Louca sua miga

segunda-feira, 30 de março de 2015

Resenha do livro "Mães em Guerra" - Jill Kargman

Uma leitura gostosa e super divertida!



Título: Mães em Guerra
Autora: Jill Kargman
Gênero: Chick-lit
Páginas: 288
Editora: Essência

Sinopse: Um retrato maldosamente divertido de mães indiscutivelmente exageradas. 
Toda mãe é capaz de cometer loucuras pelo bem de seu filho. Mas o que fazer quando a loucura vira o normal? Ao mudar-se para um dos bairros mais elegantes de Nova York com o marido Josh e a filha Violet, de dois anos, Hannah Allen se vê não só diante de um estilo de vida totalmente diferente do seu como no meio de uma verdadeira guerra de mães. Por trás da aparência de bonequinhas de luxo, suas novas vizinhas revelam-se beeem cruéis, prontas para destruir qualquer uma que represente a ameaça de ser uma mãe “melhor” do que elas.
Neste livro, Jill Kargman aposta em um novo gênero que vem conquistando fãs no mundo inteiro – o mom lit. Seguindo o ritmo de Sex and the City e Bridget Jones, só que com protagonistas-mães, o romance teve seus direitos vendidos para oito países, além do Brasil.




Hannah que sempre morou na Califórnia se viu tendo que se mudar para a elite de Nova York pois seu marido Josh fora promovido da empresa. O casal tem uma filha de 2 anos, e Hannah tem um sogra daquelas que desaprova o casamento dos dois.

Para piorar a situação, Hannah notou que as mães da alta sociedade são completamente diferente das outras, elas disputam entre si, ou seja, querem mostrar que seu filho está na melhor escola, tem o QI mais alto e etc.

Além de ter que se acostumar com tudo isso e fazer com que sua filha comece a fazer cursos para poder entrar em alguma escola logo, ela tem que aguentar fofocas dizendo que ela está traindo o homem que tanto ama.


Tantas confusões, tudo por ser uma pessoa simples...


Comprei esse livro quando estava grávida, comecei a ler e simplesmente devorei. Achei super divertido, uma leitura fácil e gostosa, não sei se por que estava grávida, mas "Mães Em Guerra", se tornou um dos meus livros preferidos, espero logo,logo poder ler de novo.

Ri horrores com a história e me identifiquei bastante com a Hannah, sua simplicidade, sua "normalidade' como mãe, coisa totalmente diferente das outras mães de Nova York. Cada mãe querendo ser melhor que outra me fizeram ficar um pouco assustada e pensei: será que isso acontece na realidade? E sim, acontece bastante, mãe são competitivas, querem mostrar que seus filhos são perfeitos, que seus filhos não fazem pirraça, que comem verduras e legumes, quando sabemos que não é verdade, é muito complicado criar uma criança, ela tem personalidade e vontade próprias.

A autora soube nos mostrar exatamente como é a realidade materna e eu adorei!!!!


Beijos. *_*

0 COMENTÁRIOS:

Postar um comentário

Olá, escreva o quanto e o que você puder...

 
Design exclusivo | Cópia proibida © 2016