Louca sua miga

quarta-feira, 25 de setembro de 2013

Resenha do Livro "Métrica" de Colleen Hoover


Neste momento, meus dedos estão calorosos e indecisos sobre como iniciar uma resenha de um dos livros mais lindos que eu já li. Slammed, ou melhor, “Métrica”, é uma estória emocionante, regada de muita música dos Avett Brothers, de muita poesia e de muitas lágrimas do leitor. Eu definiria o gênero do livro como Tragédia Amorosa.
Livro: Métrica ( Slammed #1 )
Autora: Colleen Hoover
Páginas: 299
Editora: Galera Record
Classificação:   ()
Compre Agora: FNAC (R$21,90) Saraiva (R$24,00) Da Folha (R$30,00)
“Layken e Will precisam se decidir se o amor é mesmo a maior das recompensas. E se estão dispostos a tudo para vivê-lo. Até mesmo magoar um ao outro. Na poesia dos dois, talvez a estrofe perfeita seja solitária e ímpar. E amor rime com dor.”
Trecho Retirado da contracapa do livro.

Suspiro enquanto penso na única coisa em que ele não está pensando. A única coisa incrivelmente relevante que não deu certo: nós dois. (Pág.240, Linha.27).

Após perder o pai para um ataque cardíaco, o restante da família de Layken, sua mãe e seu irmão de nove anos, resolvem se mudar para o Michigan. Quando a adolescente chega em seu destino, acredita que sua vida se tornará mais fácil. Mas ela estava enganada. Já no primeiro dia em sua nova casa, um garoto misterioso chamado Will faz seu coração congelar. E no desenrolas dos dias, ela perceberá que há muitos outros problemas que sua mãe, para protegê-la, não lhe conta.

Eu me sinto um pouco ridícula com ele me aparando – sou capaz de andar sozinha. Mas não reclamo, e sinto que estou traindo todo o movimento feminista. Virei uma donzela em apuros. (Pág.21, Linha.28).

O garoto tem seus 21 anos e perdeu, assim como ela, uma parte de sua família. Will parece ter de dar tudo de si para a criação de seu irmão agora, e isso atrapalha seu potencial relacionamento com Layken. Ele não consegue colocá-la nem em terceiro lugar na sua vida. Além disso, há outros impasses que impossibilitam o desenvolvimento desse amor. A vida dá um murro no rosto de Lake e constrói, com concreto, obstáculos no caminho da sua vida. A menina, tão jovem, terá de aprender além da superação, ter força. Terá de amadurecer forçada e rapidamente.

Apesar das minhas objeções, percebo, de modo ridículo, que tinha acabado de vivenciar o beijo mais apaixonado que já recebi de um garoto – e foi na testa! (Pág.34, Linha.20).

De início, imaginei que Métrica fosse mais um romancezinho mamão-com-açúcar. Mas eu estava enganada. MUITO enganada. Em um contexto emocionante, de fazer até um homem “carrancudo” chorar, Colleen narra uma estória cheia de problemas e obstáculos comuns da vida. A autora transmite a mensagem “Força” da maneira mais emocionante e apaixonante que existe. Em suma, foi o livro que me fez mais chorar em toda a minha vida.

Duvidar, eu duvidei. Mas me arrepender, não. (Pág.39, Linha.21). 

A narração conta, mesmo em meio a tantas lágrimas, com uma pitada de humor. Além disso, o jeito de Colleen escrever é direto, objetivo, rápido e apaixonante. Para ter uma ideia de como é viciante a narração: Em um dia de leitura comum só dei um intervalo quando fui forçada, mesmo depois de ter lido 150 páginas continuamente e compulsivamente.

Amplie seus limites, Lake. É pra isso que eles existem. (Pág.226, Linha.O9).

“Métrica” revoluciona as características do gênero New Adult. De maneira geral, entendem-se como N.A., aquelas estórias de jovens apaixonados que estão na fase de transição entre a adolescência e a fase adulta, estórias que são regadas de páginas narrando relações sexuais e uma pitada mais quente. Mas, este não é assim. É algo puro, amor sublime, poesia, dor, problemas, vida, família. Slammed é muito mais do que páginas de relações sexuais entre jovens, são páginas quase que ensinando como superar as fatalidades da vida. Exemplo de força. É incrível. É apaixonante. É simplesmente “Métrica”. Difícil de definir. E se fosse para fazê-lo, definiria como “Minha Tragédia Amorosa Predileta”.

Ao deitar e fechar os olhos, tomo uma decisão. Will não vai ser mais minha prioridade número um. Minha mãe em primeiro, depois Kel e, por último, a vida. Finalmente. Ele não mexe mais comigo. (Pág.24, LinhaO8).

Obs: Após a leitura, fiquei com a frase repetida várias vezes por Will na cabeça: “Isso não é uma boa ideia”.

Compre Já o Seu Exemplar de “Métrica”:
FNAC (R$21,90) 
Saraiva (R$24,00) 
Da Folha (R$30,00)

2 COMENTÁRIOS:

  1. Eu li esse livro por indicação , em dois dias eu devorei de tao apaixonada que fiquei por essa historia ; ( ainda estou) e hoje indico a tooodos. Ele é perfeito vale a pena ler *-*

    ResponderExcluir
  2. Bom,como havia comentado no Facebook,estava louca pra ler,enfim...comprei após ver sua resenha e amei,tudo que vc descreveu realmente foi o que tbm senti (talvez com menos lágrimas kk),mas o livro é muito bom.Obrigado pela dica !!!Já vou ver a resenha dos outros livros e me programar para adquiri-los.bjos

    ResponderExcluir

Olá, escreva o quanto e o que você puder...

 
Design exclusivo | Cópia proibida © 2016