Louca sua miga

domingo, 3 de maio de 2015

Resenha do Livro "O Destruidor de Corações"

O Destruidor de Corações
VI Keeland
Editora: Charme
Páginas: 277
Lançamento (Brasil): 2014
Nota:  

Sinopse:  Não importava que o árbitro tivesse considerado que aquele tinha sido um golpe limpo. Nico Hunter nunca mais seria o mesmo. Elle tem uma boa vida. Um trabalho que ela ama, um apartamento grande, e o cara que ela está namorando há pouco mais de dois anos é um ótimo partido. Mas sua vida é chata… e ela se esforça para mantê-la assim. Muitas emoções são perigosas. Seu próprio passado é a prova viva do que pode acontecer quando você perde o controle. Então Nico entra no escritório de Elle e tudo muda… para ambos. Mas o que o lindo lutador de MMA, tatuado e com um corpo de tirar o fôlego pode ter em comum com uma advogada muito controlada? Muito mais do que eles esperavam.
"O Destruidor de Corações" de VI Keeland da série MMA Fighter

"O Destruidor de Corações" é um livro de romance dramático e erótico, o primeiro da série MMA Fighter. A obra narra a estória de Nico Hunter, um lutador de MMA que é forte fisicamente, porém, está fraco emocionalmente. E Elle, uma mulher metódica, que tem uma vida perfeitamente encaixada nos bons padrões da sociedade: um bom emprego, estabilidade financeira, bons amigos e um cara politicamente correto e perfeito ao lado, o tal do Will. No dia em que Nico e Elle se encontram, algo muda. O estômago dos dois revira. Há algo de errado que parece totalmente certo quando ambos estão juntos.

O livro intercala os dois pontos de vistas: o de Elle e o de Nico. Porém, temos maior quantidade de capítulos narrados pela mulher. Gostei disso! Sabíamos apenas o necessário do ponto de vista de Nico. Isso o tornava misterioso. Aguçava nossa curiosidade sobre o lutador. Descobrimos através do ponto de vista de Elle, por exemplo, que o homem forte e musculoso tinha um coração mole dentro! Ele não narrou, ela descobriu. E nos fez descobrir da melhor forma possível.

Clique em "Continue Lendo" para ver o restante da resenha



Eu fingindo ser modelo com meu exemplar de "O Destruidor de Corações"

Um fato que me deixou animada com "O Destruidor de Corações" é que o enredo é facilmente visualizado na realidade. É fácil encontrar pessoas procurando tudo o que Elle tem. Mas, quando essas pessoas alcançam essas coisas, percebem que não são elas que vão fazê-las felizes... Como eu amo obras que retratam algo facilmente imaginável, corriqueiro à ponto de ser real, eu adorei a obra. 

Neste livro, há bastantes personagens. Porém, a estória gira em torno de nosso casal Elle e Hunter. Quando anunciei nas redes sociais do blog (Youtube, Instagram, Twitter e Facebook) que minha próxima leitura seria o primeiro livro da série MMA Fighter, recebi vários comentários exaltando nosso lutador. O fato é que Nico é uma ótima personagem! Foi bem construída. Porém, não é uma daquelas que nos fazem suspirar. Pelo menos não me fez. Eu gostei dele, não amei. Elle, por sua vez, é uma mulher forte, obstinada, cheia de valores. Identifiquei-me muito com ela! Até mais do que com Nico.

Um outro tópico que sinto que preciso comentar é que: na grande maioria dos livros eróticos, lemos personagens femininas submissas, que deixam o homem fazer o que quiser com elas, com seus corpos, algo à lá 50 Tons. E aqui não! Nós temos uma mulher com valores femininos, segura de si, de seu emprego, de seu valor, de suas vontades. Nem por isso ela deixa de ser feminina. Ela é forte, sabe o que quer e faz o que tiver vontade. Diversas vezes, lemos falas de Elle explicando o porquê de fazer certas coisas mesmo que pareça submissão. Elle tem consciência de seu valor! Adorei isso! Nunca tinha lido algo, pelo menos não até hoje, que seguisse essa linha de raciocínio.


Amei demais essa fotinha!
O livro físico está divino! A editora Charme manteve a capa estrangeira, a original, e fez bem! A arte é linda! A capa é de um material diferente dos outros livros. Parece um papel meio que aveludado. Só sentindo a textura para entender. Não tem verniz, nem brilho, nem nada dessas coisas que chamem atenção facilmente. Mas, ela tem um toque especial. Estão de parabéns!

De forma geral, eu super recomendo para quem gosta de um romance erótico nada carregado com cenas quentes demais. Recomendo para aqueles que gostem de livros mornos, e não quentes - eroticamente falando. É uma obra que vale a pena ser lida para ampliar os horizontes e entender que os livros eróticos são muito mais do que romances em que o homem manda, e a mulher faz! Adorei!




0 COMENTÁRIOS:

Postar um comentário

Olá, escreva o quanto e o que você puder...

 
Design exclusivo | Cópia proibida © 2016