Louca sua miga

quarta-feira, 24 de janeiro de 2018

Livro "O Príncipe Leopardo" - Elizabeth Hoyt

LIVRO "O PRÍNCIPE LEOPARDO"

O ENREDO DO LIVRO

Lady Georgina Maitland é rica e por isso não se sente obrigada a se casar. Com a herança que recebeu de uma parente, ela tem a liberdade de viver a vida do seu jeito, sem se preocupar financeiramente e poder fazer o que quiser. Casar ou ter casos amorosos não estão em seus planos, até conhecer Harry Pye, o administrador de suas terras em Yorkshire.

Harry Pye é apenas um simples administrador e não tem riqueza alguma. Mas sempre se interessou em cuidar de terras. Aprendeu o ofício quando ainda era criança, conseguiu obter o diploma e quando viu a vaga para trabalhar na propriedade de Georgina, não perdeu a chance. No entanto, um problema surge, quando todos do vilarejo acreditam que ele é responsável pelo envenenamento das ovelhas de Lorde Granville, seu inimigo declarado.

O que será Georgina com a atração que sente pelo seu administrador e ainda suspeito de envenenar ovelhas?

NARRAÇÃO E EDIÇÃO FÍSICA

A edição está lindona como o livro anterior! Amo essa capa! As folhas seguem o mesmo padrão amareladas e letras espaçadas. A narração fica em terceira pessoa com foco em Harry Pye e Georgina Maitland, mas alguns outros personagens tem a sua vez.

LIVRO "O PRÍNCIPE LEOPARDO"

O LIVRO NO GERAL

Georgina não era exatamente o que eu esperava. Acreditei que por ela ser uma dama independente, ela seria menos fujona. Por duas vezes ela fez isso. Tem seus motivos, claro, mas esperava uma atitude mais imponente dela. Já Harry começou o livro falando quase nada e terminou falando quase tudo. Rsrs... Tivemos uma bela mudança nesse personagem durante a narrativa e gostei disso.

Em quase todo livro de época é sempre a mocinha que precisa se casar por ‘n’ motivos, mas em O Príncipe Leopardo, Elizabeth Hoyt trás uma outra visão: a mocinha não precisa se casar e o mocinho é pobre. Harry é um simples administrador das terras da protagonista e ainda é suspeito de matar ovelhas. Bem peculiar não? Gostei desse clima de suspeita que ficou ao redor do protagonista.

O Príncipe Leopardo deixou uma ou duas pontas soltas, na minha opinião. Nada que atrapalhe o andamento da história, mas depois que todo história aconteceu, eu fiquei esperando a explicação, que não veio. Porém, um ponto ainda bem positivo é o fato dos personagens não terem problemas de ajudar os outros. Um dos momentos mais lindos foi quando Harry disse ao garoto Will que poderia contar com ele caso precisasse e Harry não recuou quando o garoto precisou. Fiquei bem emocionada!

Em comparação ao O Príncipe Corvo, esse livro foi bem fraco. Foi difícil engrenar na leitura, mas depois peguei o ritmo e as coisas melhoraram. Não se tornou favorito, mas entrou nos hall das leituras leves para descontrair.

LIVRO "O PRÍNCIPE LEOPARDO"
Ah! Ia esquecendo. Aqui temos a história do príncipe Leopardo, mas diferente do livro anterior que Anna lia um livro com a história do príncipe Corvo, aqui é a protagonista Georgina que vai contando a história do príncipe Leopardo para Harry aos pouquinhos. E também a participação de Edward, de O Príncipe Corvo, e Simon, de O Príncipe Serpente, que será uma das minhas próximas leituras.

terça-feira, 16 de janeiro de 2018

Livro "Mate o Próximo" - Federico Axat

LIVRO "MATE O PRÓXIMO"

O ENREDO DO LIVRO

Ted McKay descobriu que está com um tumor no cérebro. Ele não quer passar por todo o sofrimento de um tratamento que tem chances mínimas de dar certo e também não quer ver sua família sofrer por conta disso. Então ele decide que se matar é uma boa saída. Ted consegue estar em casa sozinho e arruma tudo para que sua esposa Holly não deixe que as suas duas filhas vejam seu corpo no escritório. Ele está pronto para morrer quando alguém toca a campainha da casa. Que momento mais inoportuno! Ou seria o contrário?

“Vá embora, quem ser que seja” Página 9

Porém o estranho continua a tocar e a bater na porta e não vai desistir até que Ted a atenda. É quando Ted vê um bilhete em cima de sua mesa, um bilhete escrito com sua própria letra, um bilhete que ele não se lembra de ter escrito.

"Abra a porta. É sua última saída" Página 10

Intrigado, Ted abra a porta da casa e um estranho chamado Justin Lynch lhe faz uma proposta tentadora: ao invés dele se matar , fará isso por ele, assim a família de Ted não sofrerá sabendo que ele cometeu suicídio. Mas para isso, Ted terá que cumprir uma tarefa e essa tarefa pode mudar muita coisa em seu mundo.

NARRAÇÃO E EDIÇÃO FÍSICA

Gostei da capa, mas ela não combina com a história. A capa original é bem mais bacana. A edição está simples, com folhas amareladas e bom espaçamento. A narração está em terceira pessoa, mas com o foco em vários personagens, além de terem partes do presente e passado

LIVRO "MATE O PRÓXIMO"

O LIVRO NO GERAL

Desde que vi esse livro sendo apresentado pela editora, eu fiquei intrigada com a proposta do enredo. Como depois de tal proposta feita por Lynch, Ted iria conseguir sua morte? E o que sua mente teria a ver com isso? Todos esses elementos contribuíram para que eu viesse a solicitar esse livro assim que possível. E agora que terminei a leitura posso dizer: ainda em choque com esse livro! Sério! A cada página uma nova informação, uma nova revelação, uma nova confusão na mente. Ficamos perdidos sem saber qual delas é real. Como confiar na mente de Ted? Como confiar na mente de um cara que está prestes a se matar? Como confiar numa mente conturbada com mistérios do passado?

Além de Ted e Lynch, temos a doutora Laura Hill, a terapeuta de Ted. Laura foi designada para ajudar Ted a enfrentar o tumor cerebral, e ela será uma peça chave nessa história. É Laura que vai ajudar nosso protagonista Ted a entender muitos acontecimentos que vão se suceder depois da proposta de Lynch.

Demorei um tempo para terminar esse livro, pois eu me sentia confusa e tentava absorver as informações o máximo possível e tentar montar um cenário viável para essa história. Falhei miseravelmente, mas falhei com orgulho. Fazia um tempinho que um livro de suspense não me deixava com a mente tão embolada assim. Algumas pessoas podem se sentir entediadas com o livro, mas para mim foi muito bom. Peço que deem uma chance ao livro e venham me contar o que acharam quando lerem.

Ted McKay não tem uma mente confiável, então vá sabendo que as coisas podem mudar de uma hora para outra e embaralhar sua cabeça. Não se sinta mal por isso, esse é o intuito que autor Federico Axat. Esse é meu primeiro livro do autor, mas já vi que ele já lançou um livro aqui no Brasil por outra editora, O Pântano das Borboletas. Com certeza vou querer conhecer mais das histórias do autor e espero que a Editora Verus traga mais livros dele.

Ia me esquecendo de falar do final!!! Alguém que já tenha lido, por favor, vem conversar comigo. Quero debater e tentar entender o final desse livro!

LIVRO "MATE O PRÓXIMO"

terça-feira, 9 de janeiro de 2018

Livro "Solteira Até Sexta" - Catherine Bybee

LIVRO "SOLTEIRA ATÉ SÁBADO"

O ENREDO DO LIVRO

Quem leu o livro anterior teve um vislumbre e sabe que Karen, nossa atual protagonista, casou com Michael pela agência de casamento Alliance que pertence à suas amigas. Michael é ator e gay. Ele decide arranjar uma noiva de mentira para não ter que dar explicações do por que não se relacionava com as mulheres com quem aparecia diante das câmeras. Com isso Michael e Karen tinham estipulado no contrato de que ficariam casados por um pouco mais que um ano e depois cada um seguiria seu rumo.

Os dois se tornaram bastante amigos durante o ano de casamento e estão com planos para a festa de divórcio em alguns meses, quando uma visita inesperada bate em sua porta: Zach, o irmão de Michael. E ele veio intimar que os dois devem visitar a família para que todos possam conhecer Karen. Agora os dois devem passar algumas semanas com a família de Michael e fingir que são casados de verdade.

O que ninguém contava era atração que Zach iria despertar em Karen e vice-versa. Karen sabe que é impossível ficar com ele por conta de sua situação de esposa de mentirinha, além de Zach achar que está traindo seu irmão querendo ficar com a esposa dele. O que resultará disso tudo?

NARRAÇÃO E EDIÇÃO FÍSICA

A edição segue o padrão das capas anteriores, com uma noiva na capa, mesmo que algumas nem combinem com as protagonistas. As folhas são amareladas e um ótimo espaçamento entre as letras. A narração está em terceira pessoa e com foco em Karen e Zach.

LIVRO "SOLTEIRA ATÉ SÁBADO"

O LIVRO NO GERAL

Em Solteira Até Sábado, temos a história da humanitária Karen. Foi justamente para montar o seu próprio abrigo para adolescentes que Karen aceitou casar com Michael. Como dinheiro que ganharia, ela pretendia fazer um centro juvenil. Ela não suporta ver uma criança sendo renegada sem tentar ajudá-la e é o tipo de mulher que ajuda sempre os necessitados sem medir as consequências. E algumas delas pode metê-la em encrencas grandes. Fiquei muito apaixonada por esse jeito dela e até agora ele foi minha mocinha preferida.

Já sobre Zach Gardner não sei muito o que falar. Acho que ele ficou um tanto apagado por conta da relação de Karen com Michael. Confesso que achei a participação desse mocinho um tanto apagada. O foco ficou muito mais nas ações de Karen, mas pode ter me passado essa impressão por eu ter curtido muito o jeito de nossa altruísta. No entanto, próximo ás cenas finais Zach teve mais atitude e ficou mais firme na história.

Fico tão feliz que a série Noivas da Semana só melhora a cada livro!!! Cada livro passa por uma evolução e é lindo acompanhar os casais antigos e os novos se formarem. Adoro essa interação! Romances clichês e fofos é com a Catherine Bybee mesmo! Solteira Até Sábado é o quarto livro e temos mais três. Já estou ficando com saudades. Quero mais livros!!!

LIVRO "SOLTEIRA ATÉ SÁBADO"

 
Design exclusivo | Cópia proibida © 2016