Louca sua miga

sexta-feira, 7 de outubro de 2011

Desabafo

Alguém está cansado também ou apenas eu? Cansado desse mundo que força a gente a fazer algo que a gente não quer. Ser quem a gente não quer. Sinceramente? Meu sonho é me formar e ser uma jornalista conceituada. É esse o meu sonho, ou foram o que botaram na minha cabeça ? Será que se eu virasse pros meus pais, ou para os meus professoras e falasse: "Hey, quero ser vendedora de calçados quando eu tiver 18. " Qual será a resposta: "Você é louca!" ou " Se é isso que você quer da vida... faça isso." ???
Hoje em minh escola, foram dois palestrantes, pai e filho, formados em direito dá uma palestra, que sinceramente me deixou mais triste do que outra coisa. Para quem me conhece sabe do que eu estou falando. Meu namorado cisma que não quer entrar em nenhum padrão que a sociedade impõe, ele deveria ser filósofo, ele é meio rebelde. Mas sinceramente, ele não está errado. Não em sua essência. Eu simplesmente estou cansada de ter pressão dentro da escola, pressão familiar, e até dos amigos, porque se você não passa em uma prova você é um bosta, e tem que ficar aguentando cochichos: "Ih ela não passou, que burra."
Eu fico passando nas ruas, e eu adoro ficar observando as pessoas . Uma coisa que ninguém faz, porque querem tanto ser o melhor, que não enxergam os outros. Levando isso para o mundo do blog, pode-se até observar, as pessoas estão tão focadas em ganhar visitas, que não postam nada de qualidade, ou mesmo leem o que os outros escreveram. Então eu me pergunto, para que eu tenho blog?
Não desviando do assunto. Como eu disse, eu fico observando as pessoas, fico tentando imaginar cada coisa, porque atrás de carne e osso, há medos, e uma história de vida que ninguém se importa se ela não tiver um diploma na mão.
Por que eu tenho que fazer faculdade? Não é que eu não queira, é meu sonho. Mas de tanto as pessoas me obrigarem , estou ficando com terror. Odeio ser obrigada a fazer algo.
E é isso que estão me fazendo. Hello, eu sou uma pessoa, não uma empregada. O mundo quer formar empregados, e eu quero só viver, e conseguir as minhas coisas. Cadê a liberdade que a gente tem para escolher as coisas? Não existem escolhas! Tudo o que é sonho, colocaram na sua cabeça desde pequeno, ou você deixou ser manipulado por coisas alheias.
Uma pergunta básica: você trabalha por dinheiro ou por que gosta?
E se você tivesse tudo, sem ter dinheiro, trabalharia?
O que você acha mais importante, a vida pessoal ou profissional?
E por que quando você vai crescendo os pais te ensinam: não larga estudo por amigos e namorado?
Isso não é vida social? Então quando eles falam que as pessoas são mais importantes que dinheiro eles estão mentindo pra mim. E eu como uma criança inocente acredito. Acredito que essa droga de mundo escolhe o melhor pra mim. Enquanto , o mundo, escolhe o melhor pra ele.

Paciência - Lenine
Mesmo quando tudo pede um pouco mais de calma
Até quando o corpo pede um pouco mais de alma
A vida não para

Enquanto o tempo acelera e pede pressa
Eu me recuso faço hora vou na valsa
A vida é tão rara

Enquanto todo mundo espera a cura do mal
E a loucura finge que isso tudo é normal
Finjo ter paciência
E o mundo vai girando cada vez mais veloz
A gente espera do mundo e o mundo espera de nós
Um pouco mais de paciência

Será que é tempo que lhe falta pra perceber
Será que temos esse tempo pra perder
E quem quer saber
A vida é tão rara (Tão rara)

Mesmo quando tudo pede um pouco mais de calma
Até quando o corpo pede um pouco mais de alma
Eu sei, a vida não para (a vida não para não)

Será que é tempo que lhe falta pra perceber
Será que temos esse tempo pra perder
E quem quer saber
A vida é tão rara (tão rara)

Mesmo quando tudo pede um pouco mais de calma

Até quando o corpo pede um pouco mais de alma
Eu sei, a vida é tão rara (a vida não para não... a vida é tão rara)

6 COMENTÁRIOS:

  1. Olá,
    Parabéns pelo blog! Estou seguindo.
    Segue lá também..

    http://estanteseletiva.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  2. Mar! Concordo com tudo que você disse, sério!
    Parece que você leu meus pensamentos ^^
    O mundo está se tornando uma coisa artificial, chata, reguladora, preconceituosa e sem originalidade. Tudo tem que ter um padrão...
    E essa da faculdade... eu já terminei o ensino médio ano passado, e vou fazer vestibular agora em dezembro, e a dificuldade que enfrentei para escolher o curso, foi péssimo...
    A pressão da sociedade é muito grande... você TEM que estudar, TEM que fazer faculdade, TEM que passar, TEM que fazer isso, TEM que fazer aquilo...
    Por isso que tem pessoas que fazem trabalhos mal feitos, são forçados a fazerem coisas que eles não queriam, mas a sociedade impôs.
    E eu também odeio ser obrigada á fazer algo, detesto!
    É por isso que as pessoas lêem, para fugir um pouco dessa realidade... ^^
    Bjus =*

    ResponderExcluir
  3. ótimo o seu texto. concordo com praticamente tudo. A sociedade é cheia de padrões e hipocrisia, tem hora que da vontade de gritar pra ver o povo acorda. hehe

    lindo seu blog flor, to te seguindo.

    @Juh_Neves - nossa estante - livros, resenhas e promoções

    ResponderExcluir
  4. Hey ^^

    Talvez seja um pouco igual ao seu namorado - nunca tive pais/amigos que me pressionaram. Tanto que quando acabei de fazer o ensino médio dei um tempo para refletir o que gostaria - qual caminho...
    Cheguei a fazer dois cursos de Direito e após Pedagogia e ambos não me vi trabalhando - então desisti. Posso dizer que hoje me encontrei e faço o que me vejo ao futuro Psicologia, eu que sempre fui a garota/mulher dos "porquês" como não enxerguei antes?...
    O que estou querendo dizer que talvez seu namorado esteja certo, quero dizer que temos que observar.
    O mundo ta aí - sei que dizem que o mesmo possa ser curto - mas quer saber? por vezes ele pode ajustar-se a cada um de nós.

    Xxx

    :: Loma

    ResponderExcluir
  5. Mar, entendo tudo o que você falou e concordo. Ultimamente tenho me sentido exatamente assim. Até pensei em desistir, mas aí teria que aguentar família e amigos me julgando dizendo "Olha, ela desistiu!"
    Acho que no exemplo que você deu sobre ser vendedora de sapatos os pais poderiam até dizer pra você seguir o que você quiser, mas no fundo estariam torcendo para que você desistisse dessa ideia e colocasse a cabeça no lugar.
    Essa pressão social acaba com a gente. Acredite, muitas pessoas sofrem a mesma coisa que você.

    Bjs
    Gabi Lima
    http://livrofilmeecia.blogspot.com

    ResponderExcluir
  6. Oii Mar, tudo bem? :)
    Nossa, me vi em você agora... rs. (pqp, se liga no primeiro comentário, ta aí o que voc falou, pessoa que so quer visitas e com certeza nao leu :'/). Eu tenho o mesmo sonho que voc, quero muito ser jornalista e nao é um sonho muito fácil, prestei vestibular duas vzs pra comunicação e nao consegui... Até hoje o povo comenta.. Comecei faculdade particular e já pensei em parar por asvzs achar que nao vai dar muito certo, por nao ter chegado as minhas expectativas (agora estou gostando mais! Mas tem tanta faculdade pela frente ainda... rs) Já quis largar tudo pra trabalhar em uma livraria, acredita? Já quis ser, seriamente, chef de cozinha, ou pelo menos ter uma loja de doces caseiros, eu amo doces caseiros! E amo faze-los *-*. Mas ... É tudo LOUCURA segundo os outros, né? Talvez, depois que eu me formar e tiver um diploma, me deixem fazer o que quiser já que "aah, ela é formada, sabe o que faz!" Será mesmo? rs. Enfim... Temos que seguir esse ritmo, nao tem jeito, afinal, ser julgado, muitas vezes dói, mas quem sabe eu não abro uma livraria com um café e doces caseiros? Agente nunca pode deixar de ter nossos sonhos, mesmo que os adiemos, seja pelo motivo que for!
    Força aí ;)

    Beijos, nanda
    www.julguepelacapa.blogspot.com

    ResponderExcluir

Olá, escreva o quanto e o que você puder...

 
Design exclusivo | Cópia proibida © 2016