Louca sua miga

sábado, 19 de novembro de 2016

Livro "Azeitona" - Bruno Miranda - Resenha

LIVRO AZEITONA

o ENREDO DO LIVRO

Imagine estar em uma sala de espera de um consultório médico, cheia de grávidas quando de repente uma produtora lhe convida para participar de seu reality show sobre pais adolescentes? Louco, né? Hahaha... 

Enquanto espera a irmã Iris sair de sua consulta, Ian é abordado por Catarina, produtora de um dos maiores reality’s show do Brasil: o Novos Pais. Ela acaba confundindo a presença de Ian ali como decorrência dele estar esperando a namorada grávida sair da consulta.

Depois passar boa parte da vida sendo criado pela irmã, tudo que Ian quer é retribuir o favor. Agora que a irmã vai ser mãe, ele quer dar o melhor para ela e o bebê. Então decide aceitar participar do programa. Agora só falta arranjar a mãe do seu bebê falso e a primeira pessoa que vem a sua cabeça é Emília, uma garota de sua turma de terceiro ano do colégio a quem se dirigiu, no máximo, cinco palavras durante o ano letivo.

Como convencer Emília a participar dessa farsa? No entanto, apesar de se assustar com a proposta inusitada, ela tem seus próprios motivos secretos para querer o dinheiro que iria receber como cachê. Pronto, a confusão está armada. Será que essa ideia vai dar certo?

CONTRA CAPA

NARRAÇÃO E EDIÇÃO FÍSICA

A narração segue em terceira pessoa, com vários pontos de vistas diferentes, mas com o foco maior em Ian e Emília, nossos protagonistas. O enredo é bem leve e sem grande complexidade. A edição está muito bem trabalhada. A fonte está perfeita para a leitura e as folhas amareladas agradáveis aos olhos. Encontrei um ou outro erro de diagramação, mas nada alarmante. Tanto a capa quanto o interior da capa estão muito lindos! O Selo Outro Planeta fez um ótimo trabalho com esse livro. :D

o LIVRO NO GERAL

Em  vários momentos, a história trás algumas mensagens bacanas sobre ser adolescente, sobre a vida, sobre o amor, sobre a verdadeira felicidade. Essas coisas foram o que me cativaram no livro junto com as frases de efeito que foram muito bem inseridas. Porem, temos vários pontos negativos.

“Enquanto você tentar se completar com qualquer coisa que não seja o amor de verdade, você só vai se inflar como um balão de festa; quanto mais cheio, mais frágil.” Página 107

Os protagonistas Ian e Emília tentam contar muito com a sorte. Não há planejamento em nada do que fazem e os momentos em que eles não são pegos mentindo, a cena acaba sendo forçada. Tem tanta coisa que era para ter dado errado há tempos, mas nada aconteceu e isso me deixou frustrada.

Como o autor quis abordar por vários caminhos, os personagens ficaram rasos. Ian e Emília não foram protagonistas cativantes. Até Iris, a irmã de Ian, que tinha tudo para ser uma personagem bem bacana, não teve profundidade em sua personalidade. Quem mais me cativou foi Lisa com sua história de vida e bondade. Ainda assim, foi dito muito pouco sobre a história dela no livro. Posso dizer sem sombra de dúvida que Bruno Miranda sabe escrever, mas falta um pouco de foco sobre qual assunto se ater.

LOMBADA DE AZEITONA

O autor quis abordar tantas temáticas que acabou não se aprofundando em nenhuma delas. Por fim, a história ficou rasa e em certos momentos arrastada. Não tiro o mérito do autor em expandir os horizontes dessa história, mas para um livro tão curto, uma só temática já estaria de bom tamanho.

0 COMENTÁRIOS:

Postar um comentário

Olá, escreva o quanto e o que você puder...

 
Design exclusivo | Cópia proibida © 2016