Louca sua miga

quarta-feira, 26 de dezembro de 2012

Resenha do Filme " Ensaio Sobre a Cegueira "

  Para quem acompanha nosso blog assiduamente , não é nenhuma novidade se deparar com filmes que abordam assuntos sobre a humanidade em si . Pois bem, amo tramas que remetem a uma reflexão mais profunda do que o ser singular , o indivíduo. Amo aquelas que proprõem uma reflexão geral, sobre o grupo de humanos que sobrevivem na Terra, suas ações e consequências. E é exatamente isso que "Ensaio sobre a Cegueira" faz.

Título : Ensio Sobre a Cegueira
Ano : 2008
Gênero : 120 min.
Avaliação

Para ler nossa opinião sobre o livro, comentários e curiosidades sobre o mesmo , clique no botão "Leia Mais" .
Não esqueça de deixar seu comentário no rodapé da postagem.

Comentários

   Como dito anteriormente, a minha paixão por filmes que açodam a reflexão , que visualizam a humanidade com um olhar crítico, seu comportamento e as consequências deste , atraem-me de uma forma interessante.  Simplesmente é apaixonante assistir a um filme que possui uma ideologia, ou que quer apresentar um ponto de vista sobre o grupo de humanos que formamos. É incrível. Apaixonante .
   "Ensaio Sobre a Cegueira" é exatamente isso! O filme inspirado no livro de José Saramago, propõe uma pandemia resumida em uma "cegueira branca". Esta pandemia ilustra a fraqueza da humanidade e sua ignorância. O filme parte de um ponto tão interessante, que acredito que vários telespectadores não captaram a mensagem principal. Essa mensagem é simplesmente uma pergunta... Sem resposta... Em uma línguagem xula ... " Como que os humanos podem se enxergar tão exuberantes, donos de um planeta incrível , de importância inigualável , os mais inteligentes e capacitados para sobreviver com soberania perante a outros seres do mesmo planeta... se uma simples cegueira os destroi, os torna iguais àqueles que tanto julgavam inferiores, incapacitados e burros por terem um cérebro que não pensa?"


   Uma doença misteriosa, contagiosa , se espalha de forma abstrusa. A grande maioria dos humanos se tornam cegos . A civilidade é abandonada por uma simples doença... A cegueira Branca. Os humanos são animalizados . Todo o desejo de beleza é abandonado pelo de fome. A busca , agora, não é pela felicidade, é pela sobrevivência.
  Como a doença é contagiosa , o Estado se vê obrigado a concentrar os cegos em um só local. Assustada em deixar o marido ir para o local de concentração sozinho, uma mulher , apesar de ainda enxergar, se infiltra no local destinado aos cegos e acompanha o marido para cuidá-lo. Apenas ela enxerga os animais que os humanos se tornaram . Apenas elas enxerga a fragilidade de toda uma civilização que pensava ser estável e inteligente o suficiente para manter a ordem .
   Um filme incrível ! Chocante !  Não li o livro no qual foi inspirado , escrito por José Saramago . Acredito que o livro seja ainda mais chocante por possuir detalhes que passam despercebidos na trama . Mas , mesmo assim , mesmo detalhes sendo deixados para trás , "Ensaio Sobre a Cegueira" , filme , consegue nos fazer refletir sobre o quanto somos ignorantes em pensar que somos tão superiores , estáveis e inteligentes . O filme nos ajuda a chegar à seguinte proposição: Não temos controle de nada. Aliás , mesmo um médico que conhece todas as doenças está sujeito a tê-las. E a morrer por elas.
 

9 COMENTÁRIOS:

  1. Eu tbm vi o filme, e gostei bastante. Realmente e muito reflexivo.
    Pra mim foi meio confuso, mais depois que o filme acabou pude perceber a verdadeira mensagem que ele quis passar.
    Bjos...

    ResponderExcluir
  2. Eu já vi faz um tempo mas não gostei do filme, entendi o que ele quis dizer mas se eu fosse a unica pessoa que enxergasse ali serio agiria de maneira totalmente diferente detestei a parte que elas se entregam por comida serio eu batia naqueles cegos todos e saia vazado com meu grupo

    bjos

    ResponderExcluir
  3. Nossa, vc resumiu muito bem este filme, em uma palavra ele é muito chocante ou surpreendente. A cena que me atraiu a atenção foi exatamente essa, da hora em que eles estão levando o marido dela e naquele momento ela se finge de cega, nessa hora eu pensei: opa, esse filme é bom!, e não me enganei, adorei e me sencibilizei com ele, espero poder ler o livro que promete ser melhor ainda.

    XOXOX
    Mika.

    ResponderExcluir
  4. Oie :D

    Eu vi esse filme já há algum tempo é ele e bem forte e chocante fiquei admirado com a mensagem que ele queria passar a quem assistia , concordo com tudo o que você disse em sua resenha ! Beijos .

    euvivolendo.blogspot.com ( comenta lá :D )

    ResponderExcluir
  5. Oi Mar!
    Esse filme é muito bom! Sempre tive vontade de ler o livro e quando soube que tinha o filme corri para assistir.
    O filme é surpreendente e aborda realmente essas questões que você falou. Incrível como uma simples doença pode nos deixar tão vulneráveis e mesmo estando todos no mesmo barco alguns ainda se acham no direito de serem melhores que os outros.
    Adorei a resenha!

    Bjs
    Gabi Lima
    http://livrofilmeecia.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  6. Adoro filmes que façam a gente refletir.
    Ainda não vi esse filme mas parece ser muito bom, e aborda a cegueira de um outro ponto de vista, não a física, porém a psicológica. Nos leva a repensar muitos conceitos nossos.
    Bjs

    ResponderExcluir
  7. Assisti o filme na época da estreia.
    Gostei muito, é bem interessante.

    ;)

    ResponderExcluir
  8. Nossa o livro é emocionante,também assisti ao filme.
    Um filme realmente extraordinário que provoca o telespectador,em sua arrogância e superioridade,em suas vidas algumas vezes vazias importando mais o ter e o ser.

    ResponderExcluir
  9. merda d filme vapa puta q pariu esse filmeeee de merdaaaa filhos da puta q tornaram esse filme uma perda de tempo

    ResponderExcluir

Olá, escreva o quanto e o que você puder...

 
Design exclusivo | Cópia proibida © 2016