Louca sua miga

quarta-feira, 25 de maio de 2016

QUER DICAS DE INGLÊS GRÁTIS PELO WHATSAPP? FALE COM A EMILY!


As ruas do Rio de Janeiro foram invadidas por uma campanha que quer atiçar a curiosidade dos cariocas: afinal, quem é a Emily? Essa garota simpática e antenada já está com o rosto estampado em vários pontos da cidade!



 A Emily está interagindo com o público no WhatsApp, dando dicas de como aprender Inglês de uma maneira mais rápida e divertida. Além disso, em seu site, é possível fazer o download de ebooks exclusivos pra quem quer aprender ou praticar a língua.


 Tá afim de fazer um mochilão e não sabe por onde começar? Quer estudar Inglês mas não tem paciência pra ficar só no verbo to be? Manda uma mensagem pra (21) 9 8000-3508 ou então acessa o dicasparaaprenderingles.com.br que a Emily vai te dar super dicas ;)!

#Partiu?

sábado, 14 de maio de 2016

O Livro "Probido" é bom? [Resenha]

Livro Proibido
Resenha do Livro "Proibido" da Tabitha Suzuma

Proibido
O livro "Proibido" será a obra da qual vamos falar na resenha de hoje. Vamos lá? Será que o livro é bom?

Introdução do livro "Proibido"

O livro "Proibido" foi escrito pela autora Tabitha Suzuma e publicado no Brasil pela editora Valentina. A obra é considerada um drama, narra sentimentos profundos e denuncia problemas familiares. O livro físico possui 304 páginas de muita emoção e carga emocional profunda. 



"Proibido" e seu enredo

Uma gravidez indesejada inicia uma família da forma mais complicada possível. Após ter quatro filhos, uma mulher é abandonada pelo marido e tenta aproveitar todo o tempo perdido, abandonando seus filhos e curtindo a vida como se fosse uma adolescente.


A partir deste abandono, os irmãos mais velhos, Lochan e Maya, são sobrecarregados com responsabilidade de mãe, pai, irmãos, amigos e toda a complicação da adolescência. Em "Proibido" vemos o abandono de quem não tinha que abandonar e uma luta de quem não tinha que lutar.

Maya e Lochan, com o abandono, tornam-se pai e mãe, praticamente. Para encobrir a irresponsabilidade de sua mãe, como bebida exagerada e abandono de menores indefesos, e não deixar os irmãos serem separados pelo Serviço Social, eles fazem de tudo. E estão dispostos a chegar ao limite. Até ser pai e mãe dos seus irmãos mais novos.

Porém, eles começam a se enxergar como tal, e não como irmãos. E um amor proibido se infiltra em suas estranhas. Maya poderia amar seu próprio irmão como homem? Ele era como homem dentro de casa e agia como um marido para ela, e ela como esposa para ele.  Como mãe para os irmãos mais novos. Mas isso é certo? Esse amor faz a família ficar unida, porém, é bem visto pela sociedade? Será que o amor sempre vence no fim das contas? Todo amor é puro?

O Livro Proibido é bom? Tabitha Suzuma
Eu chorei litros com o livro "Proibido"


Admito que nas primeiras páginas foi difícil digerir a estória. Um nó no meu estomâgo sempre se remexia quando eu lia sobre o amor dos dois irmãos. Ainda mais nas partes que detalhavam algum contato físico. Porém, quando você mergulha no contexto, sofre com as personagens e se revolta com o abandono total dos pais, você perdoa. E luta por eles.

O único ponto negativo que encontrei no enredo foram os machucados a adversidades que aconteciam com os irmãos. Eu entendo que a autora tinha que inserir fatos como "cair da escada" ou "se machucar com uma faca", por exemplo, para demonstrar o quanto a mãe era ausente. No entanto, ela repetiu tanto esses fatos que, ao meu ver, ficou um pouco forçado.

Nas páginas da obra de Tabitha Suzuma nós entendemos que uma coisa completamente errada pode ser a certa para manter uma família unida e feliz.

Admito que eu chorei muito. Demais mesmo. Vocês podem conferir no vídeo Leia Comigo abaixo:


"Proibido" e sua narração

A narração do livro é intercalada entre Lochan e Maya, o que nos dá uma visão quase 360º da estória, e é profunda, cheia de dor e com palavras que nos cortam o coração.

Acredito que o jeito de narrar de Tabitha foi um dos pontos chaves para entendermos e sermos empáticos ao casal. Porque foi através dela, da repetição de Lochan enxergar Maya como mulher e mãe, e não como irmã, e vice-versa, que Suzuma me convenceu e me fez enxergar dessa forma também.

Uma coisa que eu não posso deixar de citar é que durante muitos momentos questionei se a autora não passou por algo parecido em sua vida real. Isso porque a narração foi tão rica em fatos e sentimentos que pareceu real.

"Proibido" e seus personagens

Lochan é um garoto com transtornos psicológicos, muito provavelmente desenvolvidos pela excessiva pressão e responsabilidade. Muitas vezes, vemos Lochan ter atitudes extremas e perder a cabeça por não estar mais suportando toda a situação. E eu quase gritava enquanto lia com medo e com revolta no coração de ler toda essa situação.

Ao meu ver, Lochan é uma das personagens-chave do livro. Ele é forte, está disposto a sacrificar tudo, inclusive sua adolescência, para manter seus irmãos juntos, felizes e unidos.

Por ser mais velho, pela mãe aguardar ansiosamente sua maior idade e por isso ser o ponto chave para a mãe abandonar de vez a família, por ser ele quem tem pulso firme para bater de frente com Tiffin, o terceiro filho adolescente, com 13 anos, e com a mãe, para força-la a dar ao menos o básico a família, acredito que Lochan faz a estória ser ainda mais angustiante e reveladora.

Apesar de Maya também ser protagonista, ela fica em segundo plano, apenas auxiliando Lochan.

O livro físico de "Proibido"

A capa é de uma simplicidade e de uma relação com o enredo esplêndido. A revisão e parte interna estão impecáveis. A revisão está muito bem-feita e a qualidade de impressão também.

O livro "Proibido" é bom? 

Proibido” foi um livro que me fez chorar muito. Me fez remoer sentimentos. Muitas leitoras focaram na quebra-de-tabu da obra. É claro que esse ponto é um tópico completamente importante. Mas eu acredito que o abandono é mais ainda. Foi isso o que mais me revoltou. Me fez chorar. Me fez gritar.

A obra de Suzuma está longe de ser uma leitura fácil. Ele tem uma carga emocional forte, mesmo que nas primeiras páginas mantenha um ritmo linear de emoção. Além disso, é imprescindível que a pessoa tenha mente aberta e esteja disposta a chorar e mergulhar em uma estória que pode muito bem estar acontecendo com seus vizinhos agora mesmo.

Eu recomendo principalmente para pais e mães. Ou pessoas que querem ser pais e mães algum dia. E para leitores que gostem de chorar e mergulhar em estórias que quebram os corações mais duros.

O Livro Proibido é bom? Tabitha Suzuma
Euzinha e meu exemplar da Tabitha Suzuma

O Livro Proibido é bom? Tabitha Suzuma
Livro "Proibido" da Tabitha Suzuma e Editora Valentina

O Livro Proibido é bom? Tabitha Suzuma
Proibido da Tabitha Suzuma

Você está disposta a mergulhar neste mar de emoções?

terça-feira, 10 de maio de 2016

Leia Comigo: "Proibido" de Tabitha Suzuma

Eu sempre quis fazer um Diário de Leitura, porém, sempre questionei se era viável. Afinal, eu leio muito em locais inimagináveis (tipo no banheiro e no ônibus, rs). Mas, a minha vontade foi tão grande que eu resolvi colocar em prática essa ideia. Não gente! Vocês não vão ver eu lendo no banheiro nos vídeos. Mas vão ver, com certeza, no ônibus e em outros mil locais. Apesar de neste vídeo não ter, nos próximos com certeza terão.

Leia Comigo: Livro Proibido de Tabitha Suzuma
Leia Comigo: Livro Proibido de Tabitha Suzuma


Este vídeo era para sair amanhã mas eu sou ansiosa demais e estou doida para saber se vocês gostarão da série ou não. Então, resolvi liberar hoje! A série "Leia Comigo" será como um Diário de Leitura. A qualidade técnica vai ser inferior aos demais vídeos do canal LaGarota, porque vou gravar do celular e não da minha câmera, mas o foco é mostrar a minha rotina de leitura, as minhas reações, revoltas, choros, sorrisos e tudo o que eu sentir no decorrer dos livros, e o celular é um bom recurso para momentos inusitáveis e espontâneos de leitura, além de ser prático no dia-a-dia. Acredito que dessa forma eu vou conseguir transmitir para vocês o que eu realmente absorvi das obras, além das costumeiras resenhas.

Mas, não pensem que as resenhas vão cessar! Nops! As resenhas vão continuar. Então, a cada nova leitura, teremos uma Resenha e um Leia Comigo! Na Resenha eu vou comentar sobre tópicos específicos, analisar com critérios e indicar ou não a obra. No Leia Comigo eu vou gritar, sorrir, chorar, ler quotes e interpretar as páginas.

Ah! Só para deixar claro, eu preciso saber o que vocês acharam do projeto, preciso de dicas e entender se vocês querem mais! Então, usem e abusem das caixas de comentários do blog, do canal, da fanpage, do Instagram e de todas as redes sociais do blog para deixar suas opiniões! Inclusive dicas construtivas! Só mais uma coisinha: meu snap é bloglagarota! Pesquisa lá!

Agora vamos assistir?



segunda-feira, 9 de maio de 2016

[Desafio] 1 Palavra, 1 Música (Com Nandinha Paschoal)

Eu fui completamente intimada pela minha irmãzinha de 9 aninhos (vocês provavelmente já conhecem ela porque ela já gravou alguns vídeos comigo, inclusive o vídeo Livros para Crianças e Livros Sobre Mentiras), a gravar a tag 1 palavra, 1 música.

Tag 1 Palavra 1 Música
Tag 1 Palavra 1 Música

Acho que ela assistiu a um vídeo de alguma menininha fazendo esse desafio e cismou que eu tinha que gravar um com ela para o meu canal e para o blog dela (Sim! Ela tem um blog. Ela ainda está montando tudo, mas você já pode acessar aqui!). Mas enfim, eu gravei. E o meu estado ao final do vídeo foi péssimo! Completamente péssimo.

O bom de tudo é que eu ouvi maravilhosas risadas da minha pequena. Porque ela estava sonhando em desenhar meu rosto de batom! (É este amor que ela tem por mim!). Rs, então, vamos apertar o play e ver eu pagando um pouquinho de mico?


Não deixe de se inscrever no canal LaGarota e assistir aos nossos vídeozinhos!



domingo, 8 de maio de 2016

Surpresa para os Inscritos no Canal LaGarota (e tem prêmios!)

Seria surpresa se eu não fosse ansiosa o bastante para postar em todas as redes sociais do blog o que seria a ação e quais livros estariam disponíveis para a nossa brincadeira. É verdade, eu sou ansiosa ao ponto de publicar uma fotografia com os livros que iam participar do sorteio nesse post aqui! Mas, tá bom, né? Fazer o que?

Mar Paschoal LaGarota
Sorteio "Rumo aos 5.000 no canal LaGarota"


Enfim, vai ser surpresa para quem ainda não viu. (Ah! Já contei para vocês que eu estou no Snap? É só buscar BlogLaGarota. Eu conto mais coisa das nossas ações por lá! Além da nossa Fanpage e Instagram, claro!). Enfim, vamos deixar de conversa e vamos ao ponto!

Eu estou completamente feliz porque nossa aventura no Youtube está dando certo. O blog sempre foi o blog (Deu para entender? Ou não? Quer dizer que sempre foi apenas o blog! Enfim...). Eu gravava vídeos, mas eram muuuuito pontuais. Até que um dia que eu me encantei por alguns canais e comecei a querer gravar mais (Eita! Rimou!) E não é que essa aventura está dando certo?

Nós alcançamos com pouco tempo de vídeos contínuos os 3000 inscritos. E já até passamos dessa faixa. E o meu coraçãozinho está aqui pulando! E eu estou aqui na cozinha da minha casa deixando de jantar para fazer esse "post-lindeza" porque eu estou muito feliz e muito animada! Enfim, vamos saber o que é esse sorteio logo porque a dona Mar aqui ama escrever!

Como vai funcionar o sorteio Rumo aos 5.000 no Canal LaGarota?

O sorteio é para todos os inscritos no canal. Mas, como precisamos de uma segurança para realizar a ação, preciso que os inscritos interessados em ganhar demonstrem seu interesse através do formulário a seguir.

Se você já é inscrito, basta inserir o nome do seu perfil no formulário. Caso você ainda não seja inscrito, é só clicar no botãozinho "Inscrever-se" que está aqui embaixo e depois preencher o formulário com seu nome de perfil:

Para mais informações sobre o sorteio, assista ao nosso vídeo:


Obs.: O vídeo está desfocado, gente!, me perdoem! E eu não consegui gravar outro... :( Mas eu vou gravar outro para a próxima semana melhor, tá bom? 





Formulário de Participação:

(Sem se inscrever no formulário, você não consegue confirmar sua candidatura no sorteio)

a Rafflecopter giveaway

segunda-feira, 2 de maio de 2016

Resenha do livro "A Outra Face do Desejo" - Luis Eduardo Matta


Hoje, a resenha é do livro A Outra Face do Desejo escrito pelo autor Luis Eduardo. Confesso que quando eu recebi este livro não tinha tantas expectativas sobre ele e assim que comecei a ler me vi envolvida em uma narração e enredo muito bem trabalhados.

"A Outra Face do Desejo" conta com 436 páginas muito bem estruturadas e divididas em "partes", estas possuem nomes, mas não acho que eu deva falar pois pode dar spoilers. O livro possui 62 capítulos e eu senti que cada parágrafo, cada linha foi de total importância para o compreendimento da história.
Resenha do livro A Outra Face do desejo
Livro "A Outra Face do Desejo"


Título: A outra face do desejo
Autor: Luís Eduardo Matta
Editora: Primavera Editorial
Gênero: Thriller / Romance
Ano: 2013   / Páginas: 436
Classificação: 5 (favorito)

Livro cedido em parceria com a editora.
Autor nacional

Sinopse: Durante muito tempo, a publicitária Fernanda Soares de Lima, de 36 anos, teve um casamento estável, porém monótono. Quando o marido morre inesperadamente, a redoma de segurança que ela ergueu em torno de si é rompida e emoções há muito tempo adormecidas vêm à tona. A principal é a lembrança da única grande paixão da sua vida, Ricardo, que Fernanda conheceu no nal da adolescência e nunca mais viu desde então. Esse, porém, está longe de ser o maior problema da sua nova fase de vida. Fernanda ainda tem que lutar contra o ódio doentio da sogra, Adelina Figueroa, que arquiteta um plano diabólico para destruir a nora. A situação se agrava quando a melhor amiga de Fernanda é inexplicavelmente assassinada, transformando todos à sua volta em potenciais suspeitos. Em meio ao mistério em torno do crime, Fernanda tem sua vida abalada por uma sucessão vertiginosa de episódios inexplicáveis e aterrorizantes que ameaçam arruiná-la. E enquanto procura desesperadamente entender o que está acontecendo, ela reencontra sua antiga paixão, sem imaginar que ele pode se transformar no seu maior pesadelo. Misturando drama, amor, mistério e suspense, A outra face do desejo é um Thriller envolvente que conduz o leitor pelos labirintos dos con fitos existenciais e afetivos até um desfecho surpreendente e assustador.



No começo nós conhecemos Fernanda Soares que acabara de ficar viúva aos 36 anos de idade, seu marido Guilherme morreu de causa natural: um infarto. Amparada por sua melhor amiga Miriam, ela saíra dali e vira seu amigo, Breno, da agencia em que trabalhava correr para ela e lhe dar uma abraço, porém alguém observava aquela cena com um ódio crescente no coração.

Adelina Figueiroa é mãe de Guilherme e naquele momento viu que sua odiada nora estava trocando carícias com um homem sendo que havia acabado de ficar viúva, Fernanda ficou com medo do olhar da sogra, mas resolveu deixar para lá.

Já dona Adelina nunca iria se esquecer daquela troca de carícias que ela achava como uma afronta e uma falta de vergonha por parte de Fernanda, afinal, como uma mulher que havia acabado de se tornar viúva poderia estar de abraços com outro homem? Assim, ela contratou um advogado, Erasmo, para que investigasse Fernanda já que acreditava intimamente que aquele mesmo rapaz que a abraçara era seu amante.

Erasmo a investiga, mas vê que eles não passam de simples amigos. Adelina não quer de forma alguma acreditar nos fatos de seu advogado e insiste que eles tem alguma coisa e olhando para um jornal ela vê uma notícia que faz com que ideias mirabolantes rodeiem sua mente.

No jornal ela havia visto que um coreano havia sido preso por roubar antiguidades e vendê-las, assim veio em sua mente: porque não acusar Fernanda como interceptadora de obras de artes roubadas?

Ela começa a arquitetar todo o plano maquiavélico para destruir a vida e a carreira de Fernanda. Nesse meio tempo sua amiga Miriam acaba descobrindo algo, uma trama cruel que estava sendo armada para Fernanda e como advogada ela não iria permitir isso, porém tudo sai dos trilhos com a morte dela e Fernanda acabando caindo naquele molho de armações, já que não conseguira ouvir o que sua amiga tinha de tão importante para lhe falar.

A história é levada em um ritmo quase sufocante já que você não consegue parar de ler e quer desvendar toda aquela loucura, sim, loucura pois paralelamente aos planos de Adelina uma outra coisa acontece para afetar Fernanda. 

Quando cheguei ao final do livro fiquei chocada em como aquela história havia se tornado uma completa bagunça! Não no sentido de estar mal escrito, mas no sentido de que tudo foi sendo revelado e fui ficando embasbacada com a forma que o autor pensou em tudo aquilo. Eu JAMAIS conseguiria escrever uma trama tão bem feita quanto essa.

A diagramação do livro é perfeita e somente no final da história que eu fui compreender, de fato, a importância do título. Não é um livro hot e há apenas um capítulo onde a cena de sexo é descrita, mas eu achei que ela coube muito bem dentro da história para fechar com chave de ouro.

Apesar de ser um livro com muitas páginas, a fonte, se eu não estiver enganada é tamanho 9, ou seja, bem pequenina. Acredito que foi uma estratégia da editora para que o mesmo não ficasse com muitas páginas e consequentemente aumentasse o valor do livro.

Na minha opinião a capa deveria ter sido um pouco mais caprichada para dar uma ar de Thriller, mas tirando isso está tudo de forma impecável inclusive com a revisão, não encontrei um erro sequer. 

Este livro é recomendadíssimo! Com certeza irá se surpreender e se maravilhar com toda a história.

Até depois!

 
Design exclusivo | Cópia proibida © 2016