Louca sua miga

sábado, 9 de abril de 2016

Relembrando as Músicas da Minha Adolescência

Ontem eu estava pesquisando playlists de mulheres fortes e independentes para eu me inspirar e acabei me deparando com uma lista de músicas variadas de mulheres que foram marcantes para a história da música no Spotify. Mas, melhor do que isso, encontrei as vozes femininas que foram marcantes da minha adolescência

Vozes que embalaram as minhas danças malucas dentro de um quarto sozinha e com o volume do rádio no máximo (Sim! Eu fui uma daquelas adolescentes que ficavam pulando durante horas dentro do quarto sozinha, cantando, dançando e fingindo ser uma cantora famosa).


Mergulhada nessas músicas, eu entrei em um processo de nostalgia. Eu me peguei sorrindo lembrando de como era fácil viver. De como era fácil demais lutar contra coisas ruins do mundo. E de acreditar que um dia eu faria a diferença. Eu era realmente uma adolescente sonhadora. E posso admitir que às vezes eu tento resgata-la no meu interior de mulher adulta. Às vezes esse lado sonhador faz falta.

Enfim, eu gostaria de compartilhar com vocês essas músicas, clipes e vozes femininas que acalentaram meu coração jovem durante bons anos.


t.A.T.u - All the Things She Said




t.A.T.u - All about us

t.A.T.u. o Duo russo que acalentou o coração revoltado dos adolescentes dos anos 2000
t.A.T.u - Duo ficou conhecido no ano de 1999 



A história do duo russo t.A.T.u. é muito interessante. Depois, se tiverem a oportunidade de lerem mais sobre a dupla, façam!, porque o sucesso delas e como ele se iniciou é bem interessante. Só para deixar vocês curiosos: o projeto t.A.T.u. foi elaborado por um ex-psicólogo infantil que mais tarde foi acusado pelas integrantes da banda de promover o escândalo, e não o lado artístico das meninas. (Na minha opinião, ele queria quebrar paradigmas. Mas existem interpretações... Enfim! Deem uma olhada! É bem interessante!)

t. A. T. u. - Not Gonna Get Us


Battefield - Jordin Sparks

 

Untouched - The Veronicas




U + Ur Hand - P!nk

Teve uma época da minha vida em que eu me apaixonei pelas músicas da P!nk. Como toda adolescente, passei por uma fase revoltada com a vida, com o mundo e do jeito que eu vivia. E a minha forma de me desligar do mundo era ligar meu radinho - que em seguida queimou por não aguentar o volume máximo durante horas seguidas - com a voz da P!nk no último volume e com o "Repeat" ligado.

Lembro-me até hoje: meus vizinhos falavam que já conheciam meu repertório porque eu sempre ouvia as mesmas coisas. Mas, claro!, na época não existia Spotify (e olhe que eu nem sou velha!) e para eu conseguir ouvir minha músicas eu transformava um CD em mp3 (alguém mais fazia isso?) e gravava centenas de músicas. Mas era um repertório bem pequenininho. Meu Deus, que saudade! Aonde eu tenho que clicar para dar replay na minha vida e voltar para o meu quarto todo cor-de-rosa com meus tapetes de pelúcia, pôsteres nas paredes com os rostos do RBD (finjam que não leram isso por favor) e rádios durante horas ligados?
 

Too Little to Late - Jojo

Ah! Gente! Que saudades das minhas tardes editando fotografias para meus antigos flogs ouvindo Jojo. Meu Deus! Eu realmente estou querendo clicar em um botão de replay da minha adolescência. É sério! Too Little to Late...

Músicas da Adolescência dos anos 2000
Jojo fez muito sucesso e as músicas delas no 4Shared bombavam!


Say it Right - Nelly Furtado

Na minha adolescência eu também adorava a Nelly Furtado. Ela era linda, tinha uma voz completamente diferente das demais e eu me inspirava em suas músicas, que tendiam ao espiritual. Atualmente eu até estou escutando suas músicas porque nunca deixei de admirar o trabalho da latina.




E aí? Qual era a sua playlist predileta quando você era uma pessoinha de 14, 15, 16 anos...? Conta pra mim! Vai que eu estou esquecendo alguma coisa pela qual fui apaixonada há uns sete anos??? 

1 COMENTÁRIOS:

  1. Oi!
    All the Things She Said! Nossa! O engraçado é que com o tempo a gente percebe a dimensão dessa música e o que ela nos diz, não é?
    Pink outra voz massa!
    Da Nelly Furtado eu ouvia muito "Turn Off The Light" e "Try", principalmente "Try".
    Tempos bons!!!
    Beijão!

    ResponderExcluir

Olá, escreva o quanto e o que você puder...

 
Design exclusivo | Cópia proibida © 2016