Louca sua miga

terça-feira, 31 de março de 2015

Os Quadros Provençais do Meu Quarto

Há muito tempo, eu sonhava em ter um quarto com coisinhas provençais e vintage. Eu simplesmente amo essas coisas meigas, com cores pasteis e bem coloridas. Acredito que um lugar decorado de acordo com a sua personalidade até mude seu humor no dia a dia!

Faz três meses que eu fui para São Paulo participar de um curso de férias da ESPM. Lá, eu busquei o que faltava para meu cantinho novo: meus quadros provençais. Gastei um bom dinheiro com eles! Mas, não me arrependo, eles são lindos! Depois de enrolar 3 meses para pregá-los na parede, este fim de semana pedi ao meu pai - lindo e maravilhoso! - para arrumá-los em seus cantinhos! E ele fez questão de deixar tudo do jeitinho que eu pedi. Vem ver como está a decoração das paredes do meu quarto!


No cantinho do meu quarto, onde não papel de parede e há um branco disponível, intercalei os espelhos com bordinhas provençais e coloridas. Eles vão ser super úteis ali, visto que ficaram coladinhos com a minha mini penteadeira. Vou usá-los para dar um close na maquiagem! :D



Além dos quadrinhos pequenos, comprei uma almofada com uma modulra provençal perfeita. Ela vem com pequenos detalhes feitos à mão que parecem lascados - característica do estilo provençal nato! 


Clique em "Continue Lendo" para ver o restante do post!

[Vídeo] Sobre o Livro "Cartas de Amor aos Mortos"

Eu fiz a minha primeira leitura no meu Kindle ( ❤ ) Gente! Que amor que é ler naquele e-Reader, mas isso eu conto em um próximo post...! Enfim, a minha primeira leitura no e-reader foi "Carta de Amor aos Mortos" da autora Ava Dellaira, publicado no Brasil em 2014 pelo selo Seguinte.



Eu resolvi contar um pouquinho pra vocês no vídeo abaixo sobre o livrinho, o que achei das personagens, do enredo, e se ele é realmente bom de ler! Vem assistir!



Você também pode assistir ao vídeo diretamente do Youtube! Ah! E não se esqueça de curtir nossa fanpage e de se inscrever no nosso canal para receber notificação de quando tiver coisa nova e boa pra assistir! Clique aqui e se inscreva!

segunda-feira, 30 de março de 2015

Resenha do livro "Mães em Guerra" - Jill Kargman

Uma leitura gostosa e super divertida!



Título: Mães em Guerra
Autora: Jill Kargman
Gênero: Chick-lit
Páginas: 288
Editora: Essência

Sinopse: Um retrato maldosamente divertido de mães indiscutivelmente exageradas. 
Toda mãe é capaz de cometer loucuras pelo bem de seu filho. Mas o que fazer quando a loucura vira o normal? Ao mudar-se para um dos bairros mais elegantes de Nova York com o marido Josh e a filha Violet, de dois anos, Hannah Allen se vê não só diante de um estilo de vida totalmente diferente do seu como no meio de uma verdadeira guerra de mães. Por trás da aparência de bonequinhas de luxo, suas novas vizinhas revelam-se beeem cruéis, prontas para destruir qualquer uma que represente a ameaça de ser uma mãe “melhor” do que elas.
Neste livro, Jill Kargman aposta em um novo gênero que vem conquistando fãs no mundo inteiro – o mom lit. Seguindo o ritmo de Sex and the City e Bridget Jones, só que com protagonistas-mães, o romance teve seus direitos vendidos para oito países, além do Brasil.




Hannah que sempre morou na Califórnia se viu tendo que se mudar para a elite de Nova York pois seu marido Josh fora promovido da empresa. O casal tem uma filha de 2 anos, e Hannah tem um sogra daquelas que desaprova o casamento dos dois.

Para piorar a situação, Hannah notou que as mães da alta sociedade são completamente diferente das outras, elas disputam entre si, ou seja, querem mostrar que seu filho está na melhor escola, tem o QI mais alto e etc.

Resenha do livro "Cartas de Amor aos Mortos" de Ava Dellaira

O livro "Cartas de Amor aos Mortos" é um Young adult escrito por Ava Dellaira, publicado no Brasil pelo selo Seguinte. Com um enredo forte, cheio de conflitos e uma variedade de sentimentos profundos, essas cartas podem mudar sua visão sobre superação, força e perdão.

Título: Carta de Amor aos Mortos
Editora: Seguinte
Autora: Ava Dellaira
Gênero: Young Adult / Drama


"Carta de Amor aos Mortos" é formado por várias cartas nomeadas a alguma celebridade que já está morta, morte provocada ou indiretamente provocada por si mesmo. Laurel, nossa protagonista, as escreve para um trabalho da escola, mas logo elas se tornam algo muito maior, uma terapia que auxilia nossa adolescente a superar, a se perdoar e aceitar os problemas com a cabeça erguida. A enfrentar o suicídio da pessoa que mais admirava, a irmã mais velha, a não se culpar, a ajudar seus amigos com seus conflitos, homossexualidade, abuso sexual, abuso moral, violência doméstica, abandono... Enfim... A ser madura. A ser adulta com 16 anos.

Como citado anteriormente, o livro são várias cartas juntas que resumem os dias de Laurel. Isso deixa a obra muito mais profunda. Conhecemos os sentimentos da menina, sentimos seu sofrimento e vemos o interior que ninguém enxerga. As palavras do livro são carregadas de sentimento! É tocante! Além da profundidade desses sentimentos, essas cartas aceleram a velocidade da leitura, afinal, todas as ações do dia, ou da semana, são narradas resumidamente, o que nos matém fissurados pelos fatos.

Dificilmente você não vai se identificar com uma personagem. Pode até não ser com a protagonista, mas com um dos coadjuvantes, com certeza. Cada um tem um conflito, um carma a carregar. Sua peculiaridade. Seus medos.

Você usava roupas como se fossem uma armadura, mas, nas músicas, se abria totalmente. (Carta de Amor aos Mortos, Ava Dellaira)

Um tópico que pecou foi: a autora não se aprofundou na estória de Sky. Tomamos conhecimento de seus conflitos, mas senti falta dos motivos, do que acontece depois, de mais detalhes sobre a vida do garoto. A autora expõe, mas não desenvolve. Não como faz com os outros coadjuvantes. Eu sei que eu tenho mania de querer romance em todos os livros, até livro essencialmente de drama, mas eu realmente queria entender mais coisa do garoto.

[...]agora minha mãe está mesmo na Califórnia. E may não está em lugar nenhum. (Carta de Amor aos Mortos - Ava Dellaira)

Infelizmente, não posso detalhar o livro físico, visto que li em e-Book (meu primeiro livro no Kindle ❤ ). Mas eu cheguei a tê-lo em mãos e fiquei admirada com a beleza da capa. Simples, jovem, triste e linda.

Se beleza é verdade e verdade é beleza, elas são definidas uma pela outra, então como vamos saber o significado de cada uma? (Carta de Amor aos Mortos, Ava Dellaira)

Esse livro é triste. Mas lindo. Mexeu com tudo o que tinha dentro de mim, desde o sangue quente, até o coração. Fez-me refletir sobre a geração de adolescentes que está vivendo hoje, com tantos conflitos, com tantas indecisões. Fez me pensar sobre perda e perdão. Sobre medo e sinestesia. Sobre todo mundo ter problemas e mesmo assim não ser o centro das atenções. "Cartas de Amor aos Mortos" é um livro pra revirar o estômago e respirar profundamente o cheiro do que é a vida.

May sussurou no meu ouvido: - O universo é maior do que qualquer coisa que cabe na sua cabeça. (Carta de Amor aos Mortos - Ava Dellaira)

quinta-feira, 26 de março de 2015

Resenha do livro "Divergente"

Divergente - Uma escolha pode te transformar


Resenha do Livro: Divergente
Escritora: Veronica Roth
Gênero: Aventura, Ação, Distopia, Ficção Científica
Editora: Rocco
Número de Páginas: 504

A sociedade é dividida em facções: Abnegação, Amizade, Audácia, Franqueza e Erudição. Do nascimento até os 16 anos, as pessoas vivem na facção onde nasceram, depois disso são submetidas a um tipo de teste de aptidão para saber em que facção se encaixam melhor. Beatrice nasceu na Abnegação, mas o seu resultado no teste de aptidão foi inconclusivo. Ou seja, ela está praticamente apta para fazer parte de qualquer facção - o que a torna uma divergente.

Ser divergente não é uma coisa nada boa, pois o sistema não consegue controlá-los, portanto a única solução é matar todos eles.
Tris (apelido de Beatrice) guarda esse segredo de todo mundo e acaba optando pela Audácia - a facção dos corajosos, onde conhece o simpático e misterioso Quatro.
De que serve um corpo preparado se você tem uma mente confusa? [pág. 150]
~ Clique em Continue Lendo para ler a resenha completa! ~

quarta-feira, 25 de março de 2015

Minha Coleção de Livros do Harlan Coben (quase) completa


Eu amo o Harlan Coben! Repitam comigo: a Mar ama o Harlan Coben. Tudo beeem, vocês já devem estar cansados de me ouvir falando de Harlan Coben e Colleen Hoover, mas, uma coisa que vocês ainda não viram: minha coleção de livros do Harlan Coben! A-HA! Te peguei!

Prometo que vou achar outros autores prediletos para não ficar batendo na mesma tecla, mas, enquanto isso, eu vou mostrar pra vocês minha coleção de livros de um dos meus autores prediletos!

Vem ver!

terça-feira, 24 de março de 2015

Resenha do Livro "Cure meu Coração" de Melissa Walker

Cure Meu Coração"Cure Meu Coração" é um Young Adult escrito por Melissa Walker e publicado pela Farol Literário no Brasil. O livro narra a estória de Clementina, uma menina que traiu a sua melhor amiga e perdeu uma das coisas que mais considerava importante em sua vida: seus amigos. Clem precisa superar seu erro, mas ela tem ódio de si mesma, por ter se apaixonado pelo namorado de sua melhor amiga, por ter metido para ela. Clem não se perdoa.  Em "Cure meu Coração", nós vamos vê-la crescer, superar e se perdoar.  E, se a sorte estiver ao lado dela, quem sabe dar uma nova chance ao amor?
Título: Cure meu Coração
Autora: Melissa Walker
Gênero: Young Adult
Páginas: 272
Editora: Farol Literário

O livro começa quando os pais de Clementina resolvem velejar no verão. Isso significa que ela ficará off-line por um bom tempo. Essa viagem tem um ponto positivo, talvez ela consiga fugir da realidade assustadora em que ela se meteu, mas também tem o negativo, em um barco de 40 pés, vai ser difícil ficar sozinha em pensamentos.

Eu me identifiquei com Clem! De cara! Sou do tipo que não se perdoa quando erra. Posso  até não falar ou confessar aos outros, mas quando sei que estou errada, sofro com isso, em silêncio. E nossa protagonista também é assim. Ela não se perdoa. Acredita que fez tanto mal à sua melhor amiga, que se encarrega de se auto castigar.




A narração é ótima. Leve e gostosa de acompanhar. O enredo não traz nada de muito diferente, porém, foi bem aproveitado. O livro não tem sal, nem açúcar, metaforicamente falando.  A obra propõe problemas profundos, mas não se aprofunda, e isso não foi uma redundância. Isso acaba por deixar o livro em um estado de emoção neutro, você não chora, mas também não ri. Ele é como uma comida sem sal, mas com tempero. Entenderam? Entretanto, isso não é um fator negativo. Ao contrário, achei a quantidade de drama perfeita pro tipo de história.

Eu diria que este livro mexeu um pouquinho com o que eu tenho dentro de mim. "Cure meu Coração" é uma estória de superação na adolescência, mas, além disso, é uma reflexão sobre "nós achamos que nossos problemas são sempre maiores que os dos outros, até entendermos os dos outros". A obra dá um pontapé inicial para uma reflexão elaborada, propõe que olhemos nosso interior com curiosidade e que demos valor ao que temos, mesmo que queiramos outra coisa.


Clique em "Continue Lendo" para visualizar o restante da resenha!

segunda-feira, 23 de março de 2015

Resenha do livro "Não Se Apega, Não" - Isabela Freitas


Desapegar é preciso.


Livro: Não Se Apega, Não
Autora: Isabela Freitas
Editora: Intrínseca
Páginas: 253
Gênero: Chick-lit
Ano:2014

Sinopse:
" Desapegar: remover da sua vida tudo que torne o seu coração mais pesado. Loucos são os que mantêm relacionamentos ruins por medo da solidão. Qual é o problema de ficar sozinha? Que me desculpe o criador da frase “você deve encontrar a metade da sua laranja”. Calma lá, amigo. Eu nem gosto de laranja. O amor vem pros distraídos. Tudo começa com um ponto-final: a decisão de terminar o namoro de dois anos com Gustavo, o namorado dos sonhos de toda garota. As amigas acharam que Isabela tinha enlouquecido, porque, afinal de contas, eles formavam um casal per-fei-to! Mas por trás das aparências existia uma menina infeliz, disposta a assumir as consequências pela decisão de ficar sozinha. Estava na hora de resgatar o amor-próprio, a autoconfiança e entrar em contato com seus próprios desejos. Parece fácil, mas atrapalhada do jeito que é, Isabela precisa primeiro lidar com o assédio de um primo gostosão, com as tentações da balada e, principalmente, entender que o príncipe encantado é artigo em falta no mercado. Isabela Freitas, em seu primeiro livro, narra os percalços vividos por sua personagem para encarar a vida e não se apegar ao que não presta, ainda assim, preservando seu lado romântico."


Para quem curte misturas perfeitas de ficção e realidade, não pode deixar de ler "Não Se Apega, Não" da autora Isabela Freitas. Nesse livro ela une chick-lit e autoajuda, fazendo com que os verdadeiros dramas do universo feminino ganhem vida. Com muito bom-humor a autora fala sobre, amor, desilusão, amadurecimento, recomeços e, principalmente sobre amor próprio, onde ela aborda esses temas de forma feminina e direta, tentando nos fazer enxergar o quanto complicamos algo que era para ser extremamente fácil.

[Vídeo] 5 Romances Prediletos da Minha Vida



Quem ama ler um bom livro romântico? Que tal mocinhos que nos apaixonam? Ou, então, um casal que nós gostaríamos de estar na pele...! Reuni 5 livros românticos que eu considero os melhores da minha estante, aqueles que me mudaram de algum jeito, pra mostrar pra vocês! Venha conferir e não esqueça de deixar nos comentários o seu "Top 5 Românticos Prediletos".



Não se esqueça de se inscrever no nosso casal - Clique Aqui - para receber nossas novidades!

domingo, 22 de março de 2015

[Seriado] American Horror Story: Murder House

American Horror Story: Murder House


Resenha do seriado: American Horror Story
Temporada: Murder House (1ª temporada)
Número de Episódios: 12
Duração de cada episódio: 45 minutos (aproximadamente)
Atores: Dylan McDermott, Connie Britton, Jessica Lange, Taissa Farmiga, Evan Peters, Frances Conroy, Danis O'Hare (e outros)


Oi gente!
Hoje não vim falar sobre livros, mas sim sobre um seriado que criei coragem para assistir na última semana: American Horror Story - Murder House.
Sim! Criei coragem! Pois esse é um seriado norte americano de terror. A série estreou no Brasil em 2011 e foi exibida pelo canal fechado Fox.

A família Harmon se mudou para Los Angeles para tentar recomeçar a vida. É que Vivien perdeu um filho no sétimo mês de gravidez e o marido Ben estava tendo um caso extraconjugal. Juntamente com a filha rebelde Violet, eles se mudam para a Murder House, onde uma série de acontecimentos estranhos começam se desenrolar.


"Pessoas normais me assustam."
~ Clique em Continue Lendo para ler a resenha completa! ~


O Dia em que Minhas Leitoras me Presentearam

Há seis meses, eu tive a ideia de criar um grupo no WhatsApp para aquelas leitoras mais fieis ao LaGarota.com.br, o Las Garotas . Aquelas que definitivamente comentavam, curtiam, compartilhavam e acompanhavam o nosso blog estariam lá. Elas me dariam inspiração para post e me contariam coisas que eu ainda não sabia sobre livros. Foi então que uma amizade fofa surgiu entre elas. Logo, eu me vi como apenas mais uma integrante do grupo. Eram elas as protagonistas!

Conversa com Las Garotas Vips através do grupo do Whats


Fizemos circuitos de marcadores, onde trocamos marcadores umas com as outras, demos dicas de obras literárias, discutimos assuntos diversos, desde política até o ator top do momento, fizemos trocas de livrinhos... E agora... Elas se juntaram para me presentear.

Embalagem da Americanas com meu mimo dentro


Nunca vi nada igual parecido. O grupo que eu criei orgulhosamente é diferente de todos os grupos do qual participei. Eu nunca fiquei mais de três semanas em um grupo do Whatsapp, com exceção do da editora Sextante e do próprio "Las Garotas". Mas este... Este é diferente! Algumas até se adicionaram no Facebook e vivem comentando uma no perfil da outra. Algumas eu chamo pelo nome como se fosse uma amiga que vive na minha casa comentando sobre a minha estante, como se fosse uma vizinha extremamente próxima e que ama os mesmos livros que eu. Se minhas leitoras se sentem perto de mim porque leem meu blog, essas, sentem-se morando na minha casa. Essa é a sensação que eu tenho.

Meu sorrisão quando abriu o embrulho <3

Clique eu "Continue Lendo" para ver o restante do post!

quarta-feira, 18 de março de 2015

Resenha do livro "Sonhei Que Amava Você"

Essa capa é amorzinho demais!

Resenha do Livro: Sonhei Que Amava Você
Escritora: Tammy Luciano
Gênero: Romance 
Editora: Valentina 
Número de Páginas: 204

No começo do ano, fiz uma listinha de leituras para 2015 e decidi ler, pelo menos, um livro de escritor nacional por mês. A escolhida de fevereiro foi a Tammy Luciano. Eu já conhecia outros trabalhos da escritora e me animei bastante quando vi que ela tinha publicado um novo livro - fiquei mais feliz ainda quando descobri que se tratava de um romance!

Sonhei que Amava Você conta a estória da Kira, uma garota de 22 anos que está em um momento ótimo da vida. Só que do nada ela começa sonhar com o misterioso e simpático Felipe. Kira não faz ideia de quem o garoto seja, até que o destino os coloca cara a cara e a partir dai, muito romance, mistério e aventura se desenrola.
"Pegamos o céu estrelado para nós e ficamos ali como se cada um pudesse ter uma estrela na palma da mão. O céu todo estava dentro de mim." [Pág. 213]

~ Clique em Continue Lendo para ler a resenha completa! ~ 

Os Melhores Vídeos do Blog LaGarota

Esta semana, fiquei muito feliz quando percebi que nosso canal alcançou, em menos de 3 meses, mais de 700 inscritos. Dei pulinhos. Além disso, percebi que o vídeo "Como fazer uma Boa Resenha?" recebe mais de 200 visualizações por dia, sendo até mais algumas vezes.  Gente! Isso me deixou tão feliz... Que eu resolvi fazer uma pequena retrospectiva desses últimos três meses e mostrar os melhores vídeos publicados no canal LaGarota!

*** Inscreva-se em nosso canal clicando aqui e acompanhe novos vídeos!

1 - Como fazer uma Boa Resenha?





Clique em "Continue Lendo" e assista aos outros melhores vídeos!

terça-feira, 17 de março de 2015

Resenha do livro "O Segredo do Meu Marido" - Liane Moriarty

Suspense, drama e romance.


Livro: O Segredo do Meu Marido
Autora: Liane Moriarty
Gênero: Drama/Romance
Páginas: 368
Editora: Intrínseca
Ano: 2014


Sinopse: "Ela virou o envelope. Estava lacrado com um pedaço de fita adesiva amarelada. Quando a carta tinha sido escrita? Parecia velha, como se tivesse sido anos antes, mas não havia como saber ao certo. Imagine que seu marido tenha lhe escrito uma carta que deve ser aberta apenas quando ele morrer. Imagine também que essa carta revela seu pior e mais profundo segredo - algo com o potencial de destruir não apenas a vida que vocês construíram juntos, mas também a de outras pessoas. Imagine, então, que você encontra essa carta enquanto seu marido ainda está bem vivo... Cecilia Fitzpatrick tem tudo. É bem-sucedida no trabalho, um pilar da pequena comunidade em que vive, uma esposa e mãe dedicada. Sua vida é tão organizada e imaculada quanto sua casa. Mas uma carta vai mudar tudo, e não apenas para ela: Rachel e Tess mal conhecem Cecilia - ou uma à outra -, mas também estão prestes a sentir as repercussões do segredo do marido dela. Um romance emocionante, O Segredo do Meu Marido é um livro que nos convida a refletir até onde conhecemos nossos companheiros - e, em última instância, a nós mesmos."

Logo que vi a capa de O segredo do meu marido, me apaixonei. Achei a capa linda, o título me chamou a atenção, enfim, era O LIVRO e eu tinha que ler. Sou apaixonada por romances e quando li o título, falei: Mais um livro pelo qual me apaixonarei pela água com açúcar que deve ser... Mero engano!


Clique em "Continue Lendo" para acompanhar a resenha!

Resenha do Livro "A Morte de Sarai " de J. A. Redmerski

A capa já desbotada de "A Morte de Sarai"

"A Morte de Sarai" narra a estória de Sarai, uma jovem que foi arrancada do seio familiar e que passou a viver em um cativeiro mexicano de tráfico de mulheres. A garota, apesar de ser "a preferida do chefe" e de "não ser submetida" a abusos tão alarmantes quanto suas companheiras, sofre muito com sua realidade. Sem família, vive em um ambiente que dá medo a qualquer pessoa. Até que um dia nota um assassino de aluguel durante uma reunião de negócios com seu chefe mexicano. Seu instinto a diz que, mesmo que este homem seja um assassino a sangue frio, ele poderá ajudá-la. Ele é americano, deve entendê-la. Afinal, ambos estão em território desconhecido. Pelo menos era o que ela pensava.

Título: A Morte de Sarai
Autora: J. A. Redmerski
Editora: Suma de Letras
Páginas: 255
Ano: 2015
Gênero: New Adult / Drama / Suspense


O primeiro ponto que eu quero destacar do livro é que ele ficou entre o New Adult água com açucar e livros pesados que mostram a realidade obscura de algumas pessoas com detalhes. "A Morte de Sarai" está no meio desses dois extremos. Isso é um ponto forte, visto que os livros de ficção voltado para o público jovem estão seguindo uma linha de raciocínio tão igual, que quase nenhuma obra se destaca. São sempre os mesmos estilos de personagens, narração, enredo, etc...


Eu tive um pouco de resistência em relação a Victor mas deve ser porque estou acostumada com histórias que seguem um roteiro previsível, com personagens igualmente previsíveis e chatos. Não sei se foi o momento que li a obra, mas, não me aproximei de nenhuma das personagens. 
A narração da autora é boa. Mas nada que me fizesse derreter. Eu gosto de coisas com emoção. Sejam tristes, ou felizes. Tanto faz. Mas pra mim, tem que ter emoção. Ainda mais se tratando de um enredo tão forte como este. 

Clique em "Continue Lendo" para ler a resenha completa!

segunda-feira, 16 de março de 2015

Sorteio do livro "Minha Vez de Brilhar"


Já pensou em ganhar o livro "Minha vez de Brilhar" de Erin E. Mouston? Este livro tem a capa mais linda do mundo - toda brilhante! - e narra uma história fofa demais. A obra foi publicada aqui no Brasil pelo selo #Irado e você está tendo uma chance agora de ganhar seu exemplar!

Para concorrer, você precisa ser curtidor de nossa fanpage (Clique Aqui) e compartilhar esta imagem aqui. Depois que fizer isso, você precisa validar a sua participação no formulário que está no fim desse post!

Como ter mais chances de ganhar?

Se você quer ter mais 10 chances de levar pra casa "Minha Vez de Brilhar" você pode seguir nosso Instagram e se inscrever no nosso Canal do Youtube.

Como validar suas novas 10 chances? Depois que você curtir nossa fanpage, compartilhar a imagem do sorteio em seu perfil e validar sua participação, no formulário aparecerá mais duas opções com 5 pontos cada uma! Faça as tarefas citadas, confirme e espere até dia 16 de Abril (que será divulgado o resultado)!

Clique em "Continue Lendo" para validar sua inscrição no Formulário!

sexta-feira, 13 de março de 2015

Resenha do livro "Garota Exemplar" - Gillian Flynn

Repare bem naqueles olhos que estão observando você...

Capa do livro originada do filme

Livro: Garota Exemplar

Título Original: Gone Girl

Autor: Gillian Flynn

Gênero: Suspense

Páginas: 448

Editora: Intrínseca

Ano: 2012


Sinopse: Amy Elliot Dunne desaparece no 5º aniversário de casamento. Ela é casada com Nick Dunne que se torna o principal suspeito, pelo fato do mesmo apresentar um comportamento estranho e indiferente diante de toda situação. Cercado por suas próprias mentiras, Nick precisa provar sua inocência ao mesmo tempo que tenta descobrir o que de fato aconteceu com Amy.


 "Contundente e ardiloso. Um livro inteligente, cheio de camadas e com personagens extremamente bem constrúidos." - The New York Times


O mundo das histórias policiais que envolvem muito mistério e suspense simplesmente me fascina, mas confesso que até agora, nenhum outro livro com essa temática me prendeu e me deixou tão encantada como Garota Exemplar. Um grande exemplo disso é que quando eu terminei de lê-lo fiquei meio perdida, sem saber o que fazer. Me senti triste pelo fato do livro ter terminado. Geralmente isso acontece quando a história é realmente boa e cativante e este thriller da escritora e jornalista Gillian Flynn sem dúvida possui essas características.

Os acontecimentos iniciais giram em torno dos primeiros momentos que sucedem o desaparecimento de Amy Elliott Dunne, tudo narrado por Nick Dunne, esposo de Amy. Paralelo a isso estão os relatos do diário de Amy, onde ela conta basicamente tudo o que acontece em sua vida com Nick desde o momento que se conheceram.

terça-feira, 10 de março de 2015

Resenha do livro "O Jeito Que Me Olha"



Resenha do Livro: O Jeito Que Me Olha
Escritora: Bella Andre
Gênero: Romance / Erótico / Adulto
Editora: Novo Conceito 
Número de Páginas: 272

O Jeito Que Me Olha é o primeiro livro da 2ª temporada da série Os Sullivans. Escrito pela Bella Andre, o primeiro Sullivan de Seattle foi publicado em 2014 pela editora Novo Conceito. 
A série tem nove livros publicados no Brasil, e em cada um deles é contada a estória de um(a) Sullivan. É um adulto bem levinho e recheado de romance, o que me faz derreter em cada linha.


Caso você já tenha lido os livros anteriores, não espere coisas muito diferentes dessa estória que abre a segunda parte da série denominada Os Sullivans de Seattle. A Bella Andre é conhecida por escrever livros no famoso formato "receitinha de bolo" mas eu não canso de me derreter pelos personagens gentis e lindos.
O amor verdadeiro seria uma paixão que queima com tanta força que você quase tem medo do poder que a outra pessoa exerce sobre você, da forma como o outro faz você revirar por dentro com um olhar, um toque, um beijo. [pág. 105]
- Clique em "continue lendo" para ler o restante da resenha. -


segunda-feira, 9 de março de 2015

Resenha do livro "Querido John" - Nicholas Sparks

Um livro que marcou bastante!

Livro: Querido John
Autor: Nicholas Sparks
Gênero: Romance/Drama
Páginas: 288
Editora: Novo Conceito
Ano: 2010



Sinopse: 
“Querido John”, dizia a carta que partiu um coração e transformou duas vidas para sempre. Quando John Tyree conhece Savannah Lynn Curtis, descobre estar pronto para recomeçar sua vida. Com um futuro sem grandes perspectivas, ele, um jovem rebelde, decide alistar-se no exército, após concluir o ensino médio. Durante sua licença, conhece a garota de seus sonhos, Savannah. A atração mútua cresce rapidamente e logo transforma-se em um tipo de amor que faz com que Savannah prometa esperá-lo concluir seus deveres militares. Porém ninguém previa o que estava para acontecer, os atentados de 11 de setembro mudariam suas vidas e do mundo todo. E assim como muitos homens e mulheres corajosos, John deveria escolher entre seu país e seu amor por Savannah. Agora, quando ele finalmente retorna para Carolina do Norte, ele descobre como o amor pode nos transformar de uma forma que jamais poderíamos imaginar.

"Acho que meu pai era feliz. Digo isso porque ele raramente demonstrava emoções. Abraços e beijos foram raros durante minha infância, e, quando os recebia, me pareciam sem vida, algo que ele fazia por dever, não por desejo." 

John Tyree nasceu e cresceu em Wilmington, Carolina do norte, sua mãe o deixou quando ele tinha apenas um ano, então quem o criou foi seu pai, um homem solitário, introspectivo, de poucas palavras, não demonstrava muitas emoções nem carinho, não demonstrava se importar com a vida do filho, e sua grande paixão sempre fora a sua valiosa coleção de moedas, iniciada pelo seu pai - avô de John - algo que dedicara toda sua vida, e era a única atividade que possibilitava aproximá-lo do filho. Porém, mesmo com tantas diferenças físicas e comportamentais, John tinha a certeza que o pai o amava, devido a dedicação e todos os cuidados que ele lhe dava. Conforme foi crescendo, John parou de se interessar pelas moedas, e passou a se envolver com as coisas típicas de adolescentes, e viveu uma época bastante conturbada em sua adolescência, sem qualquer propósito de vida, sem qualquer perspectiva do futuro, porém após concluir o ensino médio tomou a decisão que mudou a sua vida: Se alistou no exército. 

[Tag] Vamos falar Sobre Blog?

Você gostaria de ser blogueira? Você já escreve em um blog? Que tal conhecer um pouco das minhas motivações para ter e atualizar o LaGarota?

Assisti a essa tag no blog Livros & Fuxicos e simplesmente adorei. Daí, resolvi fazer a minha versão!  Durante este fim de semana, recebi várias perguntinhas de vocês à respeito do blog LaGarota e eu as respondi neste vídeo! Infelizmente, tive um probleminha com a minha câmera e tive de gravar em minha WebCam, então, a qualidade está péssima! Mas, eu realmente espero que dê pra vocês curtirem as respostas! Então bora...?

sábado, 7 de março de 2015

[Caixinha de Correio] Fevereiro de 2015

Em Fevereiro, eu recebi muuuuita coisa boa! Este início de ano foi perfeito para o LaGarota. Um monte de editora parceiras confiaram no meu trabalho como blogueira e isso me deu alguns créditos para ter em minha estante alguns livrinhos a mais sem gastar! Uhul! Mais leituras para cá! 

Mas enfim, como eu estava falando... Fevereiro foi um mês que eu recebi muita coisa! Fora do comum!  O vídeo ficou extremamente recheado! Vale a pena conferir o que tem de bom e novo na estante!


Não se esqueça de se inscrever no Canal do Youtube LaGarota! Lá você encontra um montão de vídeos do blog  antes mesmo de serem postados aqui. Ah, claro!, não se esqueça de curtir nossa FanPage também, lá, por sua vez, eu posto fotinhas dos livrinhos que recebi, novidades do universo literário e coisas em tempo real!

Lista de Livros Recebidos:

  1. Boa Noite, Estranho (Parceria - Editora Novo Conceito)
  2. Três Dias para Sempre (Parceria - Editora Novo Conceito)
  3. Quando um Homem ama uma Mulher (Parceria - Editora Novo Conceito)
  4. Tudo o que um Geek deve Saber (Parceria - Editora Novo Conceito)
  5. Eu fico Loko (Parceria - Editora Novo Conceito)
  6. As cores do Entardecer (Parceria - Editora Novo Conceitoo)
  7. Diário de um Adolescente Apaixonado (Parceria - Editora Novo Conceito)
  8. O reino Secreto de Todo (Parceria - Editora Novo Conceito)
  9. Entre o Agora e o Nunca (Parceria - Editora Suma de Letras)
  10. A Mais Pura Verdade - Livreto (Parceria - Editora Novo Conceito)
  11. Uma proposta Sedutora (Parceria - Editora Charme)
  12. Sem Esperança - Hopeless #2 (Comprado)
  13. A morte de Sarai (Parceria - Editora  Suma de Letras)


sexta-feira, 6 de março de 2015

Resenha do livro e filme "A Culpa é das Estrelas"

Na minha cabeceira junto com outros livros perfeitos 

A Culpa é das Estrelas
Autor: John Green
Gênero: Romance/ Drama 
Nº de páginas: 288
Editora: Intrínseca
Ano: 2012

Sinopse: A culpa é das estrelas narra o romance de dois adolescentes que se conhecem (e se apaixonam) em um Grupo de Apoio para Crianças com Câncer: Hazel, uma jovem de dezesseis anos que sobrevive graças a uma droga revolucionária que detém a metástase em seus pulmões, e Augustus Waters, de dezessete, ex-jogador de basquete que perdeu a perna para o osteosarcoma. Como Hazel, Gus é inteligente, tem ótimo senso de humor e gosta de brincar com os clichês do mundo do câncer - a principal arma dos dois para enfrentar a doença que lentamente drena a vida das pessoas.

Inspirador, corajoso, irreverente e brutal, A culpa é das estrelas é a obra mais ambiciosa e emocionante de John Green, sobre a alegria e a tragédia que é viver e amar.

"Acredito que o universo quer ser notado. Acho que o universo é, questionavelmente, tendencioso para a consciência, que premia a inteligência em parte porque gosta que sua elegância seja observada. E quem sou eu, vivendo no meio da história, para dizer ao universo que ele, ou a minha observação dele, é temporária?" 

Hazel Grace é uma garota divertida que incrivelmente não tem medo da morte pois ela sabe que mais cedo ou mais tarde vai embora para sempre e tudo por causa do Câncer. As únicas razões para ela não desistir de viver são seus pais e um remédio chamado Falanxifor que é um tipo de droga que deu certo para manter seus pulmões estáveis por um bom tempo. Se apaixonar no momento, para ela, estava fora de cogitação e é uma pena que o destino não concorde com ela quando o lindo Augustus Waters entra em sua vida. Augustus é um garoto mega divertido e meigo, o tipo de garoto que é impossível não se apaixonar. Eles irão descobrir que a vida é uma grande montanha russa que sobe mas as vezes desce. 

Clique em "Continue Lendo" para ler a resenha completa.

quinta-feira, 5 de março de 2015

Resenha do Livro "Sem Esperança", Hopeless #2, de Colleen Hoover






























Sem EsperançaO livro "Sem Esperança" é uma releitura da obra "Um Caso Perdido" e não uma continuação. Neste segundo volume, lemos a mesma estória narrada no primeiro, porém, com uma única diferença: agora é o ponto de vista do Holder.


Título: Sem Esperança - Hopeless #2
Autora: Colleen Hoover
Editora: Galera Record
Ano: 2014
Páginas: 317
Gênero: Drama | Romance

Antes de mais nada eu preciso escrever que eu sou fan número 1 da Colleen Hoover. Acho que de tanto eu repetir isso, todos já decoraram! Por isso, por ser fan e adorar sua escrita, e tudo mais, fui com altas expectativas para ler a obra. Não vou descrever como é a estória porque é a mesma do primeiro, então, acho desnecessário.

Preciso que ela entenda que estou tentando. Talvez eu não esteja bem e talvez nunca descubra como superar a morte de Less, mas estou tentando. (Pág. 152)


*** PODE CONTER SPOILER DE "UM CASO PERDIDO - O PRIMEIRO LIVRO DA SÉRIE"

Quando decidi ler "Sem Esperança", esperava que fosse encontrar dezenas de páginas sobre o passado de nosso Holder ou da Less. Imaginei que a autora exploraria cenas que não foram narradas no primeiro. Claro! Pensei que tivessem cenas de "Um caso perdido" mas que não atesse a isto. Eu queria muito que fossem incluídas cenas de Holder e sua vida social longe de Sky. Mas não foi o que aconteceu. Isso me frustrou muito! Foi narrada a mesma estória, exatamente!, sem acrescentar muita coisa sobre Holder. No máximo as cartas que ele escrevia desbafando. Para ter uma noção,  nem conheci seus pais direito, só soube que Holder estava afastado do pai e vivia com a mãe, conheci muito pouco da relação entre Holder e eles, ou até mesmo sobre sua irmã. Colleen não explorou nada disso. O livro todo girou em torno de Sky. Para dizer a verdade, a estória foi começar mesmo só quando ela encontrou Holder. Eu tive a sensação de que a autora apenas mudou o narrador e incluiu algumas cartas à obra. No geral, não trouxe nada de muito novo!

Clique em "Continue Lendo" para ler o restante da resenha!

Quartos de Blogueiras que me Inspiraram

Quem acompanha meu blog sabe que eu amo toda aquela coisa de "Vintage" e "Provençal" e que também passei um bom tempo arrumando meu quarto novo. Meus pais fizeram um cantinho pra mim e eu quis deixá-lo a minha cara. Pra isso, eu busquei inspiração em algumas blogueiras que têm quartinhos lindos. Querem saber quais foram algumas delas? Então bora!
O primeiro quarto que eu me inspirei foi o de Melina Souza.
O quarto da blogueira é simplesmente fofo. Acho que as actions que ela usa em suas fotografias o deixam mais fofo do que ele realmente é. Mas, de qualquer forma, adoro seus quadrinhos estilo provençal e as fotografias coladas na parede em formato de coração.  

Mesmo sendo tudo muito lindo, não era muito isso que eu queria pro meu cantinho... Eu queria essa fofura, mas queria uma fofura diferente! O quarto dela é lindo mas eu realmente acho que falta alguma coisa. Pelo menos para o meu ser assim... Então... Eu fui procurar!

Quarto de Melina Souza - Olhe na parede do corredor as fotinhas em formando um coração <3

Clique em "Continue Lendo" para ler o restante do Post!

segunda-feira, 2 de março de 2015

[Fotos] 11 Livros para 2015

Mas é claro que eu tenho mais de onze livros que estão em minha estante e que eu pretendo ler em 2015. Mas, eu resolvi elencar algumas prioridades, que podem deixar de ser prioridade se algum lançamento assim muito bom chegar até a minha estante e eu ser "obrigada" a colocá-lo na frente da minha listinha de leitura.De qualquer forma, mudando ou não, resolvi fazer a minha listinha de prioridades. Vem conferir o que eu tenho na minha estante e que eu quero muito, mas muito!, ler ainda este ano, se os Deuses permitirem!Obs: Uma metade de fotografias ficaram perfeitas, a outra, ficou bem ruinzinha. Isso se deu porque separei para bater essas fotos em dois e acabou que a iluminação de um desses dias estava escassa! :( 1 - Travessia - Série Destino #2Comecei a ler a série "Destino" muito novinha, acredito que volta dos meus quatorze anos, época em que estava virando moda ler distopias (Conheça outros livros do gênero). Eu segui para livros como "Sangue Quente" (Leia a Resenha Aqui). Comprei a segunda continuação há bastante tempo mas a deixei na estante porque fiquei descontente com o rumo que o primeiro livro tomou. Porém, como não gosto de iniciar uma série e não terminá-la, pretendo ir até o fim! 
2 - Estilhaça-me
Já sei! Você está se perguntando "Como eu à essa altura do campeonato ainda não li "Estilhaça-me?" Pois é, eu sei! Eu realmente sei que tenho que ler esta obra. Todos falam, todos arregalam os olhos quando digo que "não li". Mas vou pessoal! Até mesmo porque essa capa é perfeita e é uma pena eu não passar um tempinho com ela nas mãos, ao invés de na estante!

domingo, 1 de março de 2015

Estamos em Manutenção!

Pessoal! Nosso blog está entrando em manutenção para alterar os pequenos detalhes do nosso novo layout! <3 Estou super animada! Desculpem-me o transtorno!
 
Design exclusivo | Cópia proibida © 2016