Louca sua miga

segunda-feira, 23 de fevereiro de 2015

Então... Eu assisti a "50 Tons"

Bem... está todo mundo comentando sobre, então, também irei comentar! Quem aqui assistiu ao sucesso de bilheteria "50 Tons de Cinza"? Acredito que muita gente já respondeu "Sim", mas, muita também respondeu "Não". Pois bem... O fato é que "O troço é realmente bom". Não "bom" do jeito que você imagina ou do jeito que eu esperava. Mas extremamente bom por outro lado!

Cenas do filme "50 Tons de Cinza"

Antes de ir assistir ao filme, meu namorado me mostrou um artigo escrito por uma psicóloga e psiquiatra extremamente interessante e que me fez refletir sobre a trama antes mesmo de assisti-la, coisa de doido, não? Pra quem não sabe, eu sou apaixonada por Psicologia, apesar de cursar Publicidade e Propaganda, mas, as duas áreas acabam se interligando! Então, tudo bem!

No artigo, a profissional escrevia sobre os telespectadores, principalmente do sexo feminino, quererem aquilo que passa no filme para suas vidas. Até aí, tudo bem!, quem nunca sonhou com um príncipe encantado que passou na Sessão da Tarde quando era adolescente, hein? Isso é extremamente natural. Natural quando se deseja algo que não é doentio! É aí que a reflexão da psicóloga/psquiatra entra.





Jamie Dornan no papel de Christian Grey
Na faculdade, em casa, na roda de amigos e até mesmo no trabalho estou ouvindo pessoas falarem sobre o filme. Mas falarem sobre o glamour e o jeito sexy da trama. Ouvi que queriam algo mais quente, oi?, também escutei frases desejando que protagonista fosse real, oi?.

Acontece que não enxerguei nada de glamour em "50 tons". Gostei dele por causa disso! Temos um protagonista doente, que foi abusado, fisicamente e mentalmente quando jovem e, como normalmente acontece, seu cérebro quer passar de "oprimido" para "opressor", aquela velha história que o senso comum repete realmente acontece na vida real! Oras... Não é que um estuprador tem altas chances de ter sido abusado em seu passado? 

Nosso Grey é um desses caras. Ele tem uma "sala de jogos" que não tem nada de sexy. Eu diria que tem algo de "macabro". Nosso Grey sente prazer quando causa a dor em outra pessoa, fazendo o mesmo que fizeram com ele. Nosso Grey, apesar de lindo e bilhionário, não consegue amar, se envolver ou sentir algo além de prazer quando causa a dor em alguém. Como é que as pessoas querem uma pessoa dessas na vida real perto delas? Como é que esses telespectadores se apaixonaram por ele e não sentiram pena e quiseram levá-lo a um médico, um psicólogo? Não consigo entender como consegui ouvir mulheres ao meu lado desejando as situações de Steele para sua vida. Oi? Como vocês conseguem? Se puderem me responder...

Cena do filme "50 Tons de Cinza"

É importante ressaltar que eu não li a obra, apenas assisti ao filme. Então, conclusão a que cheguei foi a seguinte: O livro até pode ser erótico. Mas o filme NÃO É! Aquilo lá deveria ser classificado como thriller psicológico! Eu já li inúmeros thrillers e sei que estas obras provocam o mesmo sentimento que "50 Tons" provocou em mim! A adaptação é para se refletir e não para copiar em vida real. Achei o filme realmente muito bom, mas não como romance!


4 COMENTÁRIOS:

  1. Gostei do post Mar.
    Eu adoro a trilogia, embora eu não tenha ficado contente com o filme eu esperava mais.
    Eu gosto da trilogia porque eu vejo o romance por trás de tudo e o modo como o romance evolui, tanto é que eu gosto mais do 3° livro do que do primeiro. Acho que no 3° livro ele está mais mudado e tem mais romance do que chicotadas.
    E quando eu li eu não fiquei com vontade de passar por nada do que ela passa, mesmo sendo com o lindo do Sr. Grey, respeito quem tem gostos peculiares como esse desde que seja de forma consensual, mas isso de chicotadas não me atrai pessoalmente.

    Beijos :)

    ResponderExcluir
  2. Olá, Mar
    Entrei no seu blog para conhecer, por uma indicação do twitter e acabei lendo seu post sobre o filme 50 Tons de Cinza. Eu não vi ainda o filme, mas li os livros e gostei muito do que você escreveu! Parabéns! Aproveitando que estou aqui e não consigo outra forma pra me comunicar com você, queria te dizer que parece que o seu menu principal do blog não está funcionando (onde você tem "início", "livros", ... "contato"... pelo menos, aqui no meu computador não tem como clicar nessas abas.
    Parabéns mais uma vez pela resenha! Outro dia volto no seu site para conhecer melhor!

    Um abraço,
    E. Samuel
    As Quatro Portas do Tesouro - Em Busca do Amuleto de Aloni
    www.asquatroportasdotesouro.com

    ResponderExcluir
  3. Adorei sua analise sem suspiros ai,ai,ui,apenas uma relato do que viu sem julgamentos muito boa bjos

    ResponderExcluir
  4. Eu não li ainda e eu acho muito errado as pessoas crucificarem só por caisa das atividades a maioria não sabe a parte psicológica e já vem julgando! Recebi muitos spoiler (minha tia já leu) e até da pra entender o por que do Dr.Grey ser assim.

    ResponderExcluir

Olá, escreva o quanto e o que você puder...

 
Design exclusivo | Cópia proibida © 2016