve que passar aqui em Sedução da Seda. A cada encontro com o duque de Clevedon era um desafio para Marcelline Noirot não se envolver emocionalmente com ele. Chegou a um ponto em que eu estava com vontade de entrar no livro e mandar a sociedade e suas regras para bem longe e deixar esses dois serem felizes de uma vez.

Se você ficou preocupado com o destino da pobre Clara Fairfax, não fique! A autora fez um livro só para ela. Será o quarto livro da série. Está um pouco longe para ser lançado, eu sei, mas ainda temos Sophia e Leonie para nos divertir. Recomendo muito que os apaixonados por romances de época deem uma conferida nesse livro!

Iniciado por Sedução da Seda, a série As Modistas conta com quatro livros e já temos o segundo livro Escândalo de Cetim lançado pela Editora Arqueiro. Abaixo as capas lindas da série! <3

CAPAS DA SÉRIE

quarta-feira, 15 de fevereiro de 2017

Livro "Escândalo!!!" - Tammy Luciano

LIVRO "ESCÂNDALO!!!"

O ENREDO DO LIVRO

Belinda é uma moça simples. Nasceu no interior de Ladário, Mato Grosso do Sul, e tem muito orgulho de onde veio. Todos que perguntam sobre suas origens, ela responde sem vergonha e sem fingimento por trás das palavras, mas alguns momentos de seu passado não são coisas bonitas de se ver.

Vendida pelo pai por ter não ter serventia nenhuma, ser apenas uma boca para alimentar em casa, Belinda vai parar no Rio de Janeiro com sua tia Santana, nome esse que poderia ser Satânica. Lá, a tia mostra todo o desprezo e ódio que sente por ela, ódio esse que Belinda nunca entendeu, pois nunca tinha feito nada para merecer tamanho maus tratos. Tratada como uma escrava e saco de pancadas, Belinda sabe que se ficar naquela casa vai acabar morrendo.

Então ela decide fugir na calada da noite e é ajudada por dois rapazes. Logo a vida de Belinda é transformada. Várias pessoas entram em sua vida dispostas a ajudá-la. Um deles é Jujuba. Os dois logo ficam amigos inseparáveis e ele lhe apresenta o mundo da televisão. Participando como figurante em uma novela, Belinda é descoberta. Seu longo cabelo liso, pele morena e belos olhos azuis chamam atenção por onde passa e a câmera parece adorá-la. Mais uma vez a vida de Belinda muda e ela logo se transforma em Belinda Bic, uma das atrizes mais queridas do Brasil.

INÍCIO DE CAPÍTULO
Dentro na vida de atriz, Belinda consegue ajudar quem tanto lhe fez bem ao fugir da casa de sua tia, mas não será fácil viver essa vida tão livre e feliz, pois existem aqueles que querem apenas o mal para ela. E um deles, ela deixou entrar e não conseguirá se livrar desse tão facilmente. No meio de uma situação conflitante, surge Gustavo Salles em sua vida novamente. Os dois já tinham se encontrando na chegada de Belinda no Rio de Janeiro, mas acabaram se desencontrando. Com o ressurgimento de Gustavo em sua vida, muitas emoções estão por vir.

NARRAÇÃO E EDIÇÃO FÍSICA

Adorei a edição desse livro! Editora Valentina tratou esse livro com muito cuidado e capricho. Toda a parte externa do livro parece uma revista de fofocas. O nome do livro em destaque fica como se fosse o nome da revista e os ícones ao redor ficam como as noticias mais quentes. Adorei! O livro é narrado pela própria Belinda. Parece que ela narra do futuro, contando toda a sua trajetória desde que saiu de Ladário. O início de capítulo tem uma fala que Belinda deixa para o leitor. Achei essa parte um charme! Além dos detalhes de coração e fontes diferentes nas letras que deixam o livro mais lindo.

O LIVRO NO GERAL

Depois de muitas cenas de declarações de amor e divagações desnecessárias, terminei o livro com uma sensação um pouco gostosa, mas não tanto para dar 5 estrelas. O livro é leve e fluido de se ler, mas peca em alguns pontos. Um deles são as diversas citações. Sejam elas da música, da literatura, da arte, do cinema ou das novelas. Se eu fizesse uma contagem, talvez houvesse uma a cada três ou quatro páginas do livro. Isso para mim acabou ficando um tanto chato. Queria saber mais da história e não de citações.

CONTRA CAPA
O romance entre Belinda e Gustavo é algo muito presente na história. Adoro romance, mas achei o deles muito meloso. Muitas cenas de declarações infinitas de como estavam felizes de encontrar um ao outro. Belinda merecia mesmo uma vida feliz ao lado de alguém decente, mas no livro havia um excesso. E devido a esse romance, vem a tona o escândalo que dá nome ao título da capa, mas não para só nesse. Vem muito mais por aí!

O ritmo acelerado do livro é empregado em outras partes também. Belinda sai de Ladário, no Mato Grosso do Sul, arrastada e mal questiona o por quê para seu pai. A garota simplesmente vai embora como se fosse muito natural ser arrancada de casa daquele jeito. Ainda assim a protagonista encanta. Com todas as coisas ruins que passou nas mãos do pai e da tia, Belinda tem o sonho de ser feliz do seu jeito, não tem medo de trabalhar e é muito esforçada no que faz. Não vi traços de maldade nela, mesmo tendo sido muito maltratada.

O maior ponto positivo em Escândalo!!! foi o livro falar sobre a violência contra a mulher. Seja ela psicológica ou física. As duas são extremamente prejudiciais. A relação abusiva sobre Belinda me deixou chocada. Uma moça que já tinha passado por esse tipo de situação antes, se deixa levar por uma relação prejudicial dessas novamente. Eu fiquei muito triste por isso. Belinda está representando tantas outras mulheres que passam pela mesma situação e não fazem nada, acreditando que seu companheiro vai cair em si e mudar de atitude. Diferente de muitas, Belinda consegue finalmente se libertar dando exemplo para muitas outras mulheres. Ela foi muito forte e firme, e com a ajuda de amigos, ela foi mais que corajosa. Se você passa por isso, saiba que merece mais do que o desprezo que o outro lhe dá. Seja feliz, seja livre das amarras dos outros.

LIVRO "ESCÂNDALO!!!"
Esse livro foi meu primeiro contato com a autora Tammy Luciano. Pelo que você leram da resenha, muitos pontos me incomodaram nesse livro, mas ainda assim é uma leitura que vale a pena se você quiser conhecer os bastidores da televisão e ler sobre um romance bem açucarado. ;)

segunda-feira, 13 de fevereiro de 2017

Livro "Uma Loucura Discreta" - Mindy McGinnis

CAPA DE "UMA LOUCURA DISCRETA"

O ENREDO DO LIVRO

A beleza pode esconder uma outra face, além do que é mostrado externamente, uma face obscura e sinistra. Será que Grace Mae tem isso dentro de si? Uma Loucura Discreta se inicia na cidade de Boston, em 1890, com uma garota aos gritos, dizendo haver aranhas em suas veias. Um cenário nada agradável para Grace Mae, nossa anti-heroína. Ela sabia que os horrores imaginários eram apenas isso, imaginários. Nada a feri-la realmente.

“Grace aprenderá havia muito tempo que os verdadeiros terrores deste mundo eram as outras pessoas.” Página 9

Mandada para o Asilo Psiquiátrico Wayburne à força pelos familiares, Grace passa seus dias em silêncio, apenas sentindo os horrores que a senhora Croomes e o doutor Heedson a fazem passar. A única amiga que tem é a senhora Clay que a protege o quanto pode, mas como também é uma hóspede ali, não pode fazer muita coisa.

LIVRO E MARCADOR
Os dias transcorrem com normalidade, na medida do possível em um lugar como aquele, até que um acontecimento deixa Grace fora de si. Ela tem um surto e é mandada, como castigo, para o porão. No escuro, Grace acaba por arranjar um inusitado amigo, o senhor Falsteed. Com um bom coração, Falsteed está disposto a ajudá-la a ter uma vida de verdade fora dali e para isso, ele aguarda a chegada do doutor Thornhollow, um homem que aplica um método para dar paz aos residentes do asilo, para então lhe pedir um favor. Falsteed tem um plano para que Grace consiga sair dali.

Levada pelo doutor para um novo asilo, em Ohio, onde tem uma vida muito diferente do asilo de Boston, Grace pode fingir que sua antiga vida nunca existiu. A partir da união de Grace e Thornhollow, a história se desenrola muito mais rápido. O doutor é um estudioso de psicologia criminal e seus serviços são prestados à polícia em seu tempo livre. E agora com Grace, ele pode utilizar a mente brilhante da garota para desvendar um assassino em série.

MARCADOR <3

NARRAÇÃO E EDIÇÃO FÍSICA

O acabamento do livro está muito bem feito e atrativo. A capa é o que mais chama atenção ao olhar para o livro. As folhas e as letras são confortáveis a vista, o único empecilho que temos é que devemos forçar um pouco as folhas para deixá-las mais abertas para a leitura. A narração é em terceira pessoa com a visão Grace Mae.

O LIVRO NO GERAL

Enquanto lia, eu tentava adivinhar os horrores que Grace viveu até chegar ao asilo. Ela estava sempre tão calada, apenas escutando as conversas ao redor. Apenas vivendo para um único propósito, depois disso o futuro parecia incerto ou talvez não incerto assim. Não vou dizer qual era o propósito, não é spoiler, mas prefiro deixar vocês descobrirem quando lerem.

Durante a leitura Uma Loucura Discreta me lembrei de um outro livro do qual vi resenha, o Garota Interrompida, que fala sobre jovens que são colocadas em um centro psiquiátrico por não seguirem as regras da sociedade. Uma prática bem comum para as famílias que querem esconder as ovelhas negras da família, tratando-as como descartáveis.

LIVRO MAIS LINDO!
Uma Loucura Discreta segue a mesma linha, mas o livro não foca nisso. O livro vai de centros psiquiátricos até assassinatos em série pelas redondezas de Ohio. Em relação a esses assassinatos, Grace e o doutor Thornhollow tentam entrar na mente dos criminosos e eu fiquei abismada com a mente brilhante deles quando juntos. Como por exemplo, a forma que eles conseguem destrinchar pequenos detalhes a partir de cheiros e da posição do corpo. A combinação dos dois foi um achado e tanto para a polícia, apesar de não haver muito reconhecimento dessa parte, para seus métodos nada convencionais de soluções.

O final foi uma surpresa para mim, não imaginava que a autora iria dar uma reviravolta no caso e seguir por um rumo diferente. O livro tem uma leitura fluida e rápida, quando vemos já passamos algumas páginas embarcados na leitura, mas não se engane, a história segue rumos obscuros.

Esse livro tem um tom brutal. Grace foi bastante maltratada e a autora não poupa o leitor dos acontecimentos que acontecem com ela ou com os outros ao seu redor. Os personagens secundários, principalmente as amigas que Grace arranja no novo asilo, são muito bem construídos e suas histórias também sombrias. Isso humaniza a história em pequenos aspectos e ficamos emocionados com a vida deles, mas ao mesmo tempo ficamos surpreendidos com a crueldade para com eles. A autora tenta nos sensibilizar e consegue com maestria. O livro realmente tem uma loucura discreta dentro dele, mas em alguns momentos não. Por vezes, era uma montanha russa de sensações.

MARCADOR LINDO!

segunda-feira, 6 de fevereiro de 2017

Livro "Um Novo Amanhã" - Nora Roberts

CAPA DE "UM NOVO AMANHÃ"

O ENREDO DO LIVRO

Os irmãos Montgomery e sua mãe Justine tomaram para si a obrigação de trazer à vida a pousada mais antiga da cidade de Boonsboro. Com os olhos clínicos dos quatro, a pousada vai ganhando vida e formando casais ao longo da trilogia, mas calma, estou colocando os carros na frente dos bois. Rsrs...

Um Novo Amanhã se inicia com Beckett Montgomery admirando a pousada que apesar de estar coberta por uma lona, ele sabe muito bem como o imóvel está e como ficará depois da reforma. Claro, pois ele é o arquiteto da obra e pretende deixar a pousada refletindo o passado e também o presente ao mesmo tempo. O velho e o novo se misturam para formar uma bela combinação. E a pousada serve como desculpa para Beckett se aproximar de Clare Brewster, sua paixão de infância e adolescência.

LIVRO "UM NOVO AMANHÃ"
Clare Brewster é uma mulher extremamente independente e bem sucedida. Viúva, com dois filhos pequenos e outro ainda barriga, ela se vê sozinha no mundo, onde nenhum parente estar por perto. Então ela decide voltar para sua cidade natal Boonsboro, para perto da família. Clare antes apenas mãe, se torna também uma mulher de negócios ao abrir a Livraria Virando a Página na cidade natal. Anos depois seu trabalho lhe trás todo o conforto para criar seus filhos. Mas parece que sua amiga Avery acredita que já está na hora de Clare encontrar alguém para dividir as alegrias da vida e dá um empurrãozinho quando Beckett se oferece para mostrar como a pousada está ficando para Clare.

Clare e Beckett eram velhos conhecidos da época de escola, mas nunca houve nada entre eles. Clare sempre teve olhos apenas para Clint, seu falecido marido. E depois de muito tempo, o destino resolve juntar esses dois corações solitários. Com um cenário mágico entre páginas de livros e quartos com nomes de casais apaixonados da literatura, Clare e Beckett vão conhecendo um ao outro e criando um laço muito bonito.

NARRAÇÃO E EDIÇÃO FÍSICA

A edição está bem caprichada com as folhas amareladas e letras na medida certa. O livro é narrado em terceira pessoa com foco em Beckett e Clare, apesar de haver um ou outro momento com a visão de outros personagens.

AUTORA NORA ROBERTS

O LIVRO NO GERAL

A relação deles não é forçada e vai ganhando força gradativamente ao longo da narrativa. Achei maravilhosa a inserção constante das crianças na história, isso cria um laço familiar entre o casal e os pequenos, afinal eles são partes importantes para que os dois possam se tornar um casal de verdade. Temos momentos bem divertidos de Beckett com eles e voltamos a ser criança nesses momentos.

“Eis mais uma coisa a respeito da Noite dos Homens. As mulheres voltam. Se sua mãe voltar para casa e vir o banheiro e a cozinha desse jeito, meus caros, estamos fritos. Então é melhor escondermos as provas do crime.” Página 124

Esse livro é meu primeiro contato com a escrita e obras da autora Nora Roberts. Existem muitos personagens no livro. Por vezes me perdi, mas com o tempo você vai se acostumando e se envolvendo na vida deles, pois em uma cidade pequena, como Boonsboro, todo mundo sabe da vida de todo mundo e não poderiam faltar algumas fofocas e pequenos momentos de divertimento. Rsrs...

LIVRO ""UM NOVO AMANHÃ"
Esse livro é uma ótima pedida para quem quer um livro bem leve e sem muitas emoções. Por isso tenho que confessar que apesar da leitura leve, depois de um tempo, eu estava torcendo para conseguir terminar logo. O livro estava um tanto chato e cansativo. Nada verdadeiramente empolgante acontecia. Os dias ou semanas se passavam sem grandes novidades para deixar o leitor com curiosidade para virar a próxima página. Eram tantas cenas falando sobre a construção da pousada que eu me pegava baixando os olhos de sono. Nem o maravilhoso Beckett Montgomery conseguia compensar tantos momentos de inércia na narrativa. Apenas no fim que temos um pequeno rebuliço, mas é só.

Infelizmente, Nora não me conquistou com esse livro. Talvez eu tenha pegue o livro errado para iniciar a leitura dos livros da autora, talvez eu tenha tido o azar de pegar um livro fraquinho dela. Espero mesmo que seja isso, pois ainda quero dar uma chance pararie Quarteto de Noivas. Comprei os livros em uma promoção e espero muito gostar!

Um Novo Amanhã faz parte da trilogia A Pousada, lançados pela linda Editora Arqueiro. A trilogia já está completa e disponível para os leitores brasileiros. Vem O Eterno Namorado e depois O Par Perfeito. O livro que mais espero é o terceiro, pois trás dois personagens que prometem muitos conflitos. Quero ver esses dois cederem à paixão! Rsrs...

CAPA DOS OUTROS DOIS VOLUMES DA TRILOGIA

sexta-feira, 3 de fevereiro de 2017

Livro "Divina Vingança" - Robin LaFevers

CAPA DE "DIVINA VINGANÇA"
A história de Divina Vingança está entrelaçada ao livro anterior, Perdão Mortal (Resenha aqui). O livro Divina Vingança começa no momento em que Sybella ajuda Ismae a fugir da emboscada do conde D’Albret e assim salvando a duquesa Anne.

O ENREDO DO LIVRO

Sybella D’Albret, uma das belas assassinas do convento de Saint Mortain,  está em uma missão extremamente arriscada e perigosa. Ela é mandada pela abadessa Etienne De Froissard de volta para seu pai o conde D’Albret. A missão de Sybella é descobrir os planos e armações dele contra a duquesa Anne, e eliminar qualquer um que tenha a marca da morte, marca essa que apenas as filhas de Saint Mortain conseguem ver para cumprir a vontade desse através do convento.

Sybella está em Nantes com toda a comitiva de D’Albret e daqueles que se entregaram por sua vontade. D’Albret é um homem frio e cruel que não mede esforços para conquistar tudo e todos a seu bem querer. E ele quer ter o poder de dominar a Bretanha casando nem que seja a força com a duquesa Anne.

LIVRO "DIVINA VINGANÇA"
Desde que voltou para perto do pai, Sybella é constantemente vigiada e ela terá que ser muito cuidadosa de como deve agir para o bem da Bretanha. E sua paciência está se esgotando, pois a abadessa lhe ofereceu a chance de matar pessoalmente D’Albret quando a enviou para perto dele, porém ele não tem a marca da morte. Como um homem tão cruel não pode ser marcado pela morte? E se ela o matar mesmo assim, sua alma estará condenada para sempre?

Entre tantas dúvidas, Sybella recebe uma mensagem do convento contendo uma nova missão: ela deve libertar a Fera de Waroch, um dos guerreiros mais fortes e temidos na Bretanha. Ele está preso e sofrerá uma morte terrível e cruel nas mãos de D’Albret. E a partir dessa nova missão, a vida de Sybella muda completamente.

NARRAÇÃO E EDIÇÃO FÍSICA

Adoro essa edição linda da série O Clã das Freiras Assassinas!  Tirando a capa aveludada eu fico encanta pelas capas que transmitem bem a história. Como em Perdão Mortal, o livro Divina Vingança segue com fatos verossímeis e fictícios entrelaçados para enriquecer história, datados no ano de 1489 na Bretanha. Dessa vez a narração fica por conta da assassina Sybella.

MARCADOR LINDO

O LIVRO NO GERAL

Divina Vingança é tão bom quanto Perdão Mortal! Gostei bastante da protagonista Sybella e por sua sede por vingança. Ela sabe muito bem utilizar seus dotes femininos para encantar e agir a favor de sua causa.

Sybella é uma personagem tão forte e ao mesmo tempo tão frágil. Sua vida não foi fácil e ela sempre teve que se proteger para conseguir sobreviver à péssima vida que levava na casa do conde D’Albret. Foi a partir de tanto sofrimento que Sybella acabou indo parar no convento quando tinha apenas catorze anos. Aprendeu todas as artes para poder servir a Mortain e descobriu que na verdade a morte era seu verdadeiro pai.

Senti-me muito tocada pela história de Sybella. Não é a toa que ela reluta tanto em se aproximar de alguém, de verdade. Ela já foi muito ferida para se deixar apaixonar, no entanto, o destino tem outros planos para ela. Adorei o humor ácido dela e como a Fera o contornava habilmente. Os dois foram feitos um para o outro! Esses dois personagens são extremamente cativantes e focados em seus objetivos. Não tinha como não me apaixonar por eles.

“Era como se eu houvesse engolido um pedaço minúsculo do sol, seu calor e sua luz tocando cada canto de minha alma e expulsando as sombras. Eu me entreguei àquele beijo, entreguei à força e à coragem e à bondade extrema daquele homem.”  Página 323


LIVRO "DIVINA VINGANÇA"
Assim como Perdão Mortal, esse Divina Vingança é pura ação e tensão, além de ter uma boa dose de romance. Sybella é uma personagem totalmente diferente de Ismae. Enquanto Ismae fugia dos homens e abraçava o perigo para proteger quem amava. Sybella usava seus atrativos femininos contra eles e atuava como a justiça da Morte. No próximo livro vem Annith e estou louca para saber como ela será e se conseguirá fugir do destino que nunca quis.

CAPAS DOS TRÊS LIVROS DA SÉRIE
 
Design exclusivo | Cópia proibida © 2016