Louca sua miga

quarta-feira, 24 de agosto de 2016

Livro Apenas um Garoto - Resenha

livro apenas um garoto capa e contracapa

O livro Apenas um Garoto é um Young Adult escrito por Bill Konigsberg e publicado pela Editora Arqueiro em 2016. A obra possui 256 páginas e em um total de cinco estrelas, eu a pontuaria com três. No post de hoje, você conhece um pouco mais sobre o livro e sobre a minha experiência de leitura. Bora lá?

 

Resenha do Livro Apenas um Garoto

Enredo do Livro

O livro Apenas um Garoto conta a estória de Raffe, um menino homossexual que não quer se enquadrar em estereótipos. Para você, leitor, entender melhor, vou contar um pouquinho mais. Quando Rafe Goldberg saiu do armário aos 13 anos não houve alarde. Sua família sempre teve o estilo alternativo e não foi problema contar-lhes. Até mesmo na escola, a revelação não foi algo assustador para Rafe. As pessoas o aceitavam de maneira natural, mas ainda assim, algumas coisas ainda o incomodavam. Rafe estava cansado dos rótulos. Nosso protagonista não queria ser simplesmente o garoto gay. Ele queria que as pessoas pudessem enxerga-lo de verdade, sem precisar necessariamente, ser o porta-voz de uma causa LGBT.
 
livro apenas um garoto capa

Por isso, Rafe decide começar de novo em uma escola apenas para garotos e assim poder experimentar uma visão sem rótulos. Ele acaba se aproximando dos atletas e jogando com eles. Sendo aceito como nunca seria em sua escola, sendo visto como o atleta gay, já que em sua antiga escola, ele receberia tratamento diferente ao tomar banho no vestiário masculino. Porém, esconder uma parte importante de si mesmo, acaba trazendo problemas quando ele se aproxima de Ben, um heterossexual. Os dois formam uma bela amizade, mas Rafe acaba se apaixonando por ele. Como viver uma relação com tantas mentiras ao redor?

 

Narração

A estória do livro Apenas um Garoto é narrada através da visão em primeira pessoa de Rafe e em alguns capítulos temos seu ‘diário’ de escrita para a aula do Sr. Scarborough. Esse diário nos dá uma visão mais detalhada dos pensamentos e sentimentos do protagonista. Nos capítulos do diário, sabemos mais sobre os sentimentos de Raffe do que nos demais.

 

Edição Física

O livro Apenas Um Garoto está com uma edição divina! A diagramação e o miolo estão adoráveis. Não pude deixar de me apaixonar pela capa e a lombada. Além disso, a atenção que Editora Arqueiro deu a esse livro e seus detalhes foi admirável.

livro apenas um garoto editora arqueiro

 

Pontos Negativos

Apesar de ser uma leitura agradável, o livro tem cenas desconexas. Por exemplo: Rafe que tinha uma empolgação enorme com os atletas e de repente essa empolgação some. A partir disso só temos Ben como destaque. Entendo que desenrolou uma situação em que o afastamento era inevitável, mas é como se os atletas tivessem sumido do enredo. Não existiu algo gradual e isso me incomodou.
Outro ponto negativo foi as atitudes do protagonista. Rafe acabou sendo um personagem egoísta no começo da estória. No entanto, felizmente, o garoto cresce durante sua estadia na escola Natick. Nas últimas páginas, Rafe aprende a lição. Por isso, a maneira como o autor concluiu as lições de Rafe me agradaram. O autor, Bill Konigsberg, nos dá um final real à relação de Ben e Rafe.

 

O livro no geral

Esse é o segundo livro que eu leio que tem como protagonista um garoto homossexual. Posso dizer que o estilo está me conquistando, apesar de que esses dois livros lidos por mim, ainda não me agradaram como um todo. Ainda quero ler mais sobre esse mundo, sobre esses personagens que inevitavelmente acabam sofrendo bastante durante sua autoaceitação.
Além da história, ainda temos dados reais. O autor soube muito inserir isso sem necessariamente parecer tedioso e mais de modo informativo. Recomendo a leitura para aqueles que têm curiosidade sobre o assunto e principalmente para aqueles que estão com medo de se revelar. Essa leitura pode ajudar.;)

livro apenas um garoto fotografia

Conheça outros livros como este clicando aqui! E não deixe de se inscrever na lista V.I.P. (na lateral direita do blog) para receber dicas por e-mail! Ah, claro, e seguir a fanpage do LaGarota, o canal e o Instagram!

13 COMENTÁRIOS:

  1. Oi, tudo bem?
    Eu nunca li nenhum livro com um personagem principal que fosse homosexual! Achei bem bacana a premissa e ameeei a capa e os marcadores, são lindos! Amo a editora, sempre com um capricho gigante em suas edições!

    ResponderExcluir
  2. Oie! Tudo bem?

    Eu nem notei essa parte que você citou do sumiço dos atletas, para mim foi algo normal e gradual que não me incomodei com o sumiço deles, de resto minha opinião é igual a sua, amei demais esse livro tanto é que ele se tornou um dos meus favoritos! Espero por novas leituras desse estilo, tão boas quanto desse livro!

    Bjss

    ResponderExcluir
  3. Olá
    Eu ainda não tive nenhuma oportunidade de ler nenhum livros com temáticas LGBT's e confesso que quero muito mudar isso em breve. Eu ia ler esse livro mas acabou ficando para um colaborador. Enfim, adorei ler as suas opiniões sobre a obra e espero ler ele em breve até mais ver
    Bjks

    ResponderExcluir
  4. Oii, tudo bem? Gostei muito da sua resenha! Eu adoro livros com temática lgbt e esse me chama bastante atenção, justamente por ter um protagonista tão diferente que não quer ser rotulado em um ambiente tão diferente dos outros livros do tema, onde os personagens sofrem com a homofobia e falta de apoio dos pais. Espero poder ler em breve.
    Beijos

    ResponderExcluir
  5. Hm, eu acho que já havia lido algo sobre esse livro, mas não me lembro ao certo.
    Amo a capa e amei ver os detalhes a mais. A história é interessante, acho bacana o autor querer tirar um pouco a importância da sexualidade, por assim dizer. Rótulos desse tipo não deveriam ser tão importantes... Mas fiquei curiosa, o personagem se esconde no novo colégio? Achei isso um pouco estranho...



    ourbravenewblog.weebly.com
    Participe do nosso TOP COMENTARISTA valendo um livro JANTAR SECRETO, do autor Raphael Montes :)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Carolina!
      De certa forma, ele se esconde sim. Está fugindo dos rótulos e não diz ser gay para ninguém na nova escola, mas também não diz ser hétero. Porém, a gente sabe que todos sempre vão achar que você é hétoro se você não disser o contrário. Esse é o 'q' da questão do livro.
      Beijão!

      Excluir
  6. Olá tudo bem?
    Já conhecia o título e vivo numa relação de amor e ódio com o livro. Uma resenha o admira, a outra o condena. Talvez por esse tema tão polêmico, um garoto gay que já foi aceito voltar atrás e esconder sua sexualidade.
    Por isso, acho que vou tentar ler o livro mais pra frente. Preciso ter um posicionamento, já que cada resenha tem um ponto de vista diferente.
    A editora realmente caprichou e eu acho a capa uma lindeza.
    Gostei bastante de conferir suas impressões.
    Bjs, Mila

    http://esquadrao-literario.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  7. Eu gostei bastante desse livro, acho que mostrou bem como é se aceitar e fazer os outros te aceitarem. Rafe tem, sim, atitudes egoístas, mas não dá para julgá-lo por querer ser alguém normal, sem todos aqueles estereótipos e olhares desconfiados. Eu entendi suas atitudes. Achei uma obra linda, e deu até vontade de reler.
    beijos
    www.apenasumvicio.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Dessa!
      Pois é. Ter as pessoas apontando e olhando deve ser tenso. Você acaba não agindo como você deseja. Espero ler mais livros asssim!
      Beijão!

      Excluir
  8. Oiee Cris!!
    Não conhecia esse livro, mas achei o enredo bem interessante.
    Afinal, por que insistimos em estereotipar as pessoas??
    No caso, me identifiquei bastante com a parte daquelas amizades que acabam virando algo a mais para um dos lados, o que pode acontecer com qualquer um né?
    Pelo que pude perceber, o tema da homossexualidade do protagonista é tratado de forma a fazer o leitor entender que ele não é tão diferente assim, já que vive e experiencia as mesmas situações e sensações que os heterossexuais...
    Uma pena os probleminhas que você encontrou, mas espero que apesar disso, a leitura tenha te agradado em geral.
    Um beijo!!

    www.asmeninasqueleemlivros.com

    ResponderExcluir
  9. Oiii!!!
    Eu já havia lido sobre esse livro. Atualmente, é muito difícil não ser rotulado de algo. Por mais que você não queira, parece que as pessoas precisam fazer isso para saberem como te tratar, ou até mesmo saber o que pode falar com você ou não. No caso do Raffe, não acho que ele deveria mentir, ou ocultar sua opção sexual, só por ter medo de ser rotulado. Mas, cada um faz uma escolha, não é mesmo? Gosto de livros LGBT também, vou incluir este na minha lista também, para ler mais para frente.
    Beijos

    ResponderExcluir
  10. Ola!!
    Eu não tenho muito o costume de ler livros nessa temática, claro que já li alguns, mas sabe como é, né?
    Gostei do tema proposto pelo livro e da edição através das suas fotos... dica mais do que anotada

    beijos
    Livros & Tal

    ResponderExcluir
  11. Oie
    eu li o livro também e apesar dos pontos negativos eu gostei bastante do livro, retrata um tema legal de forma bem leve e simples, valeu a pena, parabéns pela resenha

    beijos
    http://realityofbooks.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir

Olá, escreva o quanto e o que você puder...

 
Design exclusivo | Cópia proibida © 2016