Louca sua miga

domingo, 28 de agosto de 2011

Identidade Roubada

Identidade Roubada - Chevy Stevens
Um livro da Editora Arqueiro. E de autoria da canadense Chevy Stevens.

Identidade Roubada, da canadense Chevy Stevens (Arqueiro - 2011) é um thriller de tirar o fôlego. Sufocante e viciante, o relato desesperado feito em primeira pessoa de Annie para sua terapeuta revivendo os dias desesperadores que permaneceu em cárcere, trouxe uma leitura repleta de surpresas com um forte componente emocional. Mais que os abusos sofridos, o livro mostra a luta feroz com que Annie travava com ela mesma para recomeçar, com os medos adquiridos, a repulsa pelo convívio social, a desconfiança e a tragédia que viveu naquela montanha.
*Trecho retirado do site (www.editoraarqueiro.com.br)


sexta-feira, 19 de agosto de 2011

Alta Tensão - Harlan Coben

Alta Tensão - Harlan Coben


Mais um sucesso do consagrado Harlan Coben. Com a Bienal do Livro do Rio de Janeiro se aproximando , não há melhor momento para lançamento de livros. A Editora Arqueiro e Sextante (nossas parceiras) , estão com ALTA TENSÃO.





Sinopse:


Uma mensagem anônima deixada no Facebook da ex-estrela do tênis Suzze
T põe em dúvida a paternidade de seu filho. Grávida de oito meses, ela pede a
ajuda de seu agente e amigo Myron Bolitar para descobrir o responsável por essa
intriga e trazer de volta seu marido, o astro do rock Lex Ryder, que saiu de
casa depois de ler o texto.
Descobrir o paradeiro de Lex não é tarefa
difícil para um ex-agente do FBI. Mas, na mesma boate onde o encontra, Myron é
surpreendido ao ver Kitty, a mulher que fugiu com seu irmão, Brad, e o afastou
para sempre da família.
Tentando ajudar a amiga e reencontrar o irmão mais
novo, Myron se vê preso numa rede de segredos obscuros que põe em risco as
pessoas que ele mais ama. Agora, só a verdade poderá salvá-las. Mas, para que
ela prevaleça, nenhuma mentira pode restar – seja ela de Suzze, Lex, Kitty ou do
próprio Myron.
Nesta premiada história, Harlan Coben mais uma vez consegue
construir uma trama envolvente, que fala de fama, ganância e rivalidade e
surpreende por seu toque humano.
Na aventura mais difícil de Myron Bolitar,
seu passado vem à tona e, junto com ele, feridas que jamais se fecharão.

terça-feira, 16 de agosto de 2011

Manutenção

Com um contigente enorme de postagens para serem publicadas aqui, e várias divulgações interessantes. Porém, estamos em manutenção do Layout, e como a vida anda muito corrida... Estou fazendo um novo layout para o Imaginayre, ja que este está com pequenos problemas. Desculpe-me as Editores Parceiras, e os Blogs também parceiros. Entretanto, o blog irá voltar , e voltar melhor. O prazo será de uma semana para toda a reforma. Agradeço, e peço mais uma vez desculpas.
Mar


quarta-feira, 10 de agosto de 2011

Caixinha de Correio #6

Olá Imaginários, aqui estas mais uma partezinha da minha vida literária. Abaixo, segue além do vídeo, os links os quais cito, resenhas, e amigos. Abraços. Mar.








Marcadores:
-> Identidade Roubada
-> Eu sei o que você está pensando
-> Quando ela se foi


Livros:
-> Um Inverno me Esfria (resenha)
-> Garota Apaixonada em Apuros (resenha)
-> Quando ela se foi
-> Não conte a ninguém
-> O Terceiro Anjo
-> Criança 44
-> Irresistivelmente Fatal

domingo, 7 de agosto de 2011

Resultado do Sorteio

Resultado do Sorteio de Marcadores Peço desculpa por não ter o postado ontem. E rufem os tambores , e a ganhadore dos marcadores é...



Glaucea Vaccari


Flor, irei lhe enviar um e-mail agora mesmo, você tem 24 horas para responder tal. E pessoal que não ganhou, terá mais sorteio rolando por aí. Ja já. Beijinhos, imaginários!




sexta-feira, 5 de agosto de 2011

Garota Apaixonada em Apuros

Garota Apaixonada em Apuros - Carolina Estrella
Mais um livro lido sob Book Tour do Selo Brasileiro.
Sinopse:
Uma história de amor entre Gabi e Nelson que não dão o braço a torcer para ficarem juntos. Gabi tenta conquistar Nelson o tempo todo, mas Ele, tímido como uma porta, recusa as investidas da Garota apaixonada. Entre confusões e apuros esta Gabriela conta a aventura mais emocionante de sua vida :A conquista de seu primeiro amor e os desafios que enfrentou com as amigas para fazer com que Nelson se tornasse seu namorado.

Resenha:
Primeiramente quero lembrar a todos que quem comentar nessa resenha, tem direito a mais uma participação no sorteio de marcadores (um post anterior a este).
O livro de Carolina Estrella, é bem teen. Para quem leu Piores Inimigas / Melhores Amigas (resenha aqui) e curtiu o livro, também vai adorar este, pois é no mesmo estilo. Ele fica, em temas, entre este livro e Pegando Fogo da Meg Cabot (resenha aqui).
Resume-se no romance de Gabi com Nelson. O garoto , de inicio, tem vergonha de assumir o que sente por ela, seus amigos o zoam pelo fato de Gabi ser mais nova, e ainda usar aparelho. O sofrimento de Gabi, e a procura de respostas para essas atitudes, entre outras, foram consequentes e dão inicio à estória.
Carolina escreve de um jeito leve, e espontâneo. E as vezes até engraçado, pois seus pensamentos ficam em meio da estória, e ela escreve dirigindo a palavra ao leitor mesmo diretamente. Usando o pronome você , e fazendo o livro ficar mais descontraído , e bem mais leve. Por isso sugiro o livro para garotas de idade baseada entre 13 a 16 anos...com pouca experiência em leitura (as mais experientes também irão gostar pelo fato de ser tão extrovertido). A única coisa que me irritava era Nelson , mas isso são características de meninos dessa idade, então, não é coisa do livro, é coisa do mundo.
O titulo resume tudo o que acontece no livro, Gabi passa por várias situações, e nisso, ela aprende a lidar com tais. Como por exemplo, Nelson se envolve com bebida, e a humilha em meio de uma festa... ou mesmo Pedro (amigo de Nelson ) diz-se apaixonado por ela, e Gabi não sabe como agir com isso.Eu gostei bastante, foi uma leitura prazerosa e rapida . São 141 página de pura descontração!!



quinta-feira, 4 de agosto de 2011

Sorteio de Marcadores

SORTEIO DE MARCADORES!!

Olá Imaginários... Hoje estou sorteando três marcadores da nossa Editoras Parceiras, Arqueiro e Sextante. Nesta semana chegaram dois livros que eu pedi para resenhar no blog, (irá ser mostrado na Caixinha de Correio #6 neste domingo) e junto com eles, dentro viera 6 marcadores fofos. Dentre eles, 3 irei sortear agora.




  • Como ganhar? Simples, siga os tópicos abaixo:


  • Ser seguidor do Blog (Google Connect)


  • Seguidor de @marpaschoal no twitter.


  • Deixar um comentário com seu nome de seguidor do blog, nome de seguidor no twitter, e e-mail. Simples, fácil e rápido.


O sorteio irá ser gerado com o número em ordem dos comentários. O post vai no ar até este sábado (6), e terá validade os comentários postados até nesse mesmo dia. Amanhã terá resenha , e quem comentar nela poderá deixar mais um comentário escrito:





COMENTEI NA RESENHA!



Boa Sorte!!!

quarta-feira, 3 de agosto de 2011

Quem irá dizer que não existe razão?

Olá imaginários...
Um realce da minha dolorosa realidade. (exagerada?) Eu gosto de ser adolescente por isso... A gente ama demais, odeia demais, é tudo em exagero. É preto ou branco. E quando a gente cresce... Tudo é cinza. É mais ou menos. A gente fica adulto. E fica tudo no meio termo. Não ama, não odeia... Não vive! Mas eu sou adolescente. E vai ser pra vida inteira assim.
Por isso, lhe convido para ler o meu pequeno trecho de reflexão, que tem como título, o trecho da música do Renato Russo , Eduardo e Mônica...

Quem [um dia] irá dizer que não existe razão?
Abri meus olhos,
e se eu morresse agora?
Quem iria chorar? Quem iria se lamentar por não ter dito alguma coisa?
Quem iria sentir pena de mim por não ter tido tempo de realizar meus sonhos?
Não sei. só sei de uma coisa... que o mundo giraria da mesma forma... sem mim. Meus pais viveriam normalmente, com uma falta no coração, mas não passaria disso... Uma falta... Eles podem ter outros filhos que tomem meu espaço. Tem a minha irmã; Tem outas coisas que eles podem dirigir a atenção. Meus amigos? Arranjariam outra amiga. Talvez mais bonita e mais inteligente. Meu namorado? Não sei nem se sentiria minha falta por mais de 5 meses; Apenas lembraria raramente do que vivemos juntos. Mas até uma dona com bumbum elevado aparecer na frente dele. Minha cachorra? Eu não tenho mais cachorra. Nenhum deles notariam minha falta. Talvez meus livros... fossem doados para pessoas que queiram ler. Meu cheiro nunca mais será sentido por ninguém. Meus olhos nunca mais piscarão... Nem meus cabelos irão chicotear contra o vento. Ninguém vai mais ouvir minha voz... ela será esquecida. Nada de cantos, nada de gritos, nada de sussuros. Nada de mim. Nem da minha voz. Nem de nada que era meu. Nem meu nome será pronunciado. Não dirigido a mim. E daqui a 500 anos, literalmente ninguém saberá que eu vivi , e pisei , onde eles vivem e pisam. Então é isso que eu sou pra todo mundo. Um nada que depois será desativado. É isso que todo mundo é . Em geral um nada que some. Como vou parar de existir , se ao menos não sei se existo nesse momento? E se eu estou perdendo tempo escrevendo essas baboseiras...? Enquanto eu poderia estar vivendo meus minutos de vida. Não sei se vou acordar no outro dia... Mas literalmente o mundo inteiro nem notaria minha falta. Pois nunca notaram minha presença.
Fecho meus olhos... Eu não sei se acordarei no outro dia. Só sei que estou fechado meus olhos. Não sei quando os abro.
 
Design exclusivo | Cópia proibida © 2016