Louca sua miga

sábado, 29 de outubro de 2016

Livro "O Feiticeiro de Terramar" - Ursula K. Le Guin - Resenha

LIVRO E PÔSTER

Ursula K. Le Guin
é uma autora norte-americana bem famosa e já ganhou vários prêmios literários por seus romances, contos e poesias. Além desses tipos de literatura, Ursula também escreve na área de ficção-científica, um gênero que curto muito. Como eu estava curiosa para ler algo dela, o livro O Feiticeiro de Terramar, apesar de ser fantasia, veio para matar minha curiosidade.

ENREDO DO LIVRO

Duny foi seu primeiro nome, um nome dado pela mãe antes que ela morresse. Por ter sido criado pelo pai, Duny não teve muita atenção e acabou se tornando um rapaz selvagem e teimoso. Ele se interessava mais em passear pela ilha do que ajudar o pai na forja. Mas a vida de Duny estava prestes a mudar.

LIVRO "O FEITICEIRO DE TERRAMAR"
Aos 7 anos, enquanto pastoreava as cabras, Duny soltou uma rima que já tinha ouvido a tia dizer quando queria chamar as cabras. Essa rima na verdade era um feitiço e quando a tia descobriu que o menino conseguiu usá-las, logo percebe o dom que ele tinha. Ela passou anos lhe ensinando algumas palavras que poderiam lhe dar pequenos poderes. Muitas vezes Duny utilizava os poderes para chamar aves de rapina e por isso acabou ficando conhecido por Gavião, o que viraria seu codinome anos depois.

Quando Duny utiliza seu poder para enganar o inimigo que ameaça sua aldeia, ele acaba chamando atenção de Ogion, o mago da ilha, e se torna seu aprendiz quando completa 13 anos recebendo assim seu verdadeiro nome: Ged. Mas ser aprendiz do mago não é o destino de Ged. Enviado para a escola de magos na ilha de Roke pelo próprio Ogion, Ged vai aprender que seu orgulho e gênio forte vão apenas lhe fazer mal. Deslumbrado pelo poder e orgulho, ele acaba soltando um mal no mundo: uma sombra sem nome. Agora ele deve desfazer o que fez antes que esse mal tome todo o seu poder e faça algo ruim.

CAPA LINDA

NARRAÇÃO E EDIÇÃO FÍSICA

A narração é feita em terceira pessoa, mas com o foco na jornada de Ged. Ainda assim o narrador é bem impessoal e nos situa mais nas paisagens do que nos sentimentos dos personagens. A edição está um capricho só. O livro veio com um mapa de Terramar e com a ilustração maravilhosa da capa e contra capa do livro.

O LIVRO NO GERAL

O livro é bem curtinho e rapidamente você consegue terminá-lo, é apenas sentar e ler. Infelizmente, eu não consegui terminar a leitura rapidamente. Ursula tem uma ótima escrita, mas seu protagonista deu muitas voltas por Terramar deixando assim o livro como um passeio pelo mapa e sem uma construção significativa do personagem. A busca de Ged pela sombra tomou uma proporção muito grande do livro e não chegou a ficar uma leitura interessante. Acabei enrolando para terminar o livro e o final acabou sendo um anti-climax para mim.

A leitura não foi de toda tediosa. Existem elementos interessantes também. Um deles é que em Terramar, as crianças não são nomeadas quando nascem, recebem apenas um ‘apelido’, Aos 13 anos os garotos recebem seu verdadeiro nome e tornam-se homens aos olhos de todos. Seu verdadeiro nome não pode ser dito levianamente, apenas pessoas de confiança o sabem. Saber o nome de alguém ou de qualquer ser acaba lhe concedendo poder sobre ele, pois em um mundo de feitiçaria e magia tudo pode acontecer.

LIVRO E DRAGÃO!
O Feiticeiro de Terramar é o primeiro da série do ciclo Terramar, que se constitui de quatro livros no total. Apesar do que foi colocado aqui, não posso afirmar que não continuarei a série, pois estou curiosa para ler sobre as outras aventuras de Ged no universo de Terramar.

13 COMENTÁRIOS:

  1. Sabe se essa série é antiga? Enfim, eu tenho a impressão de conhecer o livro e a história...Pq se for primeira edição ele é cópia meio descarada (pelo que eu vi na sua resenha) de um outro livro que eu li, pq eu me recordo de ler algo bem igual/parecido com isso já hahaha Enfim, é meu genero favorito, mas minha memoria ruim não me permite lembrar se já li. Se não, pode ter certeza que está na lista haaha

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Fernanda!
      É antiga sim. O livro foi escrito em 1968. :D
      Beijão!

      Excluir
  2. Eu já li outro livro da Ursula, só não me lembro no momento o nome da obra, mas tenho certeza que você iria gostar bastante da leitura. Eu estou me desapegando a séries, me deixa bem cansado e eu não consigo mais aproveitar tando a experiência, mas gostei bastante da história de Ged (que quando você falou Duny, eu pensei que fosse uma menina hahaha) e já li outras resenhas, e vi que o pessoal gostou bastante da obra, principalmente por envolver magia... Pena que eu não sou tão fã assim. Mas aparenta ter uma boa ação, o que é bem legal.

    ResponderExcluir
  3. Oi, tudo bem!
    Eu não sei se leria um livro assim, pois seeempre caio no tédio em livros que viajam muitos, por muitos cenários, nos apresentam muitos personagens mas sem aprofundamento em nada. A capa é linda, e a história parece ser bacana, mas não tenho muita paciência, rs.

    ResponderExcluir
  4. Olá
    Eu vi a empolgação de centenas de pessoas ao ver que a Arqueiro iria lançar esse livro, e eu que não conhecia essa escritora fiquei me perguntando pq tanto ribuliço rsrs. Enfim, acabei solicitando o livro com a editora mas que leu foi meu companheiro de blog e ficou bem maravilhado mas também não gostou por completo. Quem sabe logo logo eu não leia a obra! Até mais ver
    Bjs

    ResponderExcluir
  5. Olá!! :)

    Eu não conhecia este livro mas ainda bem que gostaste! :) Adoro fantasia e lembro-me de ter ouvido que muitos autores famoso tiveram influencia dessa!

    Bem, acho ótimo que não seja entediante, e que tenha toda essa curiosidade dos nomes dos jovens serem dados aos 13 anos! E que a leitura seja curta! :)

    Boas leituras!! ;)
    no-conforto-dos-livros.webnode.com

    ResponderExcluir
  6. Oie amore,
    Desde que vi a capa desse livro foi amor a primeira vista... tenho visto bastante comentários positivos sobre o livro, então é obvio que vai pra minha lista de desejos.
    Excelente sua resenha e as fotos. Parabéns!
    Beijokas!
    www.facesdeumacapa.com.br

    ResponderExcluir
  7. Oi Cris,
    Adorando que a Arqueiro está apostando no gênero, mas esse não me chamou a atenção. O livro já tem anos de lançamento e se não me engano é uma referencia, mas acho que por esta mais acostumadas as fantasias mais atuais fico com um certo receio de ler e não curtir.
    Com certeza é um livro que coloco na lista de futuras leituras, mas sem pressa de ler. rsrsrsrs
    E como você devo demorar de concluir por causa dessas voltas do protagonista.

    Bjs,
    Garotas de Papel

    ResponderExcluir
  8. Oi, tudo bem?
    Já conhecia o livro e sei que essa autora é super elogiada. Mas o gênero não me atrai muito, por isso nunca fui a fundo sobre a história.
    Uma pena que, mesmo curto, você tenha notado uma enrolaçãozinha, acho que isso me incomodaria também.
    Espero que os próximos volumes consigam te conquistar mais, beijos!



    ourbravenewblog.weebly.com
    Participe do nosso TOP COMENTARISTA valendo um livro JANTAR SECRETO, do autor Raphael Montes :)

    ResponderExcluir
  9. Oi!
    Ainda não li nada da autora, mas fiquei muito curiosa depois de ler sua resenha, mesmo com o clímax ter sido um tanto quanto desmotivante. Apesar de o livro viajar muito, eu curto histórias do gênero, na maioria das vezes. Portanto, acho que o fato de você ter comentado que algumas coisas não foram tão boas quanto o esperado, me deixou ainda mais com vontade de ler, pois sempre gosto de tirar minhas próprias conclusões.

    Suas fotos ficaram belíssimas, amei!

    Beijos

    ResponderExcluir
  10. Oi! Olha antes mesmo de terminar de ler a resenha quando eu vi que era em terceira pessoa eu já sabia que o livro não era para mim! Além de não ter me interessado muito pelo que eu vi na história, o fato dele ser fraco a ponto de por orgulho e se achar trazer um mal bem grande me desagradou, sem falar que você disse que ainda tem vários elementos e a obra as vezes se torna entendiante. Acho que definitivamente ela não é para mim, vou deixar passar. Mas obrigada pela sinceridade!
    Um beijo
    www.brookebells.com

    ResponderExcluir
  11. Concordo quando você diz que a autora escreve bem, mas que o desenvolvimento do personagem foi falho. Isso realmente atrapalha a leitura, inclusive foi o motivo de eu também não ter lido mais rápido. Fora que acho que li na hora errada, não aproveitei tanto.

    ResponderExcluir
  12. Olá tudo bem??

    Esse tipo de história não é muito meu estilo, ainda mais quando diz que a autora fica rodeando na história, acredito que ficaria muito entediada. Adorei sua resenha e sua sinceridade.
    Bjus Rafa

    ResponderExcluir

Olá, escreva o quanto e o que você puder...

 
Design exclusivo | Cópia proibida © 2016