Louca sua miga

domingo, 4 de agosto de 2013

Resenha do Filme "Minha Mãe é Uma Peça".

Uma das melhoras comédias já lançadas. A espontaneidade brasileira de mãos dadas com a criatividade e o "jeitinho brasileiro". "Minha mãe é uma Peça", sem dúvidas, é uma perfeita dica para qualquer horário de seu dia, de sua noite, para qualquer companhia.
Título: Minha Mãe é Uma Peça
Gênero: Comédia Brasileira
Ano: 2013
Duração: 95min.
Classificação: 
Um enredo que todos utilizaram como realidade em alguma parte da vida, seja como mãe, como filho, ou como parente. O filme toma Dona Hermínia como protagonista e relata o momento desagradável no qual ela viveu após ouvir uma conversa sobre ela entre seus filhos, o ex-marido e a nova mulher perua dele. Nessa conversa, Dona Hermínia ouviu de seus filhos o que não esperava ouvir. Chateada, essa mãe, que dedicava todo o seu tempo a sua  família, decide se rebelar e abandonar tudo durante algum tempo. Tempo suficiente para os filhos perceberem como a ausência desta mãe é ruim, tempo suficiente para arrancar muitas e boas gargalhadas da plateia.


O Cenário das comédias brasileiras, sem dúvidas, se diversificou. Ampliou horizontes e criou novos talentos. Com toda certeza, "Minha Mãe é uma Peça" é um dos integrantes de uma lista imensa de ótimas comédias desse cenário. Isso porque a trama reúne o ar de espontaneidade e o entrelaçado dos relatos da protagonista sobre passado e presente, aumentando a riqueza do enredo e se diferenciando das comédias estereotipadas e sem graça. Esse entrelaçado foi bem-feito e conduziu o telespectador ao final com leveza e diversão. Nada complicado de se entender. Nada daquele pensamento "Isso está acontecendo ou a personagem está se lembrando? Ou sonhando?"

Particularmente, não sou fan de comédias estrangeiras. Ao contrário das brasileiras, as estrangeiras utilizam piadas estereotipadas e sem graça. Piadas que dá para perceber que nem que a conta, ri. Essas comédias são muito "combinadas", marcadas, "anti-natural". Aquelas do tipo "Disney". E foi o que mais me encantou em "Minha mãe é uma Peça", não há nada que consiga encaixar em um padrão certeiro. É tudo muito espontâneo, natural, mais perto do real.

O gênero "comédia brasileira" vem com tudo. Afinal, é espontâneo, tem os melhores atores, o famoso "jeitinho brasileiro", a plateia mais calorosa e as melhores, e mais engraçadas estórias. Claro! Mas, agora quero ver qual filme irá alcançar o patamar de "Minha mãe é uma Peça". Um filme perfeito para qualquer horário, data e companhia.

6 COMENTÁRIOS:

  1. Olá,adorei o seu blog,você está de parabéns, sempre atualizada com os assuntos e ativa,gosto de livros,mas lendo as resenhas do seu blog,fiquei com mais vontade de lê-los ainda.
    Beijo, Janaina

    ResponderExcluir
  2. Amei o post amor, ah eu ja vi esse filme, ri demais, e olha que odeio comédia, aushaushauhs, beijos! - www.maisqueumrotulo.com

    ResponderExcluir
  3. Gosto bastante de filmes nacionais, mas todo mundo comentou muito bem sobre esse filme, e pelas reportagens que vi, achei que ia ser melhor. A comédia é até boa, mas os personagens gritam demais durante o filme, e achei o final muito enrolado, e quando acabou, acabou sem graça, sei lá, não me conquistou...
    Dona Hermínia tem um pouco de cada mãe, mas a voz e os gritos acabaram com o filme pra mim ._.

    Adorei o blog, estou te seguindo. Beijos :*
    Claris - Plasticodelic

    ResponderExcluir
  4. NOSSA AMEI O FILME...MUITO LEGAL!!

    ResponderExcluir

Olá, escreva o quanto e o que você puder...

 
Design exclusivo | Cópia proibida © 2016