Louca sua miga

quinta-feira, 8 de outubro de 2015

Resenha do Livro "Beleza Perdida" - Amy Harmon

Eu não sei como eu vou começar a escrever a resenha deste livro. Mas eu preciso começar, necessito mostrar ao mundo como este livro me fez soluçar e derramar lágrimas dezenas de vezes. Preciso contar para todos os meus leitores que eu chorei e sinto que deveria agradecer a todos que me indicaram este livro. Vocês mexeram com meu coração e me apresentaram o meu novo livro preferido.

No livro "Beleza Perdida" acompanhamos a estória de uma garota apaixonada pelo mocinho mais bonito da escola. Uma menina nerd, que vivia encantada com seus livros de romance perfeitos, não tinha muitos amigos, a não ser por Bailey, seu primo, e Rita, a sua amiga linda-maravilhosa-tudo-o-que-Fern-queria-ser e sua família composta por um pai pastor e uma mãe que não acha a filha bonita.

Resenha do Livro: Beleza Perdida

Editora: Verus

Páginas: 332

Classificação: 



Seria um enredo clichê, se o primo de Fern, seu melhor amigo, não tivesse sido diagnosticado com distrofia muscular aos onze anos, com previsão de perpetuar em uma cadeira de rodas após certa idade, se a sua melhor amiga não tivesse casado com um cara muito, muito, mas muito mau, e se o mocinho que ela tanto amava não tivesse ido para a Guerra no Iraque e voltasse desfigurado e sem seus melhores amigos. Por isso, "Beleza Perdida" não é clichê. Na verdade, ele é um clichê cheio de não-clichês da vida real.

Beleza Perdida Amy Harmon Verus Editora
Beleza Perdida, publicado pela Verus Editora


A narração de Amy me encantou. Não me encantou, hipnotizou-me. Os fins dos capítulos, de cada página, de cada parágrafo, de cada frase, têm poesia. Tem um "tchan" que toca seu coração, faz seu cérebro dar mil voltas no Brasil inteiro enquanto você solta uma lágrima sem querer pela milionésima vez. Além desse toque de poesia, Amy escreve sempre ligando muito bem uma ação na outra, com  frases de impacto que faz você entender todo o motivo por trás daquela ação, isso faz com que faz com que você não consiga desgrudar do livro, e se você o fizer, vai ficar pensando nele. O tempo todo. Ela ligou tanto o início com o meio e o meio com o fim que quando você chega à última página, vai interligando um fato a outro e entendendo que nenhuma ação foi escrita ali para "encher linguiça", cada uma foi escrita para fazer você entender algo maior. É tudo tão redondinho... (Minha língua está coçando para dar spoiler, mas fique tranquilo (a) que não vou fazer essa maldade com você e com meu novo livro preferido) Yes!

Clique em "Continue Lendo" para ler o restante da resenha!

Nos dias e semanas que se seguiram após os atentados de 11 de Setembro, a vida voltou ao normal, mas parecia errada, como uma camiseta favorita vestida do avesso - ainda era a sua camiseta, ainda era reconhecível, mas pinicava em todos os lugares, com as costuras à mostra, a etiqueta para fora, as cores mais fracas, as palavras de trás para frente. (Beleza Perdida, pág. 29)



Beleza Perdida Amy Harmon
Meu exemplar de "Beleza Perdida"

Fern é incrível. Bailey é feliz, mesmo não podendo desfrutar de coisas bobas da vida, meu Deus!, eu quero parar de escrever essa resenha aqui, agora mesmo, e ir chorar. Eu estou chorando. Meu olhos, ah!, meus olhos... Meus olhos estão suando... Bailey onde você está? Não estou te encontrando. Limpe-se de lama e venha sentar ao meu lado e me ensinar muita coisas dessa vida porque eu não sei de nada! Ambrose seria o típico cara que nos envolve com a sua beleza, seu porte físico de dar água na boca e sua inteligência, mas ir para a guerra lhe mostrou coisas, e nos ensinou também! E é essa "ida" que o torna tão especial. Tão diferente.


_ Todo mundo é protagonista para alguém _ teorizou Bailey, seguindo caminho pelo corredor cheio, passando pela saída mais próxima e saindo para a tarde de novembro _ Não existem personagens secundários. (Beleza Perdida, pág. 30)


Uma coisa que me deixou intrigada foi a capa do livro. Ela é linda, mas é tão genérica... Que você não consegue captar nada demais. Depois que você lê a obra, você enxerga a arte diferente, claro!, tem toda uma explicação por trás da escolha da foto, da posição do modelo, e tudo mais... Mas, para quem não conhece a estória, algumas coisas deveriam ser reveladas. Ou pelo menos não serem tão genéricas. Parece que o modelo está chorando por amor porque perdeu a namorada! Sei lá, parece tanta coisa... Mas, exceto a arte, a obra está divina. Encontrei pouquíssimos erros de digitação. Meu livro está bem sujinho, não sei se foi o tipo de folha que encarde rápido, mas tudo bem... No problem, people!

Não sei como Amy Harmon conseguiu, mas ela tirou o posto que "Um Caso Perdido", de Colleen Hoover, ocupava. Sim! Este livro se tornou o meu predileto. E, não!, ele não é um puro romance gostoso de se ler, nem tem um mocinho perfeito, ou pelo menos em partes!, enfim, quando você ler, vai entender!, ele não choca, mas entristece; ele não muda a sua vida, mas te faz enxergar de um jeito que você pode mudar. Eu chorei de soluçar em vários fins de capítulos, de verdade!, e olhe que nem sou muito disso. Adoros livros tristes, mas não sou de chorar. Mas eu também ri muito! Peguei-me com sorrisos nos lábios diversas vezes, até no ônibus enquanto todos me olhavam e me chamavam de retardada em pensamentos.

Não sei como Amy conseguiu fazer um livro com início e fim de conto de fadas, parecido com "A Bela e a Ferae o meio como a vida real. Não sei, mas ela conseguiu. "Beleza Perdida" é um livro que começa devagar, com uma princesinha e um principezinho, depois aparece mais um principezinho, são lindos, fofos e perfeitos, mas a vida, ah!, sempre a vida!, embaralhou o meio da estória e fez com que as fadas não existissem, nem principezinhos. Até no final ela mostrar que talvez, sim, as fadas existam. Talvez tudo isso seja uma passagem, ou não. Você não sabe, mas precisa passar por tudo isso para saber.

O que eu mais amei foi que Amy fez sua protagonista, a adorável Fern, ter um conto de fadas mesmo que na vida real não existissem fadas, nem anjos... Você está ouvindo isso? 


Livros Parecidos com "Beleza Perdida"


Coisas Legais que Você Deve Gostar



TOP COMENTARISTA OUTUBRO

Comentou? Preencha o formulário e participe! 
Clique na Imagem abaixo!


10 COMENTÁRIOS:

  1. OMG! Você disse que tirou o posto de Um Caso Perdido? :o tipo é o meu amorzinho esse livro... fiquei mais curiosa do que já estava!!!! Já estou me preparando psicologicamente, pq já sou chorona, aí já viu rs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Tiroooou Vi! Vc tem que ler!
      E não esquece de se cadastrar no Top Comentarista!!! <3 Quando ler me conta!

      Excluir
    2. Vou ler, com certeza. E quando terminar, vou correndo comentar cm você haha
      Já me cadastrei :) ♥

      Excluir
  2. Vou começar dizendo: Eu te disse! Eu falei que esse livro era pra derramar lágrimas. Adorei sua resenha. Eu gostei da capa do livro eu gosto quando não revela nada e depois de ler vc entende tudo.
    Com Beleza Perdida eu ri, chorei, me apaixonei, me irritei e tudo que um livro maravilhoso desse pode causar, é o meu preferido de 2015 até agora e acho que vai ser o preferido durante muito tempo <3
    Eu não gosto muito de livros "poéticos" mas esse eu simplesmente amei!!

    Beijão :*

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eeeei Nat! Pooois é, tô ouvindo isso de muuuuita gente!!! Ele se tornou meu predileto de todos os tempos, mas já estou doida para ler os outros da autora pra ver se encontro outras obras com potencial de "predileto de todos os tempos" kkkkkk

      Muuuito obrigada pela indicação!
      Beeeeijocas!

      Excluir
  3. Mar, Beleza Perdida me soou um tanto clichê em seu começo. Mas, uma reviravolta teria que acontecer nesta paixão colegial, não é mesmo?! Me surpreendi com a distrofia muscular que o personagem sofreu, fui envolvido de uma forma devastadora. Por fim, me encantei da forma como você tratou a escrita da autora, com toques reais e fantasiosos, me encantei pelo livro, por seus personagens. Quero ler bastante! P.S.: Outro fato interessante é o acontecimento dos atentados de 11 de Setembro.

    ResponderExcluir
  4. Oi!
    Uma lágrima brota lendo essa resenha. Foi uma leitura emocionante, difícil, divertida.
    Esse livro é lindo demais! É feio demais! É emocionante demais! É horrível demais!
    É real demais! :'( Lindo Lindo Lindo Lindo Lindo...
    Beijão!

    ResponderExcluir
  5. Mar, menina do céu esse livro é maravilhoso! Sério, não tenho palavras para descrê-lo de tão bom que é, com certeza uma das minhas melhores leituras do ano. É tão bom quando vejo que mais pessoas gostaram dele também.
    Beijos

    ResponderExcluir
  6. Como assim é melhor que Um caso perdido? Um caso é meu amorzinho da Collen, porque não sou fã dela, mas amei o livro. Tenho que ler pra crer!

    ResponderExcluir
  7. Eu adorei o livro!!!!!! Ja perdi as contas de quantas vezes eu li😁😁😁 você sabe de outros livro com o estilo desse????

    ResponderExcluir

Olá, escreva o quanto e o que você puder...

 
Design exclusivo | Cópia proibida © 2016