Louca sua miga

segunda-feira, 10 de novembro de 2014

Resenha do livro "Onde deixarei meu Coração"


"Onde Deixarei meu Coração" conta a estória de Bea, uma menina que faz tudo perfeitamente correto. Ela é estudiosa, não dá trabalho aos pais, não bebe nem volta tarde para casa tarde. Ayesha, uma antiga amiga, um dia estranhamente procura Bea e a convida para andar com seu novo grupinho de amigas populares. Mesmo com um pé atrás, ela aceita. As meninas então a convidam para viajar até a Espanha e curtir as férias. Com muito suplício, a mãe controladora de Bea aceita o pedido e deixa a filha viajar para o outro lado do mundo acompanhada apenas das "novas amigas". A mãe não queria deixar, além de querer exercer o controle pela filha, porque o pai de Bea, que sumiu quando ela nasceu, era francês e a menina estaria muito perto de encontrá-lo. Parece que essa viagem não seria tranquila...

Onde Deixarei Meu Coração
Resenha do Livro: Onde Deixarei meu Coração
Autora: Sarra Manning
Número de Páginas: 334
Gênero: Drama / Young Adult
Editora: Galera Record
Ano (Brasil): 2014


Sarra Manning, a autora, é uma escritora para adolescentes. E eu fui pega de surpresa. Não a conhecia! E cai naquela de julgar o livro pela capa! A arte brasileira ficou perfeita! Todo o estilo vintage francês pelo qual a protagonista é apaixona foi muito bem expresso na capa! Porém, essa arte deu um ar adulto para o livro. Eu realmente pensei que ia ler uma estória mais adulta do que a que eu li! Eu entendo o porquê da capa ter sido do que jeito que foi, mas acho que poderiam ter dado um toque mais jovial, puxado para os 16 anos, para expressar claramente para qual público é o livro.

Voltando a falar sobre Sarra, sua narração é muito gostosa de acompanhar: um texto bem mastigado com uma velocidade legal! Não tive problema algum com a narração da autora! Afinal, o livro é para jovens e obras assim são obrigadas a terem um texto bem mastigado e de fácil leitura, não é? Manning soube criar várias tramas, uma atrás da outra, uma diferente da outra, para prender o leitor. Eu só não li mais rápido, demorei três semanas para terminar!, porque eu realmente estava procurando algo mais adulto! Adulto que eu digo é a história adulta, e não personagens adultos! Ok? Estórias mais complexas, elaboradas, e blah blah blah

Eu com meu exemplar "Onde Deixarei meu Coração"


Quanto aos personagens... Eu quase me apaixonei pelo par romântico de Bea. Sério! Só não me apaixonei porque a autora não desenvolveu mais ele. Porém, se tivesse feito, iria ser perfeito! A mãe de Bea me pareceu um pouco superficial, as avós mudavam de ideia muito rapidamente e Bea... Bea era Bea! Eu super me identifiquei com ela! De cara me identifiquei! Não que minha mãe seja repressora, tá gente? Eu que sou uma revoltada sem causa! Sem sal! Mas eu realmente entendi porque ela era sem sal! A mãe dela, repressora, não deixava a menina descobrir quem ela era, do que gostava e todas aquelas coisas de adolescentes...

Estavam todos no meio da vida, e eu estava presa a um lugar, incapaz de ir para a frente ou para trás. Estava sozinha. (Pág.183)

A trama... bem, o final me surpreendeu! Não o final do par romântico, mas o final do pai! O desfecho do romance entre Bea e Toph ficou um pouco clichê, mas o que aconteceu com o pai foi... bem... interessante! Eu realmente não esperava por aquilo! Não mesmo!

Grossura do livro "Onde Deixarei meu Coração"
De forma geral, é um ótimo livro! Um ótimo livro para o público dele! Eu gostei muito de "Onde deixarei meu Coração", não foi um livro que me marcou, mas também não foi aquela obra que você vai empurrando com a barriga e parece um suplício ter que parar para ler. É um livro que você para para ler e passar o tempo.

Classificação:


6 COMENTÁRIOS:

  1. Nossa eu não sabia que era um livro mais adolescente, realmente a capa não demonstra isso.
    Gostei muito da sua resenha :)
    Vou procurar alguma promoção dele, quem sabe não compro :D
    Beijos!
    tamigarotaindecisa.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  2. Oi Mar, tudo bem?

    É meio ruim quando achamos que o livro é uma coisa e quando vamos ler ele é outra. A capa tem um grande papel na formação de opinião É linda, mas desconexa. Beijos!

    https://euvivolendo.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  3. Oi Mar, tudo certo?
    Primeira vez que venho aqui e adorei seu blog!
    A capa desse livro chama muito a minha atenção, mesmo eu nunca tendo parado pra ler a sinopse.
    Eu também achava que se tratava de algo mais adulto, a capa deu essa impressão.

    Beijos

    ResponderExcluir
  4. Gostei muito da premissa do livro, parece ser bem legal!Já está na minha lista, e essa capa é uma fofura, simplesmente linda!! Beijos
    http://chuvacobertaelivros.blogspot.com

    ResponderExcluir
  5. Oi Mar, amei a resenha, parece ser o livro que estou procurando para lê... Me identifiquei com Bea, talvez pelo jeito mais certinho dela e acho incrível ela fazer a viagem a Espanha e depois a Paris, pelo que entendi ela estaria em uma descoberta de algo diferente na sua vida, ou até mesmo do pai e encontra o Toph que (espero) seja uma mudança na vida dela <3 Espero lê o livro ainda esse ano... Abraços :)

    ResponderExcluir
  6. Oi! Eu vi esse livro no instagram e fiquei imediatamente apaixonada pela capa.
    AMO esse estilo vintage, acho que nasci na década errada, rsrs
    Paris é um dos lugares que eu tenho vontade de conhecer e então fiquei super animada. Mas.... lendo a sua resenha, fico meio preocupada se realmente eu gostaria desse livro. E como a Galera Record abusa um pouquinho dos preços às vezes... rsrs Terei que caçar uma promoção no submarino.hahahaha
    Obrigada por compartilhar!!
    Beijos

    ResponderExcluir

Olá, escreva o quanto e o que você puder...

 
Design exclusivo | Cópia proibida © 2016