Louca sua miga

quarta-feira, 12 de setembro de 2012

[Divulgue] Não conte para a Mamãe

"Não Conte para a Mamãe" é o novo título da editora Bertrand . Os exemplares para venda já estão em todas as melhores livrarias do Brasil . E... Você já pode garantir o seu! Mas antes disso, confira as informações sobre o livro nessa postagem de apresentação...

A capa intrigante, convida o leitor e o instiga a procurar informações sobre o livro. A história, assim como o título, é impactante . Uma boa jogada para alavancar as vendas. Não é?
O assunto , abuso infantil, é um ótimo atrativo para o marketing editorial. E pelo que estamos percebendo , o espaço que o lançamento conquistou até agora  é admirável. O livro , em poucos dias, alcançou um público enorme e entrou para a lista dos Mais Desejados com  facilidade .

 Confira no corpo da postagem a sinopse... E não esqueça de expor sua opinião através de nossa Caixa de Comentários no final da página.



Sinopse:   A frase que dá título ao livro de Toni Maguire, Não conte para a mamãe, poderia ser um pacto ingênuo entre dois irmãos ou uma brincadeira entre crianças. Infelizmente, não é o caso. Na verdade, é a ameaça sofrida pela autora durante os quase dez anos em que foi violentada pelo próprio pai. O livro, passado nos anos 50, é o relato sincero e estarrecedor de uma menina que além do assédio, sofreu com a omissão materna. A mãe, por mais que Toni fosse pequena para perceber, sempre deu sinais de plena consciência da realidade. Talvez o medo de perder o charmoso marido tenha resultado nesta atitude. Por exemplo: ela sempre arrumava a filha para que fosse a mais bonita de todas. Após o início do assédio, começou a se irritar sempre que a menina colocava uma roupa limpa ou simplesmente penteasse o cabelo. Ou quando tirou qualquer tipo de luz do quarto de Toni dizendo que ela deveria dormir cedo e não ficar lendo – sua grande paixão. Para piorar, devido ao enorme número de mudanças de cidade que a família realizou, Toni nunca teve uma amiga de verdade. Seus parceiros mais próximos foram duas cachorrinhas. Não conte para a mamãe é o relato assustador e, ao mesmo tempo, tocante da pequena Toni Maguire, negligenciada e traída por aqueles em quem mais deveria poder confiar. Um livro de difícil leitura, mas fundamental nos dias de hoje. Violentada constantemente pelo pai, chegando a engravidar, Toni resvalou a completa destruição. Sua recuperação e seu reconhecimento como escritora servem de exemplo para crianças e jovens vítimas, todos os dias, de abusos sexuais, mostrando-lhes que é preciso lutar contra essa condição e que é possível vencer a luta.

9 COMENTÁRIOS:

  1. Parece um livro bem pesado, mas interessante!

    ResponderExcluir
  2. Acabei de conhecer seu blog e achei ele lindo.
    Já estou seguindo viu!!!

    Te convido para conhecer o meu e claro me seguir se gostar!!!

    bjão e ótimas leituras!!!

    ResponderExcluir
  3. Achei o tema do livro bem forte e dificil de digerir. Mas eu enfrentaria assim mesmo! seria muito bom le-lo, pois quem sabe ele não aprensenta como lidar-mos com esse tipo de situação!

    ResponderExcluir
  4. Nossa achei bem forte.. mais mesmo assim fiquei curiosa pra ler.. Não sei como uma mãe é capaz de deixar a filha passar por tudo isso!!
    Parabéns pelo novo estilo do blog, ficou lindo!

    ResponderExcluir
  5. Bati o olho nesse livro dia desses na Saraiva e a primeira coisa que pensei foi "Oh crap. Mais um pra wishlist." De cara saquei o assunto e sei que vou precisar de muita força psicológica e uma caixinha de lenços pra ler, mas parece ser daqueles livros que a gente precisa ler. Eu pelo menos, quando bato o olho e me apaixono, não tem mais volta. E acho tb que a coragem da autora de escrever sobre isso merece que a gente encare o assunto difícil e leia mesmo.

    ResponderExcluir
  6. Hum não gostei muito do livro ! Quem sabe na proxima ! ^^

    ResponderExcluir
  7. A estória me parece ser bem forte, mas infelizmente, conta uma realidade! São assuntos em que a sociedade tem ainda, dificuldades para se adaptar e com a publicação do livro e outras organizações faz com que as pessoas que sofrem esse abuso podem enfim, sentir-se a vontade de falar sobre o assunto.

    ResponderExcluir
  8. Estou cuuriosa para ler esse livro desde a epoca de lançamento.

    ResponderExcluir

Olá, escreva o quanto e o que você puder...

 
Design exclusivo | Cópia proibida © 2016