Louca sua miga

quarta-feira, 24 de setembro de 2014

Resenha do livro "O Amor Não Tem Leis", de Camila Moreira

Oi, pessoal, tudo bem? Hoje trago a resenha de mais um livro favorito: O Amor Não Tem Leis, da autora nacional Camila Moreira. Vamos conferir?
Título: O Amor Não Tem Leis - Livro 1
Autora: Camila Moreira
Editora: Suma de Letras
Ano: 2014
Gênero: Romance Erótico (+18)
Classificação:  
Confesso para vocês que esse é um dos meus gêneros favoritos, e quando vi inúmeras críticas positivas sobre ele, sabia que teria que ler imediatamente. Além disso, é de uma autora nacional, o que me deixou ainda mais curiosa. E o melhor de tudo é que todas as minhas expectativas foram atendidas.

Alexandre Ferraz é um advogado muito renomado, se não o melhor da área criminalista. Ele assumiu o escritório do pai após sua aposentadoria, juntamente com o irmão mais novo, Diego. Além da sua capacidade como profissional, ele está muito ciente da reação que desencadeia nas mulheres. Ele é lindo, gostoso, sexy; praticamente o sonho de qualquer mulher. E claro, o tipo de cara que usa isso a seu favor, mas nunca se compromete.
Maria Clara é a versão feminina de um típico cafajeste (ou do próprio Ferraz, se você preferir). Uma mulher linda, gostosa, que adora sexo (e não nega) e também evita se relacionar a longo prazo.
"Arrogante? Talvez. Confiante? Sim. Modéstia à parte, eu sei do que sou capaz." (pág. 9)
Clara precisa cumprir horas em um estágio para conseguir seu diploma em Direito, e como sua amiga Priscila é irmã de Alê e Diego, ela consegue ser estagiária na empresa Ferraz, mais especificamente, a estagiária de Alexandre Ferraz. Ambos são extremamente confiantes, e imediatamente se sentem atraídos um pelo outro. Já comecem a imaginar a loucura que serão esses encontros - sim, muita tensão sexual!
"Apenas um olhar. Era tudo que o Alexandre precisava me dar para que eu sentisse todas aquelas sensações sem sair do lugar." (pág. 128)
Maria Clara passou por uma drama há alguns anos que marcou sua vida de forma irreparável. Isso a tornou uma mulher muito forte em alguns aspectos, porém em outros ficou ainda mais frágil. Essa é a razão pela qual ela não consegue se entregar completamente a um relacionamento. É o que percebemos, conforme ela toma algumas atitudes em relação ao casal. Confesso que algumas me incomodaram um pouco, pois demonstraram que ela permite que seu drama a impeça de ser completamente feliz em um relacionamento.
"Uma semana foi o tempo que ele precisou para descobrir como chegar até o meu coração. Mas eu não estava preparada para me apaixonar, para amar de novo, enfim, não estava preparada para viver." (pág. 106)
"A dor de se perder alguém que se ama é insuportável, e o estrago na alma nos acompanha por toda a vida." (pág. 45)
Logo que comecei a leitura, ainda nas primeiras páginas, já percebi que iria adorar a relação dos personagens principais. Com a narrativa em primeira pessoa, e alternando entre os pontos de vista de Alê e Clara, a leitura flui de forma gostosa e rápida. A maneira como a autora escreve prende o leitor desde o começo, com suas passagens divertidas e diálogos intensos.
"O amor não tem hora para chegar, meu irmão, ele vem sem avisar e sem pedir licença." (pág. 168)
Enfim, o que o livro nos mostra é uma incrível história de redenção e entrega ao amor. Após tentarem um relacionamento puramente físico e sexual, eles percebem que tem sentimentos mais fortes um pelo outro. Assim eles se encontram em uma confusão de sentimentos. Ao mesmo tempo que tentam manter a distância um do outro, percebem que não conseguem ficar longe.
"Queria que ele me possuísse da forma como sempre fazia, desvendando não só o meu corpo, mas também a minha alma. Sabia que estava indo por um caminho sem volta. Mesmo assim eu caminhava sem olhar para trás." (pág. 177)
Camila complementa o livro com mais uma coisa que eu absolutamente amo: músicas. Em diversas passagens a autora cita músicas e transcreve trechos delas. E posso dizer que quase todas eu já conhecia, e adoro. Conforme via esses segmentos, ficava cada vez mais apaixonada pela obra.
"E não, com o tempo a dor não passa. Cada vez vai ficando mais difícil, a saudade machuca ainda mais (...)" (pág. 108)
"Seu olhar invadia minha alma. Queria parar o tempo naquele instante, para que pudesse ficar para sempre presa naquele sonho repleto de sentimentos." (pág. 174)
Uma coisa que me incomodou um pouco foi a capa do livro. Achei um pouco apelativa, mas, particularmente, não é uma questão que me faria desistir da leitura. Ainda assim, achei que combinou com a intensidade presente no livro, no entanto, uma capa mais discreta seria mais apropriada, na minha opinião.

O Amor Não Tem Leis foi o primeiro livro que li da autora, e, de cara, me apaixonei pela sua escrita. A sensação que tive foi que Camila entrou na minha cabeça e escreveu a história exatamente com todos os elementos que eu acho incríveis em uma obra do gênero. Foi para minha lista de favoritos sem pensar duas vezes. Estou além de ansiosa para ter a continuação.
Se você ainda acha que esse é só mais um erótico sem conteúdo, pense de novo. Ou melhor, leia! Você vai se surpreender com a carga emocional da história, e pode até ser que derrame algumas lágrimas. Leitura mais que recomendada para quem gosta do gênero.
"Nosso encaixe era perfeito, nossos corpos se completavam. Nada no mundo era tão certo quanto nós dois," (pág. 252)
"(...) eu quero que você sinta. Não quero que olhe o que estamos fazendo , pois o olhar nos engana. Você tem que ver com o seu coração, com a sua alma." (pág. 190)

1 COMENTÁRIOS:

  1. eu.to.muito.ansiosa.pra.ler.esse.bendito. HUAEHUAEHUAEHAUEHUEAUE
    pelamor, só leio resenhas positivas e minha ansiedade pra conhecer esses personagens é muito grande ;-;
    e concordo com você sobre a capa... mas eu devo ler o livro pra ver se acho que combina com a estória e-e HUAHEUAEAE

    besos
    ~nathália
    www.livroterapias.com

    ResponderExcluir

Olá, escreva o quanto e o que você puder...

 
Design exclusivo | Cópia proibida © 2016