Louca sua miga

sábado, 11 de maio de 2013

A Escola Literária da Atualidade

 Estive pensando sobre o momento cultural que estamos vivendo...
 Épocas atrás, uma linha de raciocínio, um grupo de características influenciavam diretamente nossa literatura e nosso modo de ver a vida. Eram as chamadas escolas literárias. Exemplos são o romantismo, o realismo, o parnasianismo, entre outras dezenas. Todas elas em sua época influenciaram autores, compositores e a população, pelo menos a elite da época. Essa influência fazia com que todas as produções e expressões artísticas tivessem um ponto em comum, uma característica daquele determinado grupo. E foi assim durante muito tempo... Quando predicativos distintos dos anteriores começavam a surgir na literatura, outra escola era formada, com uma outra linha da raciocínio e suas peculiaridades.
Clique em "Mais Informações" e continue lendo...



Sobre esse raciocínio fiquei me indagando. O comparei com a nossa atualidade e a conclusão que cheguei foi: não há uma ideia geral ou grupo de características soberana  que paira sobre a cabeça de todos os nossos autores. Já que temos desde filmes, livros e itens culturais que abordam temas sobrenaturais, até aqueles que puxam o lado totalmente realista, alcançando, vezes, até o impressionista. Ou seja, nosso estado literário é tão desequilibrado, não veja isso como prejudicial, que não há um estado linear de produção.

Não satisfeita, durante minha aula na faculdade indaguei meu professor de Cultura Brasileira sobre nosso estado literário e a  resposta dele foi uma que eu já tinha pensado: "Nosso estado atual chama-se Diversidade". Ou seja, não há como limitar nossas produções em grupos, dar características a uma quantidade de produções e isolar itens como se fossem parecidos, porque não são.

E mesmo aqueles livros que você percebe tanta semelhança,  até sente que lê o mesmo, são gerados não por influência de um pensamento ou modo soberano de enxergar o mundo. Longe disso. Ocorre simplesmente como consequência do estado de produção em massa da indústria literária no qual vivemos. É aquele ciclo que estamos tão acostumados a notar, que começa a passar despercebido: Uma obra faz sucesso, acumula milhões, e são publicadas várias outras com o objetivo de aproveitar o mesmo público e lucrar. Mas, é só um caso à parte.

Diante disso, de toda essa confusão, percebo então como é bom você estar inserido nesse momento "Diversidade" e ter a dinâmica de viajar em mundos diferentes. Antes, pessoas liam exatamente as mesmas coisas, os mesmos ideais e pontos de vistas. Agora, eu e você lemos vampiros, mas quando enjoarmos, pegaremos um livro na estante sobre a Segunda Grande Guerra. Incrível!

1 COMENTÁRIOS:

  1. Olá!!!, belo blog amei sucesso, Deus seja contigo, já estou te seguindo
    OBRIGADO PELA VISITA.
    Curta e participe do meu blog e fan page.
    Blog:http://arrasandonobatomvermelho.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir

Olá, escreva o quanto e o que você puder...

 
Design exclusivo | Cópia proibida © 2016