Louca sua miga

segunda-feira, 8 de dezembro de 2014

Resenha do livro "Eleanor & Park"

"Meu"  Eleanor & Park, que não é meu! E da biblioteca!
Eleanor & Park
Livro: Eleanor & Park
Autora: Rainbow Rowell
Editora: Novo Século
Gênero: Drama / Young Adult
Ano: 2014 (Brasil)
O livro "Eleanor & Park" é um Young Adult escrito por Rainbow Rowell e publicado no Brasil pela editora Novo Século. As páginas contam a história de dois adolescentes que estão na faixa-etária dos dezesseis anos. Ele, um mestiço, mistura de coreano com americano. Nunca foi zoado, mas só porque namorou a menina mais popular da escola e o namoro lhe deu um status. Não fosse isso, Park tinha certeza que estaria no grupo dos excluídos. Ela, ruiva, grandona, desajeitada, usa roupas masculinas e é constantemente zoada pelos colegas de classe. Seria improvável que nascesse um amor alí. Mas nasceu. Da forma mais imperfeita nasceu um amor verdadeiro.


"Eleanor & Park" um amor imperfeito e extraordinário
 Eu tinha ido até a biblioteca da minha cidade vizinha locar a coleção "Jogos Vorazes". Assim que assiti ao terceiro filme me apaixonei e quis ler todos os livros. Mas, quando cheguei lá, "Eleanor & Park" estava na prateleira dos livros "novos" da biblioteca. A tentação foi grande. Abandonei a coleção de Suzanne Collins e trouxe a da Rainbow comigo. Afinal, não era mal o que se falava por aí deste livro. Falava-se bem! E muito!


O enredo não traz nada de muito diferente. Uma estória geek, com dois personagens apaixonados por música, leitura, e tudo o que o universo geek oferece e o sentimento de amor que envolve os dois. Esse enredo é interessante mas não é inovador. Até me cativou, mas senti que faltou algo.

A narração achei um tanto complicada. Várias vezes eu tive de reler algumas partes para entender o que estava acontecendo. Não sei ao certo se o problema estava em mim, se estava cansada ou desatenta, ou se era no talento de Raibow mesmo. A estória é divida em dois pontos de vistas, o de Eleanor e o de Park, porém, contrariando o costume dos livros desse estilo, não temos a primeira pessoa do singular. E, sim, a terceira! Isso me deixou confusa... Como um narrador em terceira pessoa que, teoricamente, enxerga tudo por fora, pode detalhar os sentimentos e pontos de vistas de cada um, cada hora de um personagem? Acho difícil se envolver lendo uma narração tão distante assim. A terceira pessoa do singular faz isso... Distancia o leitor dos sentimentos da personagem! Quando estamos lendo em primeira, quase que sentimos o que é narrado. Acho que dá certo dividir os livros dessa maneira, acaba deixando o livro rico!, porém, acho que em primeira pessoa dá um resultado bem melhor!


Lendo "Eleanor & Park" ao sol e na grama

Quanto às personagens, nas primeiras páginas, senti falta da idade exata de Eleanor e de Park. Posso ser detalhista, mas gosto de ter a idade das personas em mente. Gosto de imaginar se elas são maduras para a idade, infantis, e posso imaginar o que esperar delas! Afinal, não posso esperar uma atitude madura de uma menina de 14 anos, porém, posso se ela tiver 18! Porém, a idade foi dada só depois de bastantes páginas!

Além disso, eles eram um tanto diferentes. Não me identifiquei com nenhum dos dois. Exceto com o cabelo ruivo, sou louca pra pintar o meu dessa cor! Eles me pareceram um tanto longe da realidade que eu vivo. Mas isso é um ponto muito pessoal. Talvez você tenha um amigo, um parente ou alguém que lembre Eleanor ou Park. Ou você mesmo lembre!

Quote de "Eleanor & Park" publicado na fanpage LaGarota

O físico do livro é simplesmente um xodó. Quis tê-lo em minha estante só por causa dessa capa. Cores nudes, pasteis, todas combinando entre si. Os desenhos com as caraterísticas de cada personagem e a música ligando eles (Apesar de eu achar que deveria ter sido um gibi! E não uma música!)... Tudo isso ficou perfeito! É quase que um trabalho artístico...! Amei, amei e amei!

O exemplar que eu loquei na Biblioteca mais minhas unhas inspiradas no livro!

Não me matem! Mas estou me questionando até agora porque tantas pessoas classificaram este livro como um dos melhores que já leram. Ou não leram os que eu li, que são bem fortes e emocionantes, ou eu estou bem maluca! Ou talvez nossos gostos e épocas em que lemos tenham sido apenas diferentes. Mas, de qualquer forma, achei um bom livro. Um final... Que não é empolgante, é triste! Mas, nada de mais! Nada que me fizesse chorar...! Porém, é uma boa leitura! 

Quote do livro publicado na fanpage LaGarota

Classificação:



5 COMENTÁRIOS:

  1. Oie, então não foi só você que não gostou do livro não! Na verdade conheço mais duas pessoas que não gostaram tanto assim dele, e por mais que ele não seja o meu favorito da autora, esse seria Fangirl, eu ainda sim acho que ele tem seu lugar aqui, parabéns pela resenha e as fotos estão lindas.
    Bjs
    http://www.starbooks.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Ganhei esse livro de presente de aniversário adiantado. Achei o físico muito lindo, os desenhos e etc. Mas confesso que fiquei um bocado desanimada com a leitura após ler os detalhes que você deu. Também não gosto desse tipo de enredo... Enfim, mesmo assim vou tentar lê-lo para ver o que acho. Espero que não me decepcione, haha.

    *dustyreliquary.blogspot.com.br*

    ResponderExcluir
  3. Oi!
    Mar, também pensei a mesma coisa. Muita gente adorou, amou o livro, mas não foi isso tudo para mim. Eu achei que as coisas demoram a engrenar, ficaram se estendendo. É um bom livro, mas nada extraordinário.
    E o final?? Ah! Fiquei com uma angústia. Depois de tanto sofrimento poderia ter tido um final feliz feliz feliz.
    Ah! Eu fui na bienal e o cara do stande disse que algo sobre a autora querer publicar uma continuação. Não sei se ele falou sério ou por alto.

    Beijos!

    ResponderExcluir
  4. Eu gostei da história e do jeito que ela foi apresentada mas não chegou a ser o meu livro favorito como vi em tantos blogs, sabe? Achei fofo, gostei da Eleanor mas o final eu achei meio confuso, não sei se interpretei direito, hehehe!
    Adorei a resenha!

    ResponderExcluir
  5. Nossa que resenha linda, o post inteirinho com as ilustrações ficaram top, esse livro está na minha lista a séculos, quero muito ler e espero gostar! :)

    PS: Ei Mar, vi seu comentário lá no meu blog não fique chateada flor, o seu trabalho (layout) ficou divino, se eu não gostasse teria dito na hora que você me mostrou a previa, o que acontece é que eu estou dando uma repaginada no blog porque vou mudar o domínio, quero abordar outros assuntos e o nome do meu blog se limita muito concorda?! E com a troca de dominio isso vai exigir uma mudança radiacal no visual do blog, e inclusive estão ficando de ferias do meu cantinho a partir dessa segunda-feira, justamente para dar andamento a essa nova faze do blog, só voltarei com ele em janeiro para começar o ano com tudo novo e varias novidades, espero te ver por lá para saber o que você achou e conferiar as surpresas que tenho para 2015. Desculpa esse texto todo, mas senti que te devia essa explicação, não quero você pensando que não gostei do layout pelo contrario eu amei, mas infelizmente não terei como usá-lo para essa nova fase do meu cantinho. :/
    E o novo layout eu ganhei de presente de amigo invisível então por isso não gastarei nada com essa mudança, caso contrario contrataria seus serviços mais uma vez.

    Aah e só para deixar claro ainda vou falar de literatura no meu novo blog!

    http://livrosseriesecitacoes.blogspot.com

    ResponderExcluir

Olá, escreva o quanto e o que você puder...

 
Design exclusivo | Cópia proibida © 2016