Louca sua miga

sexta-feira, 30 de dezembro de 2016

Livro "Nerve" - Jeanne Ryan

LIVRO "NERVE"

O ENREDO DO LIVRO

Vee é apenas uma garota dos bastidores e ela está cansada disso. Não tem destaque e nem atrativos que chamem a atenção do rapaz por quem tem um interesse, principalmente se ele está interessado em sua melhor amiga Sydney. Ela é uma das garotas mais populares da escola, além de ser o destaque da peça em que Vee é apenas a maquiadora.

Sua chance de destaque aparece quando ela decide entrar no Nerve, jogo online mais jogado do país. Em Nerve, um tipo de reality show, você deve cumprir determinados desafios ao vivo e se eles forem cumpridos você ganha prêmios que vão de um simples sapatos até dinheiro suficiente  para pagar a faculdade. O jogo faz uma verdadeira pesquisa sobre o que você quer e assim atrair novos desafiantes.

PRIMEIRA PÁGINA
De coração partido, Vee faz um desafio e acaba ganhando destaque, criando uma abertura para prêmios maiores e talvez um romance com um cara interessante. Ian, que também é um jogador de Nerve, acaba se tornando parceiro de Vee. Os dois juntos vão ganhando posições no jogo e ganhando admiradores durante os desafios. O que eles não esperavam era que esse jogo se tornasse uma corrida frenética pela própria vida.

“Os Observadores, essa escória, podem estar em qualquer lugar do mundo, bebendo, fazendo apostas e torcendo por sangue.” Página 258

NARRAÇÃO E EDIÇÃO FÍSICA

Confesso que foi a capa de Nerve que primeiro me chamou atenção. Sua capa dá um toque atrativo e ao mesmo tempo enigmático ao livro. A edição está bem caprichada, folhas amarelas e capa maleável. A narração é feita em primeira pessoa por Vee.

O LIVRO NO GERAL

O livro peca em não nos contar alguns detalhes sobre a vida de Ian. O modo como ele entrou no jogo fica vago, o que só me deixou curiosa e chateada por não saber mais. Já Vee parecia muitas vezes uma garota mimada querendo chamar atenção de forma nada bacana. Algumas de suas atitudes me irritaram muito e não condiziam com sua personalidade dócil. Foi uma transformação muito grande entre essas características. Como uma garota tão amiga, passa a ser mesquinha e sem coração com os amigos?

CAPA DE "NERVE"
“Além disso, Sydney vai pirar coma chance de conhecer um agente e, possivelmente, começar a realizar seus sonhos. Vamos recuperar nossa amizade; são muitos anos de confidência e muitos bons momentos para jogar fora. Sim, esses prêmios podem fazer uma enorme diferença.” Página 165

Porém, não posso deixar de destacar alguns pontos positivos. Além da capa superatrativa, o prólogo do livro me pegou de jeito. Ele nos dá uma visão do que vem por aí, momentos de ação e perseguição frenética a cada passo. As cenas de ação são bem escritas. O desafio final foi o melhor de todo o livro. Fiquei bastante empolgada com essas cenas finais e torcendo para tudo dar certo.

Posso concluir que o verdadeiro destaque na história não são os personagens e sim a tensão que o livro passa nas cenas de ação. Vee e os demais personagens são bem rasos. Algo que também chama atenção é a crítica social sobre o deslumbramento das pessoas pela fama e o mal cuidado que temos em expor nossas vidas nas mídias sociais.

Sobre o Filme

Assisti ao filme depois do livro e posso dizer que fiquei decepcionada, apesar de ter curtido apenas como entretenimento. Eles mudaram algumas cenas e uma delas mudou um acontecimento em relação à amizade de Vee e Sydney de modo que eu não gostei. Além do final não ter sido igual ao do livro!!! O final do livro que trás bastante tensão ao livro, foi totalmente diferente.


Posso dizer que Nerve, tanto o filme quanto o livro, são para quem gosta de uma trama adolescente com ação, mas que deve ser apreciado sem grandes expectativas.

Confiram o trailer:

terça-feira, 27 de dezembro de 2016

Livro "Amor Verdadeiro" - Jude Deveraux

CAPA DE "AMOR VERDADEIRO"
A ilha Nantucket deve ser muito linda e mágica! Quem não gostaria de receber o convite de poder ficar na ilha por um ano em uma casa do século XIX? Para uma estudante de arquitetura isso deve ser um sonho!

O ENREDO DO LIVRO

Alix Madsen estava em uma ótima fase de sua vida, terminou o último semestre da faculdade de arquitetura com louvor e se candidatou a um emprego na empresa de Jared Montgomery, um deus no mundo da arquitetura. Porém, sua vida vira de cabeça para baixo quando seu namoro termina logo depois da entrega dos projetos de conclusão para a faculdade.

Arrasada e querendo se reerguer, Alix vê a chance de focar em novos projetos para seu currículo quando o testamento de Adelaide Kingsley lhe oferece viver em um casarão na ilha Nantucket por um ano. Lá ela poderia focar em estudar e fazer projetos em paz. Mas quem seria Adelaide Kingsley para lhe dar esse casarão por um ano? E por que?

Jared Kingsley não está nada feliz por uma forasteira ter que viver na casa que herdou de sua tia Addy e nem ter que esconder alguns segredos dela, mas principalmente por ela ser estudante de arquitetura e com certeza terá muitas ideias de fazer dele seu tutor para seus projetos de arquitetura. Jared decide sair da ilha antes que ela chegue, mas as coisas mudam quando Alix chega dias antes do previsto...

PRIMEIRA FOLHA
Com muitos segredos envolvendo a família Kingsley e os parentes indo e vindo pela casa, Alix e Jared acabam se envolvendo em um romance muito fofo e cheio de paixão. Os dois parecem ter sido feitos um para o outro, seja nessa vida ou em outras passadas.

“Por um momento os dois ficaram parados: Jared a ergueu, deixando seus pés fora do chão, e os dois braços ao redor. Alix segurou a câmera com uma das mãos, enquanto a outra se apoiou nas costas dele. A única cosa de que Alix tinha certeza era de que desejava muito que ele a beijasse.” Página 178

NARRAÇÃO E EDIÇÃO FÍSICA

Selo Essência caprichou na edição de Amor Verdadeiro. As folhas são amareladas e boas de manusear. O livro é narrado em terceira pessoa com foco em Jared e Alix, porém outros personagens tem a oportunidade dar as caras da história e contar um pouco de sua visão. O que introduz também ganchos para o segundo livro.

LIVRO "AMOR VERDADEIRO"

O LIVRO NO GERAL

O livro é bem construído, mas é muito longo. O centro da história, pela sinopse, era descobrir sobre como Valentina Kingsley desapareceu, mas isso foi deixado de lado por muito tempo e por diversas vezes ao longo da narrativa. Em contra partida, as relações entre os personagens, sejam do casal principal ou dos personagens secundários, são muito boas. Jude Deveraux sabe lidar bem com tanto personagem em um livro só. rsrs...

Fui lendo, me encantando com tantos personagens e querendo ler os possíveis romances entre eles, e me perguntando por que a autora não lançou outros livros sobre os outros personagens. E aí eu descobri pelo Skoob que na verdade existem mais dois livros relacionados a essa história. Isso foi algo que me chateou, o livro não foi divulgado como fazendo parte de uma trilogia e não se encontra na capa ou sinopse algo sobre isso.

Amor Verdadeiro faz parte da trilogia Nantucket Brides (Noivas de Nantucket). As capas originais são lindas de morrer! Não sei se os outros dois livros vão ser lançados e torço para que sim. Adorei o livro e todas suas histórias dentro dela!

CAPAS ORIGINAIS LINDAS!

sábado, 24 de dezembro de 2016

Livro "Zane" - Patrícia Rossi

CAPA DE 'ZANE"

O ENREDO DO LIVRO

Depois de passar cinco anos praticamente enclausurada em um noivado tedioso e sem amor com Ashton Dawson III, Quinn Armentrouth quer curtir a liberdade recém-adquirida. E ter saído da casa dos pais, onde tinha todo o conforto que a riqueza podia oferecer, para ter seu próprio cantinho foi o seu segundo passo de liberdade. Dona da loja Tesouros de Violet, uma loja de antiguidades que recebeu de herança da avó, Quinn tem a independência que tanto buscava.

Em uma noite, enquanto aguardava seu amigo e empregado Blane aparecer no bar para falar sobre trabalho, o olhar de Quinn é atraído de imediato para um homem alto e musculoso jogando sinuca. Sua presença poderosa a deixa desconcertada, mas não é seu feitio flertar com homens desconhecidos em um bar. Logo depois de sair do bar, Quinn é perseguida e adivinha quem a salvou?

“Mal conteve um suspiro frustrado ao ver ele se aproximando com sua chave. O que não daria para trocá-la pelo homem de carne e osso que caminhava em sua direção!” Página 12

DE AUTORA BRASILEIRA!
Depois de passar pelo inferno com um relacionamento que só lhe trouxe problemas, Zane Hudson está de bem com a vida que leva e nem tão cedo ele pretende se envolver ou se apaixonar. Trabalhando na empresa de restauração de carros e motos antigas de seu melhor amigo Jake Harper, Zane está em paz, porém esse sossego tem um fim quando uma certa donzela fica em perigo e ele vem ajudá-la. Zane não consegue esquecer a bela donzela de olhos cor de chocolate e o destino decide dar um empurrãozinho para que os dois tenham uma chance. Ainda assim, não será fácil para os dois ficarem juntos. Além de Quinn ser de uma classe social diferente de Zane, temos seu passado sombrio à espreita: Camille, a ex-namorada psicopata dele.

NARRAÇÃO E EDIÇÃO FÍSICA

A edição está caprichada! Editora Charme sempre deixando seus livros e lindos de morrer! As folhas são um pouco acinzentadas e a cada início de capítulo temos um fundo com um motoqueiro muito sexy. Quem seria esse, hein? Rsrs... O livro é narrado em terceira pessoa com o foco em Quinn e Zane.

ZANE <3

O LIVRO NO GERAL

Zane é um personagem apaixonante. Apesar de seu tamanho e porte físico, ele é um homem doce e carinhoso, além de ter suas habilidades que Quinn tanto ama. Rsrs... Quinn também não fica atrás. É uma mulher bastante decidida e desinibida. Não deixa os outros pisarem nela sem ter uma retaliação bem recebida, o que deixa a personagem chamativa.

Os personagens secundários tem sua vez nessa narrativa, um fato que adorei. Mas confesso que queria mesmo era um livro de cada um deles. Principalmente de uma das melhores amigas de Quinn, a Gwen. Como essa mulher domou aquele cafajeste? Personalidade forte ela tem de sobra e com certeza seria um livro bem divertido com ela dando um jeito naquele traste. Não posso dizer quem é, pois estraga o momento. Rsrs...

LINDO MARCADOR
Quinn e Zane são opostos que se atraem de imediato. A conexão dos dois não depende da classe social ou status, e sim da emoção e prazer que eles podem sentir juntos. Apenas um olhar foi suficiente para se tornarem inesquecível um para o outro.

Um ponto negativo foi o sumiço de um personagem. Ele foi o ponto chave para o encontro acidental entre Zane e Quinn, e logo depois ele não aparece mais. Não sei se foi proposital ou desatenção da autora, mas fiquei chateada com esse sumiço, mesmo isso não tendo atrapalhado a leitura.

Esse foi meu primeiro contato com a escrita da autora Patrícia Rossi e me deixou com gosto de quero mais! Fico muito feliz que os autores brasileiros estejam conseguindo destaque nesse mercado tão competitivo. A leitura do livro é muito fluida e cativante. Os personagens não são chatos ou cansativos. O livro Zane conquistou meu coração.

CAPA DE "ZANE"
 
Design exclusivo | Cópia proibida © 2016